Eliminatórias – África: segue tudo indefinido!

  • por Rogério Bibiano
  • 7 Anos atrás
Eliminatórias_Africa_fan page_4
E a bola rolou pela 4ª rodada das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014 no último fim de semana. Com exceção do Grupo F, que havia tido seus jogos na terça-feira (05/06), os demais grupos tiveram partidas entre a sexta-feira e o domingo deste final de semana.

Grupo A

Após a última rodada, o grupo apresenta liderança da surpreendente Etiópia, que visitou Botswana, vencendo os anfitriões por 2×1. Getane Kebede, aos 33, e Saladin Said, aos 45 minutos do primeiro tempo, abriram vantagem para os etíopes. Tebogo Sembowa marcou para Botswana, aos 14 minutos da segunda etapa. Resultado deixa a Etiópia na liderança do grupo. Botswana está eliminada.
[youtube id=”_7lLgaF8Zrk” width=”620″ height=”360″]
Jogando em Yaoundé (CMR), devido a uma guerra civil no país, a República Centro-Africana não ofereceu resistência para a África do Sul, que com gols de Bernard Parker, aos 26 minutos, Siphiwe Tshabalala, aos 43 minutos, e Katlego Mashego, aos 91 minutos, venceu por incontestes 3×0 e segue na cola da líder Etiópia. A República Centro-Africana, com esta derrota, também está eliminada da disputa.
[youtube id=”smxm0ya-6f8″ width=”620″ height=”360″]
1 – Etiópia – 10 pontos
2 – África do Sul – 8 pontos
3 – República Centro-Africana – 3 pontos
4 – Botswana – 1 ponto

Grupo B

No sábado, no principal jogo da rodada, Serra Leoa recebeu a Tunísia, em um jogaço de bola. Apesar de jogarem melhor, os donos da casa cederam o empate no final do jogo. Um resultado amargo pelo que jogou Serra Leoa. Kei Kamara abriu o placar aos 39 minutos; Oussama Darragi, de pênalti, empatou aos 55 minutos. Alhassam Kamara, aos 72 minutos, colocou o time da casa em vantagem e Ben Youssef, aos 90 minutos, empatou para as Águias do Cartago, que seguem na liderança tranquila do grupo.
[youtube id=”JDfpWEQaLCI” width=”620″ height=”360″]
Sem chances de classificação, Cabo Verde recebeu a Guiné Equatorial, ainda sonhando com o Mundial. Os cabo-verdianos conquistaram a sua primeira vitória na fase, com gols de Babanco, aos 17 minutos, e Djaniny, as 53 minutos. Jônatas Obina descontou para a equipe guineense aos 54 minutos.
[youtube id=”WuYstJ97qi0″ width=”620″ height=”360″]
1 – Tunísia – 10 pontos
2 – Serra Leoa – 5 pontos
3 – Guiné Equatorial – 4 pontos
4 – Cabo Verde – 3 pontos

Grupo C

A Costa do Marfim segue na liderança tranquila do grupo, porém ainda sem garantir matematicamente a vaga. Os marfinenses visitaram a limitadíssima Gambia e venceram tranquilamente, 3×0. Lacina Traoré, aos 12 minutos, Wilfred Bony, aos 62 minutos, e Yaya Touré, aos 90 minutos, marcaram para os Elefantes.
[youtube id=”srsqToG-FNI” width=”620″ height=”360″]
Em Marrakech, o Marrocos, após um longo tempo sem vitórias, conseguiu uma vitória que ainda mantém as chances matemáticas da equipe, que segue dependendo não somente de si. Abderrazak Hamdallah, de pênalti, aos 40 minutos e Youssef El-Arabi, aos 51 minutos, marcaram para os Leões do Atlas. Amri Kiemba, aos 62 minutos, descontou para a Tanzânia.
[youtube id=”V_Y04GIDmTU” width=”620″ height=”360″]
1 – Costa do Marfim – 10 pontos
2 – Tanzânia – 6 pontos
3 – Marrocos – 5 pontos
4 – Gambia – 1 ponto

Grupo D

A rodada começou na sexta-feira, com Gana conseguindo uma importantíssima vitória contra o Sudão, em Khartoum. Asamoah Gyan, aos 16 e 63 minutos, e Sulley Muntari, aos 83 minutos, marcaram para as Estrelas Negras e El Tahir descontou para os sudaneses. O jogo marcou o retorno, com expulsão, de Kevin Prince Boateng à seleção de Gana, que está viva na briga pela vaga.
[youtube id=”OM5eoaHy8gs” width=”620″ height=”360″]
No sábado, a líder do grupo, Zâmbia, passou com tranquilidade, após uma série de diversos resultados ruins, contra a amadora seleção de Lesoto. Jacob Mulenga, aos 36 e 64 minutos, Christopher Katongo, aos 61 minutos, e Collins Mbesuma, aos 83 minutos, deram números oficiais à goleada, 4×0. Assim, Zâmbia segue liderando o grupo, que hoje é monopolizado pelos Chimpompolos e pelas Estrelas Negras.

Collins Mbesuma comemora o seu primeiro gol na goleada sobre Lesoto - foto: AFP

Collins Mbesuma comemora o seu primeiro gol na goleada sobre Lesoto – foto: AFP

1 – Zâmbia – 10 pontos
2 – Gana – 9 pontos
3 – Lesoto – 2 pontos
4 – Sudão – 1 ponto

Grupo E

O líder Congo visitou o Gabão, que precisava vencer para aproximar-se do próprio Congo. Jogo equilibrado e que não teve abertura do placar. Congo segue liderando e está muito próximo da classificação.

[youtube id=”FY4tm6znZ4M” width=”620″ height=”360″]
Em Niamey, Burkina Faso visitou a seleção do Níger e segue viva nas eliminatórias, graças ao gol de Jonathan Pitroipa. Para Níger, o sonho de disputar um Mundial pela primeira vez termina com essa derrota.
[youtube id=”uQ1hAVP4NoA” width=”620″ height=”360″]
1 – Congo – 10 pontos
2 – Burkina Faso – 6 pontos
3 – Gabão – 4 pontos
4 – Níger – 3 pontos

Grupo F

Em virtude da participação da Nigéria na Copa das Confederações, o grupo F teve seus jogos pela 4ª rodada realizados na quarta-feira (05).

Abriram a rodada do grupo Malawi e Namíbia. Favorita, Malawi não conseguiu traduzir em gols o maior domínio territorial. O empate acabou sendo ruim para as duas seleções e ótimo para a líder Nigéria.

Lazarus Kaimbi (11) conduz a bola observado por Owen Chaima (16). Empate foi ruim para as duas partes - foto: reprodução/thenamibian

Lazarus Kaimbi (11) conduz a bola observado por Owen Chaima (16). Empate foi ruim para as duas partes – foto: reprodução/thenamibian

Após empatar em casa contra o Quênia, na rodada anterior, a Nigéria visitou os quenianos em Nairóbi. Jogo truncado, com a seleção da casa tomando a iniciativa, mas parando ante uma Nigéria bem postada e que criou as melhores chances. Ahmed Musa fez, aos 81 minutos, o gol da vitória da Nigéria, que fica perto da classificação. O Quênia está eliminado.

[youtube id=”8NeZMg-AGCM” width=”620″ height=”360″]
1 – Nigéria – 8 pontos
2 – Malawi – 6 pontos
3 – Namíbia – 4 pontos
4 – Quênia – 2 pontos

Grupo G

Após jogo equilibrado na 3ª rodada, contra Zimbábue, no Cairo, o Egito deslocou-se até Harare. Jogando um futebol consistente, com força na marcação e velocidade no ataque, os Faraós fizeram sua melhor apresentação nestas eliminatórias. Marcaram para o Egito Mohamed Aboutrika, aos 7 minutos, e Mohamed Salah, com três gols, aos 41, 76 e 83 minutos. Knowledge Musona, aos 21, e Billiat Khama, aos 81, descontaram para a eliminada Zimbábue. Egito segue com 100% de aproveitamento.
[youtube id=”VXxAv2TvC-0″ width=”620″ height=”360″]
Em Conakry, a Guiné não tomou conhecimento de Moçambique e atropelou os Mambas, 6×1. Mohamed Yattara, aos 16 e 90, Sadio Diallo, aos 34 e 46; Ibrahima Traoré, aos 74, e Mohammed Diarra, aos 80 minutos, marcaram para a Guiné. Hélder Pelembe descontou para Moçambique. Guiné segue com chances matemáticas, enquanto Moçambique está fora da briga à terceira fase.
[youtube id=”TGLqe-oAwpM” width=”620″ height=”360″]
1 – Egito – 12 pontos
2 – Guiné – 7 pontos
3 – Moçambique – 2 pontos
4 – Zimbábue – 1 ponto
Grupo H

Fortes e intensas emoções no Grupo H. No domingo, a Argélia conquistou uma importante vitória sobre Benin, fora de casa. Islam Slimani, aos 38 e 42 minutos, e Nabil Ghilas, aos 78 minutos, marcaram para a Argélia, que segue na liderança. Rudy Gestede fez para Benin, que possui chances matemáticas ainda.
[youtube id=”d2gg8UokQ_w” width=”620″ height=”360″]
Em Bamako, Mali jogou melhor, perdeu gols e não passou de um empate com a eliminada Ruanda, 1×1. Meddie Kagere abriu o placar para os ruandenses, aos 33 minutos de jogo. Mahamadou N’Diaye empatou para os donos da casa, aos 77 minutos. O péssimo resultado deixa Mali na obrigação de vencer todos os dois jogos restantes para seguir sonhando com a classificação.
[youtube id=”h4gn_PDHASU” width=”620″ height=”360″]
1 – Argélia – 9 pontos
2 – Mali – 7 pontos
3 – Benin – 4 pontos
4 – Ruanda – 2 pontos

Grupo I

Em um dos grupos mais equilibrados, tudo indefinido e todos com chances. Em Trípoli, Líbia e República Democrática do Congo fizeram mais um jogo equilibrado, repetindo o placar do jogo de ida, 0x0. Resultado seria ruim para ambos, caso os camaroneses, até então líderes, marcassem ponto em visita ao Togo em Lomé.

Mohamed Almagrabi recebe a bola no empate sem gols conta a República Democrática do Congo, o Tripoli Stadium completamente lotado - foto: Aimen Eljali

Mohamed Almagrabi  (11) recebe a bola no empate sem gols conta a República Democrática do Congo, com o Tripoli Stadium completamente lotado – foto: Aimen Eljali

Em Lomé, o Togo, vivendo mais uma crise futebolística, recebeu a então pacificada e tranquila Camarões. Ambas as seleções sem os seus grandes nomes, Adebayor pelo Togo e Eto’o por Camarões. Os togoleses impuseram o ritmo e, muito melhores em campo, marcaram duas vezes com Komlan Amewou, aos 32 minutos, e Lalawélé Atakora, num golaço aos 70 minutos, para seguir dando esperanças aos togoleses.

[youtube id=”7bfkS-M6X8I” width=”620″ height=”360″]
1 – Líbia – 6 pontos (saldo +1)
2 – Camarões – 6 pontos (saldo -1)
3 – República Democrática do Congo – 5 pontos
4 – Togo – 4 pontos

Grupo J

Fechando a maratona das Eliminatórias na África, outro grupo equilibrasdíssimo, em que a briga pela única vaga à terceira fase irá até a última rodada.

Em Kampala, Uganda recebeu e venceu a surpreendente Libéria, 1×0, com gol de Tony Mawejje. O resultado mantém Uganda viva na disputa.
[youtube id=”LDCyD94qlRo” width=”620″ height=”360″]
Em Luanda, Angola segue com uma campanha curiosa: invicta, mas sem vitórias. Dessa vez, o empate foi contra Senegal, que abriu o placar com Papiss Cissé, aos 23 minutos. Guilherme Afonso, aos 51 minutos, empatou para o Palancas Negras.
[youtube id=”LDCyD94qlRo” width=”620″ height=”360″]
1 – Senegal – 6 pontos
2 – Uganda – 5 pontos
3 – Angola – 4 pontos
4 – Libéria – 4 pontos

No próximo final de semana, teremos mais uma rodada completa, a 5ª e penúltima das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo 2014

Os principais detalhes, as melhores imagens, os gols e a melhor e mais democrática informação, você já sabe, é aqui, no Doentes por Futebol.
Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.