Interventores assumem FMF

  • por Alexandre Perdigão
  • 6 Anos atrás

 

 

Federação Mineira de Futebol

Paulo Schettino, Presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF), foi afastado do cargo na última quarta-feira, oito de maio. O Ministério Público vinha tentando cassar Schettino desde o início do mês, e no dia nove de maio o afastaram. A alegação do Ministério Público é baseada na ilegalidade da prorrogação do mandato do presidente. O mandato, que a princípio seria até o final de 2012, foi prorrogado por mais dois anos graças a uma decisão de uma assembleia, da qual participaram os clubes profissionais, ligas e clubes amadores de Minas Gerais.

Enquanto espera outra eleição, o que deve ocorrer dentro de 30 dias, a FMF irá ser comandada por dois interventores: o economista Fernando Aurélio Machado Costa e a contadora Sarah Viviane dos Santos Barbosa. Schettino, no entanto, ainda promete recorrer da decisão e voltar ao cargo.

Schettino estava à frente da FMF desde 2003, quando na época era vice-presidente e tomou o lugar do presidente Élmer Guilherme. Guilherme foi cassado por desvio de dinheiro e Schettino assumiu o restante do mandato. Em 2004, foi eleito presidente até 2008 e posteriormente, até 2012.

Schettino não concorda com a decisão. Segundo ele, ela fere o estatuto da entidade. Também fez duras críticas à escolha de Fernando Aurélio, que é irmão do Desembargador Eduardo Machado, do TJ/MG. O Desembargador inclusive já havia punido Schettino ano passado por supostas irregularidades.

Paulo Schettino em coletiva de imprensa

Foto: Jornal Hoje em Dia – Paulo Schettino em coletiva de imprensa

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais anulou os efeitos da Assembléia Geral da Federação Mineira de Futebol, realizada em agosto de 2012, que permitia a prorrogação de mandato do presidente Paulo Schettino até 31 de dezembro de 2014.

A FMF esclarece que outras ações de idêntico teor e sentido foram manejadas sendo todas rejeitadas pela justiça. Nesta oportunidade a justiça entendeu de forma diversa não dando guarida aos argumentos da FMF.

O Departamento Jurídico da FMF aguarda a intimação para tomar as medidas jurídicas cabíveis.

 

Comentários

Alexandre Perdigão é Mineiro, estudante de Direito, ex-futuro Engenheiro Químico, Técnico em Radiologia, apaixonado pelos esportes e principalmente pelo futebol. Graças a seu pai é torcedor roxo(ou azul) do Cruzeiro. Dizem que sua primeira palavra foi "Goool".