Pré-Jogo: Atlético-MG x São Paulo – a volta

  • por Rafael de Melo Andrade
  • 7 Anos atrás

Semana passada, no Morumbi, São Paulo e Atlético se enfrentaram e pode-se dizer que fizeram dois jogos em um só. Até a expulsão de Lúcio, uma grande atuação do São Paulo. Marcando sob pressão e explorando as fragilidades defensivas do Atlético, o Tricolor fez 1×0 e teve outras chances de gol. Não fosse a má atuação de Ademílson, o time poderia ter matado o confronto ali mesmo. No entanto, a expulsão do experiente zagueiro mudou toda a história. De dominado a dominante, o Galo virou o jogo e não correu mais riscos até o fim. Agora, no Independência, eles voltam a se enfrentar. Se o resultado da primeira partida dá o favoritismo ao time mineiro, o tricampeão do mundo se agarra naqueles 30 minutos iniciais pra acreditar que é possível a reviravolta.

Expulsão de Lúcio foi momento chave na partida de ida no Morumbi

Não deixe de conferir o pré-jogo que a Doentes por Futebol preparou pra você

Atlético: para não decepcionar a torcida

Após uma importantíssima vitória no Morumbi na semana passada, o Atlético joga hoje com a sempre difícil missão de confirmar o favoritismo. O time pode até perder por 1 a 0 que sai do Independência classificado às quartas de final da Libertadores. Porém, o discurso dos jogadores é de buscar a vitória a todo custo.

Ao longo da sua história, o Atlético coleciona algumas grandes decepções diante de sua fanática torcida. A maior delas contra o próprio São Paulo, quando, depois de uma campanha brilhante no Brasileirão de 1977, o time não conseguiu sair do zero na final e acabou perdendo o título nos pênaltis, sendo até hoje o único vice-campeão brasileiro invicto. Outras vieram depois, como a eliminação para a Portuguesa no Mineirão, em 96, quando bastava uma vitória simples diante de um Mineirão lotado para o Galo chegar à final, ou a goleada sofrida para o Corinthians nas quartas de final do Brasileirão 2002.

Hoje, a equipe joga também pra desafiar esse retrospecto negativo e provar de vez que esse time veio pra mudar a história. Para isso, todos contam com o retrospecto ultrafavorável no “caldeirão do Horto”. Desde a reinauguração do estádio, o Galo fez 30 jogos lá, com 23 vitórias e 7 empates. Além disso, o quarteto ofensivo atleticano está com 100% de aproveitamento em 2013. Nas três derrotas da equipe no ano, em uma jogou sem Tardelli, em outra sem qualquer dos quatro e na última sem Tardelli e Bernard. Apesar de ter saído do jogo contra a Tombense com dores, Bernard já está confirmado para a partida.

No Independência, Atlético está invicto há mais de 1 ano

No Independência, Atlético está invicto há mais de 1 ano

A única dúvida fica por conta do companheiro de Réver na zaga. Leonardo Silva saiu do jogo contra a Tombense com uma fratura na mão direita e ainda não está confirmado. Caso não seja liberado pelo departamento médico, Gilberto Silva joga novamente. Apesar de ter novamente falhado no jogo de ida no Morumbi, o pentacampeão do mundo ainda conta com a confiança do técnico Cuca. Assim, o Galo deve entrar em campo no tradicional 4-2-3-1 que Cuca adotou desde que chegou em 2011, com: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva (Gilberto Silva), Réver e Richarlyson; Pierre e Leandro Donizete;
Tardelli, Ronaldinho e Bernard; Jô.

Apesar de já ter a vantagem no confronto, o time deve tentar pressionar no início do jogo. Em quatro dos cinco primeiros jogos da equipe na Libertadores, o Galo conseguiu um gol nos primeiros 15 minutos, mas nas últimas duas partidas contra o São Paulo a situação se inverteu e o time começou sendo pressionado. Passa também por isso a volta das boas atuações do Atlético: conseguir começar dominando e não sendo dominado.

São Paulo: Para eliminar o Galo e fazer história (por Bráulio Silva)

O São Paulo tem uma trajetória invejável na Libertadores da América. Três conquistas e três vice-campeonatos. O problema é que nunca na história dessa competição a equipe são-paulina conseguiu reverter uma desvantagem atuando em campo adversário. 

A maior virada do São Paulo, foi no ano de 93, quando perdeu para o Newell’s Old Boys no jogo de ida por 2×0 e reverteu, com magnífica atuação de Raí, vencendo a partida no Morumbi por 4×0. Porém, hoje o jogo é no Estádio Independência, que fica no bairro do Horto, onde desde a sua reinauguração o Galo ainda não foi derrotado.

Para esta partida, o técnico Ney Franco não terá Lúcio, que foi imbecilmente expulso no jogo de ida, mas contará com o retorno de Luís Fabiano após cumprir suspensão de quatro jogos imposta pela Conmebol.

O artilheiro, aliás, vive uma situação complicada dentro do clube. Sua ausência dos principais jogos já faz com que haja na diretoria quem defenda sua negociação com algum clube do exterior. Dizem que até já existe uma proposta de um clube do Qatar.

A volta de Luis Fabiano é uma das apostas do São Paulo hoje

A volta de Luis Fabiano é uma das apostas do São Paulo hoje


A dúvida do treinador está em quem será o companheiro do camisa 9 no ataque tricolor. Osvaldo deixou o jogo contra o Corinthians com uma contusão no quadril. Se o velocista não puder entrar em campo, as opções são: o recém chegado Silvinho, o jovem Ademilson, a incógnita Wallyson ou o lateral Douglas, que atuaria improvisado no ataque, onde realizou uma péssima partida no clássico do fim de semana.

O restante da equipe já está definida, no 4-2-3-1, com: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Tolói, Édson Silva e Carleto; Denilson e Wellington; Osvaldo (Douglas ou Silvinho), Ganso e Jádson; Luis Fabiano.

O São Paulo venceu o Galo em Minas em dez oportunidades. A mais contundente delas em 2004, quando aplicou sonoros 5×0. A última em 2011, na Arena do Jacaré, por 1×0. Outra boa vitória dos paulistas, ocorreu em 2010, quando pelo Brasileirão o Tricolor venceu por 3×2 e o menino Lucas (na época ainda conhecido por Marcelinho) marcou seu primeiro gol como profissional.

A tarefa de hoje a noite é das mais complicadas. Mas time e torcida apostam no quarteto da frente para causar transtornos ao time de Cuca. Se conseguir repetir a intensidade do futebol praticado nos primeiros 30 minutos do jogo de semana passada, as chances aumentam. A pergunta que fica é: Será que o São Paulo busca o impossível?

Libertadores da América 2013 : Oitavas de final – Volta

Data: 08/05/2013

Horário: 22:00

Estádio: Independência, Minas Gerais

Transmissão: GLOBO (SP, MG e parte da rede), SPORTV e FOX SPORTS

Pra assistir pela internet: http://www.rojadirecta.me/goto/arenavision01.blogspot.com.es/p/arenavision-3_8.html

Comentários

Paulista, apaixonado pelo Galo, viciado em estatísticas e Doente por futebol. Acredita que Copa do Mundo dá sentido à vida. Marques e Ronaldinho são seus ídolos no futebol.