Real Madrid x Atlético de Madrid – A final da Copa do Rei

  • por Victor Mendes Xavier
  • 8 Anos atrás

Amanhã, a partir das 16h30, horário de Brasília, Real Madrid e Atlético de Madrid farão a grande final da Copa do Rei 2012-2013. Pelo Campeonato Espanhol, os dois rivais se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias para o Real Madrid: no Santiago Bernabéu, Özil e Cristiano Ronaldo fizeram a festa e marcaram um gol cada, enquanto no Vicente Calderón Falcao García até tentou levar os colchoneros à vitória, mas Di María e Benzema impediram. Agora, é jogo único, no estádio merengue, valendo taça, na provável última final de José Mourinho pelo Real Madrid.

Atlético de Madrid

Falcao García, o principal jogador do Atlético de Madrid (AP Photos)

Falcao García, o principal jogador do Atlético de Madrid (AP Photos)


O Atlético de Madrid entrará em campo no Santiago Bernabéu disposto a dissipar o estigma de amarelão que o contorna nos últimos anos, especialmente em confrontos contra o seu principal rival, Real Madrid, a quem não vence um duelo desde 1999. O destaque rojiblanco é Falcao García, artilheiro do time na temporada com 33 gols. O colombiano terá a companhia de Diego Costa no ataque, com Arda Turan, de volta ao time titular, e Koke auxiliando-os.

É na forte marcação no meio-campo que Simeone aposta para tentar triunfar. Além disso, a zaga precisará estar mais atenta. No geral, o sistema defensivo, formado por Juanfran, Godin, Miranda e Filipe Luís, fez uma boa temporada, mas a solidez apresentada em 75% dos jogos não foi vista nos dois confrontos contra o Real Madrid pela Liga Espanhola. Principalmente no Santiago Bernabéu, os colchoneros foram dominados pelo Real Madrid.

Na última coletiva antes da grande final, o treinador Simeone confirmou o time que irá a campo, sem nenhuma mudança do onze titular habitual: Courtois; Juanfran, Miranda, Godín, Filipe Luís; Mário Suárez, Gabi; Koke, Arda Turan, Diego Costa; Falcao García. Aliás, El Cholo tem sorte em confrontos de mata-mata: desde que ele assumiu o comando técnico do Atlético de Madrid, foram dez classificações em 11 duelos, sendo a única eliminação para o Rubin Kazan, em jogo válido pela fase 16 avos de finais da Liga Europa 2012-2013.

“Lá Décima” tão sonhada pelo Real Madrid na UCL agora é desejo do rival vermelho e branco: em caso de conquista, será o décimo título de Copa do Rei do Atlético de Madrid, vice-campeão em 2010 e que não vence a competição desde o mágico ano de 1996, quando consegui a tão sonhada “dobradinha”, Copa + Liga.

Real Madrid, por José Eduardo Volpini

Na semifinal, Cristiano Ronaldo deu show contra o Barcelona (getty images)

Na semifinal, Cristiano Ronaldo deu show contra o Barcelona (getty images)


O Real Madrid de Mourinho e Ronaldo, que até conseguiu grandes feitos, como a vitória inquestionável contra o Barcelona de Guardiola, em pleno Camp Nou, por 2×1, ou as recentes vitórias sobre o clube catalão, não foram suficientes para tal investimento.

Após uma reação bárbara contra o Borussia, o time ficou na semifinal depois de um grande final de jogo. Com a perda do Campeonato Espanhol com larga diferença para o Barcelona e uma crise no elenco, vários nomes são questionados e devem sair. Entre eles, o principal é o técnico José Mourinho.

Porém, na Copa do Rei o time não pode reclamar. Eliminou o Valencia e o Barcelona, sendo que não perdeu nenhum jogo para os dois, e ainda venceu o maior rival fora de casa de forma arrasadora. Na final contra o Atlético de Madrid, o retrospecto é favorável: duas vitórias nessa temporada pelo Campeonato Espanhol contra a equipe do perigoso atacante Falcao.

Além disso, conta com a determinação do incansável Cristiano Ronaldo, que não deve estar satisfeito com a falta de títulos na temporada atual. O grande desfalque fica por conta da ausência da revelação Varane, que ainda não teve seu substituto divulgado. 

Sérgio Ramos está recuperado e pode atuar na final. Já Marcelo, mesmo em forma, apenas deve completar o banco de reservas, ao lado de Casillas. 

A vitória pode significar um final digno para esse Real Madrid. Ou não.

Dados da partida

Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Estádio: Santiago Bernabéu, em Madrid
Transmissão: Esporte Interativo

Escalações:

Real Madrid: Diego López; Essien, Raúl Albiol (Pepe), Sergio Ramos, Fábio Coentrão; Xabi Alonso, Modric; Di María, Özil, Cristiano Ronaldo; Benzema.

Atlético de Madrid: Courtois; Juanfran, Miranda, Godín, Filipe Luís; Mário Suárez, Gabi; Koke, Arda Turan, Diego Costa; Falcao García

Comentários

Jornalista, carioca e apaixonado pela Liga Espanhola desde a época em que Rivaldo, Zidane, Figo e Raúl foram seus professores. Colaborou para o programa [email protected] da Rádio Globo São Paulo falando sobre o futebol do país das touradas. Repórter da Super Rádio Tupi.