Todos a bordo do Tottanic!

  • por Gregor Vasconcelos
  • 8 Anos atrás
Foto: Reprodução – Premier League Banter Page (Facebook)

Foto: Reprodução – Premier League Banter Page (Facebook)

Torcer para o Tottenham não deve ser fácil. Hoje, após a vitória do Arsenal sobre o Newcastle, os Spurs mais uma vez perderam a vaga da Champions League, que já era dada como certa há dois meses.

Após o Derby Londrino contra os Gunners no começo de Março, o time de André Villas-Boas abriu sete pontos de vantagem sobre os Gunners, que na ocasião estavam na quinta colocação. Depois disso, nos últimos dez jogos, o Tottenham conseguiu apenas cinco vitórias e acabou sendo ultrapassado, terminando em quinto lugar. Foi a 17ª temporada seguida que o Tottenham terminou atrás de seus maiores rivais, na tabela.

Um detalhe interessante é que o Tottenham fez 72 pontos, e essa foi a primeira vez que um time com uma pontuação tão alta ficou fora da zona de classificação para a UCL. Curiosamente, na temporada passada, o Tottenham terminou entre os quatro primeiros, mas não garantiu a classificação graças à vitória do Chelsea, em Munique.

Na temporada passada, a história foi parecida. O Tottenham foi ao Emirates Stadium com uma vantagem de dez pontos para enfrentar um Arsenal que havia sido goleado pelo Milan e eliminado da FA Cup pelo Sunderland. Após o Tottenham abrir 2×0, com 35 minutos de jogo, o Arsenal acabou goleando seu rival por 5×2. Foi o começo do fim da era Redknapp. Quatro rodadas depois, os Gunners passaram os Spurs na tabela.

Na temporada 2005/2006, a história foi mais cômica ainda. Na frente do Arsenal, faltando um jogo na temporada, fora de casa, contra o West Ham, os Spurs precisavam apenas de uma vitória para se garantir na Champions League. Na manhã do jogo, metade do time titular dos Spurs sofreu com suspeita de intoxicação alimentar e não pôde jogar. Resultado? Derrota por 2×1, contra os Hammers, enquanto o Arsenal venceu o Wigan por 4×2 e, mais uma vez, terminou na frente de seus rivais.

Como o video abaixo demonstra, tem coisas que só acontecem com o Tottenham:

Comentários

Torcedor fanatico do Arsenal e do Flamengo, Gregor é fã de longa data da Premier League, acompanhando a liga avidamente há 10 temporadas. Formado em linguística inglesa pela universidade King's College em Londres, agora faz mestrado em linguistica e literatura na universidade de Zurich. Colunista da extinta revista "Doentes por Futebol", hoje é o editor de futebol inglês no site.