Ferguson não será mais treinador do Man Utd

SAF2

O anúncio pegou a todos de surpresa no começo da manhã aqui no Brasil, quase início de tarde na Inglaterra. Através de seu site, em nota oficial, o Manchester United afirmou que Sir Alex Ferguson irá se aposentar do cargo de treinador do Manchester United.

Depois de 26 anos no comando dos Red Devils, o dirigente, no fim da temporada vigente, deixará o boné de lado e passará a integrar a equipe de executivos do United. Sua última partida sob o comando do time deverá ser diante do West Browmich Albion, no dia 19 de maio, na última rodada do Campeonato Inglês.

Ao anunciar sua aposentadoria como treinador, SAF deixou bem claro que a decisão foi dele: “Tive tempo para pensar nisso. Não foi algo de última hora. Senti que era o momento certo”, contou. Além disso, o escocês garante ter deixado tudo endireitado para que seu substituto siga mantendo o trabalho: “Pra mim, foi importante manter tudo o mais organizado e sólido possível. A qualidade do elenco, somado ao talento dos jovens jogadores, é um indício de que o sucesso continuará e que o clube terá um futuro brilhante nas mãos dessa juventude talentosa. Além disso, nosso centro de treinamento está entre os melhores do mundo e o Old Trafford é considerado um dos estádios mais imponentes do planeta”.

Sobre o seu destino profissional, Ferguson deixou bem claro que não deixará o futebol de lado e participará das decisões dentro do Manchester United: “Daqui em diante, assumirei o posto de diretor-embaixador do clube. Estou ansioso por isso”. Por fim, na nota oficial, o treinador não deixou de prestar homenagens aos seus familiares: “Não posso esquecer da minha família. Seu amor e apoio foram essenciais nesse momento. Minha esposa Cathy foi uma figura chave ao longo de toda a minha carreira”.

Sir Alexander Chapman Ferguson deixará o comando do Manchester United aos 71 anos, sendo 26 deles destinados ao clube inglês. É o treinador mais vencedor da história do futebol inglês. Pelo ManUtd, Fergie conquistou 13 vezes a Premier League (já contando a atual temporada); foi pentacampeão da Copa da Inglaterra, Tetra da Copa da Liga Inglesa; hepta da Supercopa da Inglaterra; bicampeão da Liga dos Campões; venceu a Recopa Europeia e a Supercopa da Europa de 1991; foi campão da Taça Intercontinetal em 1999, além do Mundial da FIFA em 2008.

Dentre os vários nomes especulados pela imprensa inglesa, o mais cogitado para substituir Fergie no comando dos Red Devils é o do também escocês David Moyes, atual treinador do Everton. José Mourinho, técnico do Real Madrid, também aparece em pauta.

Comentários

Curte Campeonato Francês e é torcedor do Olympique LYONnais. Dono do único blog do Lyon no Brasil. Já foi colaborador do Jogo Aberto, blog do Lédio Carmona. Já foi colunista de futebol francês da extinta Revista Doentes por Futebol e do portal Os Geraldinos. Foi comentarista da Rádio Futebol Plus. Hoje em dia é editor chefe e sócio-fundador da Doentes Por Futebol. Participa do "Le podcast du Foot", podcast sobre futebol francês do colunista Bruno Pessa, do Portal IG. E é colaborador de futebol Francês no programa "[email protected]", da Rádio Globo SP.