Depois de mais de uma década, o Fulham tem novo dono

Depois de 16 anos como dono do Fulham, tendo investido aproximadamente 200 milhões de euros para estruturar o clube, o egípcio Mohamed al-Fayed vendeu o time para o bilionário Shahid Khan, norte-americano de origem paquistanesa que é dono do Jacksonville Jaguars, clube da NFL. De acordo com alguns jornais ingleses, o valor da transação foi entre 150 e 200 milhões de euros.

Quando tomou posse do clube londrino, em 1997, Al Fayed queria transformá-lo-lo no “Manchester United do Sul”. Obviamente, não foi possível tornar os Cottagers uma potência igual os Red Devils, mas o milionário egípcio estabilizou o clube na Premier League. Em 1999, o Fulham subiu para a segunda divisão e, em 2001, para a Premier League. 

Além de campanhas estáveis na EPL, o Fulham conseguiu obter também sucesso em nível europeu. 

Em 2002, o clube venceu a extinta Copa Intertoto da UEFA, após vencer o Bologna com o placar agregado de 5×3. Na temporada 2009/2010, o clube alcançou a final da Liga Europa. Durante a campanha, os londrinos bateram adversários fortes, como o Shakhtar Donetsk, que defendia o título da competição, a tradicional Juventus e os alemães Wolfsburg, então campeão alemão, e Hamburgo. No entanto, o Fulham perdeu a final para o Atletico de Madrid, com dois gols do uruguaio Diego Forlan.

[youtube id=AyxVIbuaGGE]

Foto: Reprodução – Van der Sar no Fulham.

Foto: Reprodução – Van der Sar no Fulham.

Nesse período, o Fulham também se destacou na contratação de alguns notáveis jogadores. O maior destaque foi o goleiro holandês Van der Sar. Campeão da Liga dos Campeões com o Ajax, Van der Sar perdeu o seu espaço na Juventus com a contratação de Buffon e foi vendido para o Fulham, em agosto de 2001, recém promovido à Premier League, por €7M.

Recentemente, o goleiro Stekelenburg fez o mesmo que Van der Sar. Após passagem de sucesso pelo Ajax, o goleiro não vinha em um bom momento pela Roma e foi contratado pelo Fulham no dia 5 do mês passado.

Foto: Reprodução – Karagounis no Fulham.

Foto: Reprodução – Karagounis no Fulham.

Na temporada passada, o meia grego Karagounis, campeão da Eurocopa em 2004, trocou o Panathinaikos pelo Fulham.

Outro destaque internacional que jogou no clube londrino foi o meia-atacante irlandês Damien Duff. Com passagem de destaque por Blackburn, na qual ele chegou até a integrar o Time do Ano da UEFA de 2002, e Chelsea, o experiente meia não estava numa fase boa quando foi contratado pelo Fulham, em 2009, vindo do rebaixado Newcastle.

Foto: Reprodução – Berbatov no Fulham.

Foto: Reprodução – Berbatov no Fulham.

Quatro destaques de nível nacional que também passaram pelo Fulham foram os atacantes Andy Johnson, vice-artilheiro da Premier League em 2004/2005 com 21 gols, apenas 4 a menos do que o artilheiro Thierry Henry, e o artilheiro da Premier League de 2010/2011 com 20 gols, Dimitar Berbatov.

Dois multicampeões pelo Liverpool, o meia Danny Murphy e o lateral-esquerdo John Arne Riise também tiveram passagens de destaque pelo Fulham.

Agora, resta saber quais são os planos de Khan para o Fulham. E ficam as questões: será que o clube vai continuar estável na Premier League? Será que vai se tornar uma nova potência? Só o tempo dirá.

Comentários

Estudante de Redes de Computadores. Fanático por futebol, seja brasileiro ou europeu. Sua preferência, na Europa, é a Premier League.