A coletiva de Gerardo Martino em Rosário

  • por Victor Mendes Xavier
  • 8 Anos atrás

Hoje de manhã, o Barcelona oficializou a contratação de Gerardo Martino por duas temporadas. Em Rosário, o ex-treinador do Newell’s Old Boys deu sua primeira coletiva como novo treinador do time catalão. Abaixo, a Doentes Por Futebol destacou as principais falas de Tata Martino antes de sua ida a Barcelona.

Surpreso?
“Me preparei para descansar e esperar um momento oportuno de oportunidade de trabalho. É claro que acabou sendo uma surpresa (a contratação do Barcelona)”.

Objetivos
“Há que adaptar-se rapidamente e se acomodar ao dia a dia. Tudo que envolve o Barcelona é mais do que eu diga, porque seria redundância o respeito à instituição e ao elenco. Eu espero me adaptar rapidamente, entender o que eles procuram e, especialmente, estar à altura. O desafio é esse: me adaptar a um clube tão grande como o Barcelona. Logo, aspiramos ser protagonistas em todos os torneios”.

Influência de Messi?
“Sim, seguramente. Os detalhes de como foi a situação não conheço. Não tenho dúvidas de que Jorge e Lionel Messi falaram com os dirigentes do clube e deram suas opiniões. Mas eu não sei qual foi o impacto que essas opiniões tiveram na hora da decisão da diretoria”.

Messi
“Dentro do contexto que representa ser o treinador do Barcelona, também há algo de suma importância: a possibilidade de treinar o melhor jogador do mundo. Tenho a obrigação de dizer que aceito o desafio. No dia a dia seguramente encontraremos a forma de apoiá-lo e de que ele siga sendo o grande jogador que é”.

Hora de assinar o contrato
“Um monte de coisas se passaram pela minha cabeça, desde dirigir o Paraguai, ser campeão com o Newell’s até essa nova situação. Os consecutivos sucessos que aconteceram comigo nos últimos anos são de uma magnitude impressionante. Me sinto libertado depois de ter dirigido o Paraguai numa Copa do Mundo”.

Comentários

Jornalista, carioca e apaixonado pela Liga Espanhola desde a época em que Rivaldo, Zidane, Figo e Raúl foram seus professores. Colaborou para o programa [email protected] da Rádio Globo São Paulo falando sobre o futebol do país das touradas. Repórter da Super Rádio Tupi.