Pré-jogo: Emelec x Fluminense

  • por joao_vitor
  • 8 Anos atrás
Foto: Reprodução Internet - Rafael Sobis vive grande fase pelo Fluminense.

Foto: Reprodução Internet – Rafael Sobis vive grande fase no Fluminense.

Apontado por muitos como a equipe brasileira com o caminho mais fácil até a final Libertadores, o Fluminense encara o Emelec nesta quinta, às 22h30, no Equador. A partida de volta será na quarta seguinte (08/05), ainda sem local definido. O colombiano Wilmar Roldán será o árbitro da partida.

Vivendo o seu melhor momento na temporada, a equipe carioca viajou para Guayaquil com alguns desfalques, o que já é rotina no estrelado elenco. E foi justamente no período de maior movimento no departamento médico, que Abel Braga conseguiu fazer o Fluminense desenvolver um futebol digno de um campeão brasileiro. O quarteto ofensivo formado por Wagner, Wellington Nem, Rhayner e Sobis deu o dinamismo que faltava ao time, tornando a equipe das Laranjeiras menos engessada. As boas atuações dos laterais Bruno e Carlinhos também contribuíram para a subida de produção do Tricolor. 

Assim como no confronto contra o Volta Redonda, Thiago Neves, que voltou recentemente de contusão, deve ficar como opção. Gum também é dúvida. Caso não jogue, Digão assume a posição. Fred só terá condições de jogo no segundo confronto contra o próprio Emelec. Já o meia Deco, que recentemente foi pego no exame antidoping, não tem previsão de volta. 

Essa é a quarta vez que o Fluminense participa de uma fase de oitavas de final. Nas outras três, o clube carioca conseguiu a classificação em duas delas (eliminou o Atlético Nacional, da Colômbia, em 2008; e o Internacional, na última edição). Já em 2011, o Fluminense sucumbiu diante do Libertad, do Paraguai. 

Emelec também sofre com os desfalques

Não é só o Fluminense que terá que lidar com a ausência de jogadores importantes. O Emelec também vai a campo sem alguns de seus principais nomes. O time equatoriano não poderá contar com os dois zagueiros titulares – Ashilier e Nasuti -, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Já o principal reserva, José Quiñones, está machucado e também não estará à disposição do treinador Gustavo Quinteros.

Foto: Reprodução Internet - O treinador Gustavo Quinteros tem problemas para escalar o sistema defensivo.

Foto: Reprodução Internet – O treinador Gustavo Quinteros tem problemas para escalar o sistema defensivo do Emelec.

Diante de tantos problemas no sistema defensivo, a tendência é que tenhamos um Emelec atuando de forma conservadora, sem expor tanto sua desfalcada defesa. Vale lembrar que o critério de desempate na Libertadores é o gol fora de casa. Sendo assim, as circunstâncias permitem um Emelec mais zeloso perante um Fluminense que buscará o gol qualificado a todo instante. 

O Emelec lidera o Campeonato Equatoriano com certa folga. A equipe de Guayaquil já abriu cinco pontos de vantagem para o segundo colocado, o Deportivo Quito, mesmo com um jogo a menos. É hoje, sem dúvidas, a principal força do futebol equatoriano.

Será que o melhor time do Equador terá forças para superar o atual campeão brasileiro? A partir de amanhã essa questão será respondida. 

Prováveis escalações:

Emelec: Dreer, Vera, Narvaez, Morante (Baguí) e Baguí (Giménez); Pedro Quiñonez, Giménez (Wila) e Mondaini; Valencia, Caicedo e De Jesus.

Técnico: Gustavo Quinteros

Fluminense: Diego Cavalieri; Bruno, Gum (Digão), Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Wagner; Wellington Nem, Rhayner e Rafael Sobis.

Técnico: Abel Braga

Comentários