Entrevista exclusiva com Dante

fff

Dante se consolidou como um dos destaques do alemão Bayern de Munique (Foto: Getty Images)

Com exclusividade ao DPF, zagueiro explicou que o fato do adversário da final da Uefa Champions League ser do mesmo país ajuda na hora de estudá-lo taticamente. Jogador também falou sobre seleção brasileira e Copa do Mundo

A humildade o faz ser cuidadoso com as palavras nas entrevistas, especialmente quando a pergunta é com relação à ascensão que vive na carreira. Quando aponta uma conquista pessoal, faz questão de lembrar os companheiros de clube. Mas, mesmo adotando um estilo sem alarde, o zagueiro brasileiro Dante reconhece que vive um momento mágico no futebol. E admite também que tudo mudou rapidamente em sua vida. Na Alemanha desde 2009, o jogador passou por momentos difíceis quando atuava pelo seu ex-clube, o Borussia Mönchengladbach, clube no qual mais lutou para não cair de divisão do que para conquistar títulos.

Na temporada 2011/12, porém, a estrela de Dante começou a brilhar. Com grandes exibições pelo Mönchengladbach, o jogador ajudou o clube a terminar o Campeonato Alemão na quarta colocação e, consequentemente, ter o direito de disputar a fase qualificatória da Uefa Champions League. No mesmo período, Dante ainda foi eleito o melhor zagueiro do campeonato e acertou um contrato de quatro anos com o gigante Bayern de Munique, equipe pela qual já foi campeão alemão da atual temporada.

– No futebol, as coisas realmente acontecem muito rápido. Sempre trabalhei forte para poder ter uma chance em um time grande e chegar aos meus objetivos na carreira – declarou o defensor.

Além do título em Munique, Dante conquistou também o carinho da torcida do Bayern. Com sua técnica com a bola nos pés, velocidade nos desarmes e ótima impulsão, o jogador se tornou peça fundamental no esquema defensivo do técnico Jupp Heynckes. E mesmo não sendo familiar para a maioria dos brasileiros, Dante está longe de ser supresa na Europa.

– Este ano aqui no Bayern está sendo fantástico, mas só estarei satisfeito se vencermos tudo que disputarmos, mesmo que seja muito difícil. Quando eu vim para cá, deixei claro que vim para ser campeão – comentou.

Campeão, aliás, que Dante terá a oportunidade de ser novamente. Ou melhor, duas vezes. A primeira será no próximo dia 1º de junho, contra o Stuttgart, em partida válida pela final da Copa da Alemanha. Já a segunda será mais do que especial. Trata-se da final da Uefa Champions League, a competição de clubes mais importante da Europa. A decisão será no próximo dia 25, no Estádio Wembley, em Londres. O adversário, coincidência ou não, será outro clube alemão, o Borussia Dortmund, que eliminou o Real Madrid na semifinal. A equipe de Dortmund, que conta com os destaques Lewandowski, Götze – este já contratado pelo Bayern de Munique -, Marco Reus e Hummels, já provou nessa temporada que tem um ataque avassalador. Para Dante, entretanto, nada será surpresa.

– Já enfrentamos eles três vezes esse ano. Já sabemos como eles jogam e vamos nos preparar para podermos estar nas melhores condições para neutralizar o fortíssimo ataque do Borussia. Espero que possamos sair vitoriosos – declarou o zagueiro, que rechaçou qualquer tipo de favoritismo do Bayern de Munique na final.

– Acho que é 50% para cada time. É um clássico do futebol alemão e num jogo como esse tudo pode acontecer.

dante_bayern_afp.jpg_95

Campeão Alemão, Dante poderá conquistar na atual temporada a tríplice coroa pelo Bayern (Foto: AFP)

Nascido em Valente, no interior da Bahia, Dante, aos 29 anos, caminha firme como um dos líderes de um clube que planeja dominar o mundo. Não só com os possíveis títulos da Champions League e da Copa da Alemanha – façanhas que dariam ao Bayern de Munique a “tríplice coroa”. Mas também pelo fato de Pep Guardiola, técnico que fez do Barcelona um dos times mais admirados da história, estar prestes a substituir Jupp Heynckes. O espanhol deve assumir o clube alemão no mês que vem.

– Nas últimas quatro temporadas, o Bayern de Munique chegou três vezes na final da Champions League. Estamos em um grande momento e só temos a melhorar. Todos estão de parabéns por manterem o foco e tentarem sempre jogar o melhor – enalteceu Dante, torcedor declarado do Bahia.

Seleção Brasileira

Se há um motivo do qual Dante não pode reclamar é de não ter conquistado seus objetivos no futebol. Depois de assinar contrato com um clube grande e ser campeão, o zagueiro se tornou indispensável nas convocações da seleção brasileira. Dante quer aproveitar essa oportunidade na Copa das Confederações para se firmar ainda mais na equipe Felipão, que disputará a Copa do Mundo do Brasil, ano que vem.

– Claro que jogar pela seleção brasileira em um mundial é o sonho de todos os jogadores. Fico feliz em poder estar vivendo um momento importante na minha carreira logo quando a Copa será no Brasil. Tenho que continuar jogando bem no meu clube para poder ter oportunidades na seleção. E quando for chamado, espero também corresponder às expectativas do treinador – disse o camisa quatro do Bayern de Munique, que aproveitou para exaltar a qualidade dos outros zagueiros do Brasil, como David Luiz, do Chelsea, e Thiago Silva, do PSG.

– Realmente temos grandes zagueiros no momento. Com certeza a briga vai ser grande por uma posição e essa competição é sadia, pois só aumenta a vontade de poder mostrar que mereço fazer parte desse grupo.

Brasil-Dante-Inglaterra-640x480-Mowapress

Em fevereiro, Dante disputou o amistoso do Brasil contra a Inglaterra, em Londres (Foto: Divulgação)

Comentários

Jornalista esportivo. Blogueiro na Gazeta Esportiva.com e colunista no Doentes por Futebol e Sportskeeda.com. E-mail: [email protected]