Eliminatórias-África: cinco classificados para a 3ª Fase!

  • por Rogério Bibiano
  • 8 Anos atrás

Eliminatorias_rodada 5_resumo_fan page

A bola rolou neste final de semana com a quinta e penúltima rodada da segunda fase das Eliminatórias Africanas para a Copa.

Cinco seleções garantiram lugar na terceira fase. Outros cinco grupos só serão decididos na rodada de setembro, a última desta fase.

Grupo A

A rodada começou no sábado, com Botswana recebendo a República Centro-Africana em jogo somente para cumprir tabela, devido ao fato de as duas seleções já estarem sem chances de classificação.

Mesmo assim, os poucos torcedores presentes assistiram a um jogo movimentado em Lobatse. Jerome Ramathakwane, aos 41 minutos; Mogakolodi Ngele, aos 74 minutos; e Ofentse Nato, aos 86 minutos, marcaram para Botswana. Nicaise Zimbori-Auzingoni, aos 33 e aos 50 minutos, marcou para os centro-africanos.

Christopher Youga (17) da Rep. Centro Africana sobe para cabecear, na marcação de Ofentse Nato, na vitória de Botswana - foto: Gothusang Lesego

Christopher Youga (17) da Rep. Centro Africana sobe para cabecear, na marcação de Ofentse Nato, na vitória de Botswana – foto: Gothusang Lesego

Entre todos os jogos deste fim de semana, o mais aguardado era o duelo direto entre Etiópia e África do Sul. Os etíopes, líderes de chave, com uma campanha surpreendente e atravessando o melhor momento de sua história futebolística, desde o final de década de 60. Os sul-africanos com a instabilidade dos últimos anos.

Em campo, um jogo nervoso para ambos os lados. A condição do gramado do Addis Ababa Stadium não favorecia o toque de bola, com isto o jogo foi de bolas longas e muita força física. A África do Sul começou melhor e abriu o placar com Bernard Parker, aos 34 minutos. Getaneh Kebede empatou aos 42 minutos. Na segunda etapa, o jogo seguiu equilibrado, e Bernard Parker cabeceou contra o patrimônio aos 70 minutos, decretando a derrota sul-africana. A Etiópia segue para a terceira fase, sonhando com a primeira Copa do Mundo (veja abaixo o jogo na íntegra).
[youtube id=”YsUu6lMX-NM” width=”620″ height=”360″]
1 – Etiópia – 13 pontos
2 – África do Sul – 8 pontos
3 – Botswana – 4 pontos
4 – Rep. Centro-Africana – 3 pontos

Grupo B

No sábado, Cabo Verde recebeu Serra Leoa e venceu pela contagem mínima, gol de Héldon Nhuck. Já eliminados, os cabo-verdianos, empurrados pela sua torcida, presente em bom número no Estádio da Várzea, na capital Praia, acabaram com as esperanças de Serra Leoa e de antemão ajudaram a Tunísia.

Capitães, Garbo (branco) e...

Capitães, Ibrahim Kargbo (branco), de Serra Leoa e Marco Soares (azul), de Cabo Verde, cumprimentam-se antes do início do jogo – foto: Eneias Rodrigues

No domingo, a Guiné Equatorial, ainda com chances matemáticas, recebeu a líder Tunísia. Empurrados pelos torcedores, a seleção guineense abriu o placar com Juvenal Edjogo-Owono, aos 36 minutos, em cobrança de pênalti. Oussama Darragi, também de pênalti, empatou aos 64 minutos. Este resultado classificou a Tunísia à 3ª Fase das Eliminatórias.
[youtube id=”4ZMOaO7RIuc” width=”620″ height=”360″]
1 – Tunísia – 11 pontos
2 – Cabo Verde – 6 pontos
3 – Serra Leoa – 5 pontos
4 – Guiné Equatorial – 5 pontos

Grupo C

Precisando de um verdadeiro milagre, o Marrocos recebeu a fraquíssima Gâmbia e com gols de Abdelaziz Barrada, aos 3 minutos, e Younes Belhanda, aos 51 minutos, decretaram a vitória marroquina, que assumia assim a segunda colocação do grupo e ainda tinha esperanças em classificar-se.
[youtube id=”Lko2feO17qs” width=”620″ height=”360″]
No domingo, a Costa do Marfim garantiu a classificação (sepultando as esperanças de Marrocos), em visita à Tanzânia. Jogo que começou complicado para os Elefantes, que mostraram por que seguem como favoritos a uma das vagas africanas para a Copa. Amri Kiemba, aos 2 minutos, e Thomas Ulimwengu, aos 35 minutos, marcaram para os donos da casa. Lacina Traoré, aos 13 minutos, Yaya Touré, aos 23 e 44 minutos, e Wilfried Bony, aos 93 minutos, decretaram o 4×2 para os marfinenses e a classificação (confira abaixo, o jogo na íntegra).
[youtube id=”F1g957OK18c” width=”620″ height=”360″]
1 – Costa do Marfim – 13 pontos
2 – Marrocos – 8 pontos
3 – Tanzânia – 6 pontos
4 – Gâmbia – 1 ponto

Grupo D

No sábado, a então líder Zâmbia tropeçou em casa contra o já eliminado Sudão, ao empatar em 1×1. Jacob Mulenga abriu o placar para Zâmbia, aos 70 minutos, mas Malik Mohammed, aos 72 minutos, empatou para os sudaneses, complicando a situação de Zâmbia no grupo (acompanha abaixo, o segundo tempo completo deste jogo).
[youtube id=”qpqTAaCFs0M” width=”620″ height=”360″]
No domingo, Gana visitou a fraca e amadora seleção de Lesoto. Beneficiados pelo tropeço de Zâmbia, as Estrelas Negras fizeram um jogo tranquilo, seguro e sem riscos, vencendo por 2×0. Christian Atsu, aos 44 minutos, e Asamoah Gyan, aos 75 minutos, colocaram Gana na liderança da chave.
[youtube id=”mcu7SBwJHKg” width=”620″ height=”360″]
1 – Gana – 12 pontos
2 – Zâmbia – 11 pontos
3 – Sudão – 2 pontos (saldo -9 gols)
4 – Lesoto – 2 pontos (saldo -13 gols)

Grupo E

Rodada toda disputada no sábado. Em Franceville, o Gabão goleou Níger, 4×1, e segue com chances de classificação. Yacouba Ali, aos 14 minutos, abriu o placar para os nigerinos, mas Pierre Aubameyang, aos 43, 87 e 98 minutos, além de Bruno Manga, aos 97 minutos, marcaram para Gabão.

Pierre Aubameyang, com 3 gols de pênalti, foi o grande destaque da goleada de Gabão - foto: AFP

Pierre Aubameyang, com 3 gols de pênalti, foi o grande destaque da goleada de Gabão – foto: AFP

Em Pointe-Noire, o Congo poderia ter “matado” o grupo, entretanto, Burkina Faso, vice-campeã africana, calou o Stade Municipal, com Aristide Bancé, aos 38 minutos de jogo. O resultado coloca Burkina Faso na briga pela vaga num dos grupos mais emocionantes destas eliminatórias.
[youtube id=”aWErbEyrN14″ width=”620″ height=”360″]
1 – Congo – 10 pontos
2 – Burkina Faso – 9 pontos
3 – Gabão – 7 pontos
4 – Níger – 3 pontos

Grupo F

A rodada do grupo foi realizada na terça-feira, 12, devido à participação nigeriana na Copa das Confederações 2013.

Malawi e Quênia abriram a rodada e fizeram um jogo movimentado. Os Flamas, precisando da vitória, partiram para cima da eliminada seleção queniana. Por outro lado, ficaram expostos e no final o empate em 2×2 foi ruim para a equipe da casa. Robin Ngalande, aos 47 minutos, e Robert Ng’ambi, aos 81 minutos, marcaram para Malawi. Andrew Murunga, aos 53 minutos, e Moses Chavula, contra, aos 88 minutos, fizeram os gols do Quênia.

Francis Kahata, do Quênia disputa a bola com Joseph Kamwendo (10). Empate ruim para Malawi - foto: AFP

Francis Kahata, do Quênia disputa a bola com Joseph Kamwendo (10). Empate ruim para Malawi – foto: AFP

A Nigéria poderia ter garantido a classificação de forma antecipada, caso vencesse a Namíbia fora de casa. Em uma péssima atuação, a equipe nigeriana saiu atrás do placar. Deon Kavendji, aos 77 minutos, abriu o marcador para a Namíbia. Godfrey Oboabona empatou aos 82 minutos para os nigerianos. Após o jogo, os nigerianos eram esperados no Brasil para a Copa das Confederações. As Super-Águias porém, não chegaram a um acordo por premiações e os jogadores recusaram-se a seguir em voo para o Brasil. O impasse só foi resolvido horas depois e os nigerianos chegaram ao nosso país neste sábado, 15, para disputarem a competição.
[youtube id=”Ng4mwBC6h5s” width=”620″ height=”360″]
1 – Nigéria – 9 pontos
2 – Malawi – 7 pontos
3 – Namíbia – 5 pontos
4 – Quênia – 3 pontos

Grupo G

Nesse domingo, o Egito viajou até Maputo, em Moçambique, e garantiu a classificação de forma inconteste. Mohamed Salah, aos 40 minutos, fez o único gol do jogo. O resultado deixa os egípcios com 100% de aproveitamento, a melhor campanha das eliminatórias africanas.
[youtube id=”OIThAs5Adf0″ width=”620″ height=”360″]
Mais tarde, já eliminada, a Guiné fez um jogo tímido, só cumprindo tabela, e venceu também pela contagem mínima. Mohammed Yattara, aos 39 minutos, assegurou a vitória da Guiné contra a também eliminada seleção de Zimbábue.

1 – Egito – 15 pontos
2 – Guiné – 10 pontos
3 – Moçambique – 2 pontos
4 – Zimbábue – 1 ponto

Grupo H

Também nesse domingo, o grupo H foi definido. A Argélia visitou Ruanda e com a vitória por 1×0, gol de Saphir Taider, aos 52 minutos de jogo, conquistou a classificação para a 3ª Fase. Após um começo instável, os argelinos tiveram o mês perfeito, demonstrando força e organização tática.
[youtube id=”NTPkWwW6Xgg” width=”620″ height=”360″]
Os argelinos foram beneficiados graças ao empate entre Mali e Benin, que entraram em campo com chances. Mas, ao empatarem, “morreram” abraçados. Mamadou Samassa, de pênalti, aos 15, e Cheick Diabaté, aos 69 minutos, fizeram para os malineses. Stéphane Sessègnon, aos 8, e Razak Omotoyossi, aos 32 minutos, marcaram para Benin (veja o jogo completo abaixo).
[youtube id=”oGIGKiqWAH0″ width=”620″ height=”360″]
1 – Argélia – 12 pontos
2 – Mali – 8 pontos
3 – Benin – 5 pontos
4 – Ruanda – 2 pontos

Grupo I

Rodada começou na sexta-feira, 14, com a Líbia recebendo o Togo. Líder da chave, os líbios venceram os togoleses, 2×0, com gols de Faisal Al Badri, em cobrança de pênalti, aos 7 minutos, e no gol contra de Komlan Amewou, aos 18 minutos. O resultado deixa a Líbia muito próxima da classificação, já o Togo está eliminado.
[youtube id=”oQexLSGBD08″ width=”620″ height=”360″]
No domingo, a República Democrática do Congo recebeu Camarões. Os Leopardos tiveram mais posse de bola, mas pouca inspiração ante uma Camarões que viajou até Kinshasa preocupada em somente defender-se. Com isto, o placar não foi alterado, resultado razoável para Camarões, que segue na briga, e péssimo para os congoleses, que estão eliminados.

1 – Líbia – 9 pontos
2 – Camarões – 7 pontos
3 – Rep. Democrática do Congo – 6 pontos
4 – Togo – 4 pontos

Grupo J

Fortes emoções também no grupo J. No sábado, Uganda conseguiu uma importante vitória de virada sobre Angola. A equipe amarela segue firme na briga e de quebra eliminou os angolanos. Emmanuel Okwi e Tony Mawejje, aos 83 e 89 minutos, respectivamente, marcaram para os donos da casa. Ricardo Job marcou aos 57 minutos para os Palancas Negras.
[youtube id=”xVIrZn1bhD0″ width=”620″ height=”360″]
Pressionada pela vitória ugandesa, no domingo, Senegal visitou a Libéria. Impondo sua maior categoria, os senegaleses conseguiram uma vitória providencial, com dois gols do artilheiro Papiss Cissé, aos 19 minutos, em cobrança de pênalti, e aos 54 minutos. Senegal lidera o grupo e faz confronto direto contra Uganda, precisando do empate para avançar.
[youtube id=”YE44EIGw55o” width=”620″ height=”360″]
1 – Senegal – 9 pontos
2 – Uganda – 8 pontos
3 – Angola – 4 pontos
4 – Libéria – 4 pontos

Horas após a rodada, a Fifa confirmou que abriu procedimentos de ordem administrativa-disciplinar, com base no artigo 55 do Código Disciplinar da entidade e também no artigo 8 do Regulamento da Copa do Mundo de 2014.

As seleções que serão investigadas por supostamente escalarem jogadores de forma irregular são: Etiópia (contra Botsuana, no dia 08/06); Guiné Equatorial (contra Cabo Verde, no dia 24/03) e Togo (contra Camarões, no dia 09/06).

A Fifa não divulgou o nome dos jogadores envolvidos. O certo é que já tivemos casos desta ordem no grupo D e também no grupo E. O julgamento ainda não tem data definida.

Os detalhes das Eliminatórias na África e no Mundo você acompanha aqui, na mais democrática e informativa cobertura do futebol.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.