Desprestigiada por brasileiros, vai começar a Sulamericana 2013

  • por Matheus Mandy
  • 7 Anos atrás
Campeão em 2012, São Paulo entra direto nas oitavas (Foto: Tom Dib)

Campeão em 2012, São Paulo entra direto nas oitavas (Foto: Tom Dib)

 

Nesta terça vai começar a 12ª edição da Copa Sulamericana. A competição terá um recorde de participantes, com 47 times de 10 países na disputa. Dos 47, apenas 6 já foram campeões de torneios internacionais oficiais ao menos uma vez: São Paulo, Peñarol, River Plate, Racing, Vélez e Universidad de Chile. A falta de clubes tradicionais é um claro sinal da desvalorização do torneio, principalmente por parte das equipes brasileiras.

Ao todo, a primeira fase da competição contará com 32 times, divididos em dois blocos. No Bloco Sul estão times paraguaios, uruguaios, bolivianos e chilenos. Já no Bloco Norte estão os peruanos, venezuelanos, colombianos e equatorianos. Os vencedores vão à segunda fase, que também terá as Fases Nacionais de Argentina e Brasil.

Na segunda fase acontecerão 15 confrontos, sendo três da fase argentina e quatro da brasileira. Os outros oito serão entre os times classificados das zonas Norte e Sul.

Após os embates, os 15 vencedores se juntam ao São Paulo nas oitavas de final. Todo o chaveamento já está definido e pode ser entendido melhor aqui.

Times Brasileiros
A novidade da temporada para os times brasileiros é a mudança no critério de classificação. Com exceção do São Paulo – atual campeão -, que entra nas oitavas, a Fase Nacional será composta pelos oito melhores do Brasileiro 2012 que não estarão nas oitavas da Copa do Brasil.

Entenda Melhor o novo critério da CBF
Na prática, os oito representantes seriam Vasco, Botafogo, Santos, Cruzeiro, Internacional, Flamengo, Náutico e Coritiba. Porém, a CBF estendeu a Copa do Brasil até novembro e, devido ao conflito de datas, quem avançou às fases agudas da competição nacional ficou fora da Sulamericana. Com isso até mesmo times rebaixados, como o Sport, poderiam entrar na Sulamericana, o que de fato aconteceu. Os confrontos brasileiros não têm data para acontecer, mas estão definidos:

Sport x Náutico
Portuguesa x Bahia
Vitória x Coritiba
Criciúma x Ponte Preta

Já o São Paulo só estreia nas oitavas. Seu rival será um dos quatro times a seguir, que se enfrentarão nas fases preliminares: Cerro Porteño, Universidad Católica, Huancayo-PER ou Emelec.

Argentinos
Os seis times argentinos se enfrentarão na fase nacional e os três vencedores avançam às oitavas. Os duelos também já são conhecidos:

San Lorenzo x River Plate
Belgrano x Vélez
Racing x Lanús

Abertura
Nesta semana acontecerão os jogos de ida das 16 partidas das Zonas Norte e Sul, com ampla cobertura da TV brasileira, que transmitirá 13 partidas ao vivo e outras três em VT.

O primeiro jogo será às 15h50, no Equador, onde a LDU Loja irá receber o Deportivo Lara, da Venezuela. O embate que marcará o início da Sulamericana 2013 terá transmissão da Fox Sports para todo o Brasil.

De todos os duelos, o mais equilibrado reúne duas potências de seus países e com respeito no continente. Em Santiago, a Universidad Católica receberá o copeiro Cerro Porteño, do Paraguai. Outro tradicional, o Peñarol, visitará o Cobreloa, no Chile.

Confira toda a rodada
30 de julho
LDU Loja x Dep. Lara-VEN (15h50, Fox Sports)
Inti Gas-PER x Atlético Nacional (18h, Fox Sports)
Itaguí-COL x Juan Aurich-PER (20h15, Fox Sports)
Real Potosí x Universidad de Chile (20h30, SporTV2)
Trujullanos-VEN x La Equidad-EQU (22h30, Fox Sports)

31 de julho
Nacional-PAR x The Strongest (14h45, Fox Sports)
El Tanque Sisley-URU x Colo Colo (20h15, Fox Sports)
Universidad Católica x Cerro Porteño (22h35, Fox Sports)
Blooming-BOL x River-URU (Reprise às 2h30, Fox Sports)
Huancayo-PER x Emelec (Reprise às 8h550 de quinta, Fox Sports)
Dep. Pasto x Melgar-PER (22h50, SporTV2)

1 de agosto
Jose Terán-PER x Dep. Anzoátegui-VEN (15h45, Fox Sports)
Wanderes-URU x Libertad (18h, Fox Sports)
Mineros-VEN x Barcelona-EQU (VT às 1h30, Fox Sports)
Cobreloa x Peñarol (20h30, SporTV2)
Guaraní-PAR x Oriente Petrolero (22h50, SporTV2)

Comentários

Nascido em Santo Antônio de Pádua, Mandy começou com jornalismo em 2004 e em 2010 se formou na área. Trabalhou na Inter TV da Globo em Campos, TV Record e foi editor de esportes da Folha da Manhã, maior jornal do interior do rio. Também trabalhou na assessoria de imprensa do Instituto Federal Fluminense e de clubes do Rio de Janeiro.