Justiça volta atrás e libera amistoso entre Brasil e Inglaterra

Por: Giovanni Giocondo

Foto: pantanalnoticiasms

Foto: pantanalnoticiasms

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu nesta quinta-feira revogar decisão liminar da própria corte, que apenas seis horas antes havia suspendido o amistoso entre Brasil e Inglaterra, após alegar falta de segurança para a reinauguração do estádio do Maracanã, na zona sul da capital fluminense.

Com isso, está garantida a realização da partida marcada para o próximo domingo, 02/05. O governo do Estado obteve a documentação exigida pela Justiça, incluindo o laudo de prevenção e combate a incêndios, emitido pela Polícia Militar, que foi aceito pela juíza Gracia do Rosário.

A decisão de suspender a partida havia sido adotada pela juíza Adriana Costa dos Santos, que atendeu a pedido do Ministério Público Estadual. Como justificativa para impedir o amistoso, a magistrada alegava que existiam materiais perigosos no entorno do estádio, como pedras e restos de obras, que poderiam ser utilizados em eventuais conflitos entre torcedores.

A juíza ressaltou que houve inércia das autoridades responsáveis na resolução dos problemas e, que por isso, fazia-se necessária a suspensão do jogo para que a segurança dos torcedores fosse garantida, mas condicionava que, asseguradas as devidas condições de segurança ao público, o jogo poderia acontecer.

Comentários

Curte Campeonato Francês e é torcedor do Olympique LYONnais. Dono do único blog do Lyon no Brasil. Já foi colaborador do Jogo Aberto, blog do Lédio Carmona. Já foi colunista de futebol francês da extinta Revista Doentes por Futebol e do portal Os Geraldinos. Foi comentarista da Rádio Futebol Plus. Hoje em dia é editor chefe e sócio-fundador da Doentes Por Futebol. Participa do "Le podcast du Foot", podcast sobre futebol francês do colunista Bruno Pessa, do Portal IG. E é colaborador de futebol Francês no programa "[email protected]", da Rádio Globo SP.