Relembre casos de doping no futebol

  • por Leandro Lainetti
  • 7 Anos atrás

 

Jobson

Foto: Divulgação - Justiça Desportiva - Jobson durante julgamento do caso

Foto: Divulgação – Justiça Desportiva – Jobson durante julgamento do caso

Em 2009, ainda no Botafogo, mas já contratado pelo Cruzeiro, o atacante foi pego no exame antidoping duas vezes em apenas um mês durante o Campeonato Brasileiro. A substância encontrada nos dois testes foi a mesma: cocaína. O primeiro resultado positivo foi no dia 8 de novembro, no jogo contra o Coritiba. No dia 6 de dezembro, na vitória sobre o Palmeiras por 2×1, quando marcou um dos gols, ele foi flagrado novamente. Em janeiro de 2010, quando houve o julgamento no STJD, Jobson foi suspenso por dois anos. O caso se arrastava nos bastidores e o jogador, durante o período, atuou por Botafogo, Atlético Mineiro e Bahia. Com a confirmação da pena, Jobson ficou afastado até março de 2012, quando, mais uma vez, retornou ao Botafogo. Sem se acertar fora de campo, foi emprestado ao São Caetano em 2013. No Azulão, o atacante já se envolveu em mais duas confusões. Uma suposta agressão à esposa e desacato a policiais em uma blitz.

 

Romário

romário

Foto: Reprodução | Tentando combater a calcívie, Romário quase se complicou

A quantidade de polêmicas na carreira do Baixinho foi proporcional aos mais de mil gols que anotou nas redes adversárias. Em dezembro de 2007, mesmo ano em que marcou o milésimo gol, o atacante anunciou que o exame antidoping feito após o jogo entre Vasco e Palmeiras, no dia 28 de outubro, deu positivo para a substância finasterida, comumente encontrada em remédios para conter a queda de cabelo. Segundo o jogador, ele usava o medicamento há dez anos e nunca havia sido alertado pelos médicos da Seleção Brasileira ou dos clubes que defendeu. Romário ficou suspenso até 14 de fevereiro de 2008, quando o STJD o inocentou. À época, o Baixinho era treinador do Vasco, mas saiu logo depois devido a desentendimentos com o então presidente Eurico Miranda. Em abril daquele ano, ele anunciou a aposentadoria.

 

Marcão

Foto: Zero Hora - Marcão, assim como Romário, também foi pego pelo uso da finasterida

Foto: Zero Hora – Marcão, assim como Romário, também foi pego pelo uso da finasterida

O caso do zagueiro do Internacional foi muito parecido com o de Romário. O ano e a substância foram os mesmos. Marcão fez o exame antidoping no dia 21 de julho de 2007, após a partida do Colorado contra o Juventude. Assim como o Baixinho, ele alegou que usava o remédio há tempos, desde 2002. O julgamento aconteceu em agosto e o zagueiro pegou quatro meses de suspensão. Após cumprir dois meses, o clube gaúcho entrou com recurso pedindo a diminuição da pena. E conseguiu. Os outros 60 dias foram transformados em cestas básicas e o jogador retornou aos gramados.

 

Dodô

Foto: Globoesporte.com - Dodô foi suspenso por dois anos

Foto: Globoesporte.com – Dodô foi suspenso por dois anos

No dia 14 de junho de 2007, o Botafogo vencia o Vasco por 4×0. Após o jogo, o atacante fez o exame antidoping e foi constatada a presença da substância femproporex. Após ficar suspenso por 30 dias, o STJD absolveu o jogador. Porém, a FIFA, juntamente com a Agência Mundial Antidoping (Wada), entrou com recurso, em setembro do mesmo ano, na Corte Arbitral do Esporte (CAS). No dia 11 de setembro de 2008, o CAS suspendeu Dodô por dois anos. Assim, o jogador só poderia voltar aos gramados a partir de novembro de 2009, já que havia cumprido uma parte da pena anteriormente. Com a temporada já no fim, ele retornou aos campos em 2010, pelo Vasco.

 

Renato Silva

Foto: Extra - O zagueiro contou com o apoio do técnico Cuca quando assinou com o Botafogo

Foto: Extra – O zagueiro contou com o apoio do técnico Cuca quando assinou com o Botafogo

Provando que 2007 ficou marcado pelos dopings, mais um caso daquele ano. Jogando no Fluminense, o zagueiro foi pego por usar maconha. O exame foi feito na segunda rodada da Taça Guanabara, dia 28 de janeiro, após o jogo entre o Tricolor e o Volta Redonda. Quando foi confirmado o resultado positivo, em março, o Fluminense rescindiu o contrato de Renato. Julgado em abril, pegou 120 dias de suspensão, que, em maio, viraram 60. Assim, no mesmo mês de maio, ele fez sua estreia pelo Botafogo no empate em 2×2 contra o Flamengo.

 

Lopes

Foto: Veja - O meia do Palmeiras foi pego por usar cocaína

Foto: Veja – O meia do Palmeiras foi pego por usar cocaína

O meia do Palmeiras é o caso mais antigo da nossa lista. O exame do jogador ocorreu no jogo entre Palmeiras e Atlético Mineiro, dia 14 de outubro, em confronto válido pela Copa João Havelange. O exame deu positivo para cocaína e ele foi suspenso por 120 dias. Após cumprir toda a suspensão, o meia voltou a atuar em março de 2001, jogando pelo próprio Palmeiras.

Comentários

Jornalista trabalhando com marketing, carioca, 28 anos. Antes de mais nada, não acredito em teorias da conspiração. Até que me provem o contrário, futebol é decidido dentro das quatro linhas. Mais futebol nacional do que internacional. Não vi Zico mas vi Romário, Zidane, Ronaldinho, Ronaldo. Vejo Messi e Cristiano Ronaldo. Totti é pai.