Nacional inconteste conquista o Paraguai pela 9ª vez

  • por Mauricio Fernando
  • 6 Anos atrás
Foto: Hoy

Foto: Hoy


Ainda faltam quatro rodadas para o término do Torneo Apertura Paraguaio, mas o país já conhece seu campeão. O Nacional conquistou, na última segunda feira, o 9º título nacional de sua história ao derrotar o General Díaz por 3×1, no Defensores Del Chaco, em Assunção. Para fechar com chave de ouro essa bela conquista, o gol do título foi marcado de bicicleta por Ramon Benítez.

O tricolor chegou aos 46 pontos, abrindo quatorze de diferença para o vice-líder Libertad. Restando doze pontos em disputa, não pode mais ser alcançado e chega a uma conquista extremamente merecida. A campanha impecável da equipe comandada pelo jovem Gustavo Morínigo (36 anos), ex-meio campista do clube, em seu primeiro trabalho como treinador, não deu margem a qualquer discussão. Em 18 jogos (até aqui), foram 15 vitórias, um empate e apenas duas derrotas. Contando ainda com uma sequência de 14 partidas invictas, entre a 3ª e a 16ª rodada.

Foto: ABC Color

Foto: ABC Color


Os 39 gols marcados dão a dimensão do poderio de frente do melhor ataque da competição disparado, média de mais de dois gols por partida. Julián Benítez, artilheiro do campeonato com 13 gols, foi, sem nenhuma dúvida, o principal destaque da campanha. Benitez chegou em 2013 ao Nacional, assim como outro nome importantíssimo na campanha, o goleiro Justo Villar, que, com 35 anos, deu um toque de experiência importante à equipe. La Academia ainda conta com o meia Cesar Cãnete, de 36 anos, um dos destaques do seu meio campo, ao lado de Marcos Melgarejo.

Com o título do Apertura, o Nacional se garante na disputa da Taça Libertadores da América 2014. Restam em disputa, pontos que poderão ser importantes para a soma geral do ano, que concede vagas para disputa das competições continentais de 2014.


Equipe base do campeão: Justo Villar, Ramón Coronel, Leonardo Cáceres, Raúl Piris e David Mendoza; Marcos Melgarejo, Marcos Riveros; Silvio Torales, Ricardo Ortiz e César Cañete; Julian Benítez. Técnico: Gustavo Morínigo

Comentários

21 anos, morador de Maringá-PR. Corintiano de coração, aprendi ainda a ser Liverpool, na Europa. Como Doente por Futebol, acompanho diariamente jogos, jogadores e tudo o que acontece acerca deste apaixonante esporte. Minha função por aqui será de analisar e informar tudo o que rola na América do Sul e no México. Responsável ainda pelas colunas "Craque DPF" e "Futebol na Mídia".