Casillas faz falta para o Real Madrid?

  • por José Eduardo Volpini
  • 6 Anos atrás

Campeão espanhol, campeão da Champions League, campeão da Euro, campeão do Mundo e apenas opção do banco do Real Madrid.

O goleiro pode ver sua vaga na seleção também em perigo

O goleiro pode ver sua vaga na seleção também em perigo

A polêmica em torno da ida de Iker Casillas para o banco parece que só irá se encerrar quando Mourinho anunciar sua saída do Real Madrid. Enquanto isso, até jogadores do rival, se manifestam. Nessa semana, o craque Iniesta disse que a questão não é apenas técnica. Isso pode ter acontecido, sabemos que o futebol não é um esporte regado apenas de honestidade e caráter. Porém, a Doentes se preocupa com o resultado dentro de campo, é essa a parte que nos cabe comentar.

Nas partidas do substituto Diego Lopez, não há motivo para críticas. O goleiro cumpre sua função com qualidade. Na partida excepcional de Lewandowski, por exemplo, o resultado poderia ter sido até maior caso o goleiro fosse outro. 

De acordo com as estatísticas da ESPN, Diego Lopez fez 55 defesas em 22 jogos pelo Campeonato Espanhol, contando a passagem pelo Sevilla e os jogos pelo Real. Casillas teve a vida mais tranquila: fez 31 defesas em 19 jogos, obtendo quase o triplo de “clean sheets” do goleiro titular. Foram 8 de Casillas contra 3 de Lopez.

casillas-x-lopez

A análise dos dados trouxe uma média de gols sofridos parecida entre os dois goleiros, com vantagem para o eterno ídolo, que, em média, viu sua rede ser balançada uma vez por jogo. O experiente, porém não tão vitorioso, Lopez teve uma diferença para o ídolo de 0,2.

Porém, a grande diferença entre o Real de Casillas e o Real de Diego é o aproveitamento de pontos do time. Com a troca de goleiros, aumentou 10% o aproveitamento da equipe, chegando próximo dos 80%. Talvez isso não signifique que Casillas seja menos efetivo que o ex-Sevilla, afinal o zagueiro revelação Varane também começou a se destacar na mesma época da temporada e garantiu seu lugar entre os titulares. A questão é que, mesmo sendo um ídolo, Casillas não faz mais diferença em campo. A reação do time, mesmo falha contra o Borussia, mostrou isso. A renovação precisa partir do banco, e não falo apenas de José Mourinho.

Comentários