Empresário de Thiago Silva: “Barça precisa agir”

A frase é a síntese de um flerte que já se arrasta há várias temporadas.

É o convite explícito para que o Barcelona finalmente transforme em atitude seu interesse pelo jogador.

Para quem não sabe ou não lembra, o Barça vem especulando o nome de Thiago Silva desde muito tempo, quando o jogador ainda atuava no Milan. E sempre teve seu interesse correspondido pelo brasileiro, na medida do possível.

(Veja o vídeo de 2011 em que Thiago afirma ter conversado com representantes do Barça)

Quando Tito Vilanova assumiu o comando azulgrená, no início da temporada passada, o desejo se tornou ainda mais concreto: afinal, Thiago é visto pelo treinador como “o defensor perfeito”, a melhor opção para o clube no momento. Sua confiança no potencial do capitão da Seleção é enorme, a ponto de não querer sequer ouvir nomes como o do alemão Mats Hummels, “oferecido” pelo diretor Andoni Zubizarreta .

Se o Barcelona sempre foi conhecido por sua preferência pelos jogadores da base (e não é só filosofia, também é limitação financeira), este não parece ser o caso no momento. Pelo menos é o que afirmou o diretor Toni Freixa. Segundo ele, mesmo depois do alto investimento na contratação de Neymar, “o Barça possui os recursos para todas as transferências que o staff julgar necessárias”. Apesar disso, o diretor acrescentou que “não diria nada sobre as condições do clube para não perturbar o mercado”. Uma estratégia sábia, ainda mais quando se corteja um jogador tão valorizado.

Após o jogo entre Barcelona e PSG pela Champions, Tito fez o convite: venha para o Barça.

Após o jogo entre Barcelona e PSG pela Champions, Tito fez o convite: “venha jogar conosco, Thiago”.

Diante dos rumores, o empresário do zagueiro, Paulo Tonetto, disparou: “se é verdade que Tito quer contratá-lo, alguém tem que se pronunciar. Quando alguém quer contratar um jogador, nada acontece enquanto se fica assistindo televisão”. No entanto, em entrevista à rádio SER Catalunya, Tonetto não teve timidez em afirmar que “ao Barça, não se pode dizer ‘não’. Não somos estúpidos. Mas não depende de Thiago, e sim do PSG”.

Essas declarações são o que há de concreto. Além delas, é pública também a viagem do diretor blaugrana Raul Sanllehí ao Rio de Janeiro, no último final de semana, quando ele ficou hospedado no mesmo hotel da seleção brasileira. No campo da especulação, há informações de que teria ocorrido uma reunião entre o empresário de Thiago Silva e o representante do Barça, na qual teria sido dado o sinal verde para as negociações.

Há, ainda, uma suposta oferta de 32 milhões de euros que estaria sendo preparada pelo clube catalão. Se for verdade, é improvável que seja aceita: o zagueiro foi comprado pelo PSG há menos de um ano por 42 mi. Em todo caso, seria um início das tratativas. Se é verdade que o Barcelona tem mesmo dinheiro para gastar, é bom começar a abrir o bolso.

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.