Guia do Campeonato Brasileiro 2013 – parte 1

  • por Doentes por Futebol
  • 8 Anos atrás

PORTUGUESA

Bráulio Silva

Portuguesa

Em eterna reformulação. Assim podemos definir a Portuguesa nos últimos anos. Quando o time se dá bem no Paulistão, cai no Brasileiro. Quando vai bem no Brasileiro, é porque caiu no Paulistão. E assim, num efeito ioiô, a Lusa vem para o Brasileirão primeiro com pensamento fixo em evitar novo rebaixamento.

Mas a expectativa não é das melhores. No ano passado, a Lusa acabou na 16ª posição, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Em 2013, os paulistas acumulam vexames, inclusive uma eliminação na primeira fase da Copa do Brasil para o modesto Naviraiense e uma goleada sofrida pelo Comercial por 7×0, na fase decisiva da Série A-2.

Foto: gazeta press - Corrêa, experiência no meio de campo da Lusa.

Foto: gazeta press – Corrêa, experiência no meio de campo da Lusa.

Sem dinheiro em caixa, o clube busca reforços em clubes pequenos. Os primeiros a chegar foram o atacante Romão, que estava no Capivariano e foi artilheiro da A-2 com 17 gols, e o meia Washington, que se destacou pelo São Luis-RS, clube pelo qual anotou 7 gols durante o Gauchão. A Lusa já apresentou também o goleiro Lauro, que tem passagens por Ponte Preta e Inter.

O time da Lusa segue sem técnico desde que demitiu Péricles Chamusca. O interino Edson Pimenta trabalha com o que tem para realizar a montagem do time, que não deve mudar muito nas rodadas iniciais. A base será: Gledson (Lauro), Luis Ricardo, Lima, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Corrêa, Souza e Matheus; Diogo e Romão.

Com elenco fraco e com quase todos os times se dedicando ao Brasileirão desde o início, a tendência é que a Lusa brigue contra o rebaixamento desde as primeiras rodadas, com grandes chances de cair.

Portuguesa tática

Comentários

Páginas: 1 2 3 4 5