Liga Futsal: 16 times para 8 vagas, apresentamos a 2ª Fase

  • por Rogério Bibiano
  • 8 Anos atrás

Liga Futsal_2 Fase_fan page

Começou nesta sexta-feira (06) a segunda fase da Liga Futsal 2013. Em duelo pelo grupo C, a equipe do São José (SP) empatou em 2×2, com o CSM/Jaraguá.

A primeira fase da Liga Futsal teve 171 jogos e 848 gols marcados, uma média de 4,96 gols/jogo. Dos 19 clubes que iniciaram a competição, três estão eliminados: São Paulo/Suzano/Penalty, São Bernardo e São Caetano/Construban, todos do Estado de São Paulo.

A artilharia da Liga está dividida entre Murilo da Copagril/Sempre Vida (PR), que marcou 12 gols em 16 jogos, e Vander Carioca, da Krona Futsal (SC), que fez os mesmo 12 gols em 17 jogos. Murilo transferiu-se ao final da primeira fase para o futsal russo.

Na segunda fase da Liga, os classificados estão divididos em quatro grupos, de acordo com suas campanhas na primeira fase. Os dois melhores times de cada chave – após confronto de todos contra todos dentro dos grupos, em ida e volta – avançam para as quartas de final, quando os classificados do grupo A cruzarão com os do grupo D, e os do grupo B, com os do C.

GRUPO A

1º – KRONA FUTSAL (47 pontos, 15v-2e-1d)

Atual vice-campeã, a Krona Futsal mostrou o motivo pelo qual é considerada por muitos como uma das favoritas da edição 2013. A equipe catarinense estabeleceu o recorde de aproveitamento da Liga, com 87%. Sob o comando do experiente treinador Fernando Ferretti e com um elenco recheado de opções em todos os setores.

Liga_2013_fase2_Krona

Valdin (13), Valença (4) e o artilheiro Vânder Carioca (14). Líder e com melhor aproveitamento da história da Liga, a Krona Futsal vem muito forte para a segunda fase – foto: reprodução

8º – CIA DO TERNO/MINAS (27 pontos, 8v-3e-7d)

Alternando bons momentos com outros instáveis, o tradicional representante de Minas Gerais busca chegar a mais uma fase quarta-de-final. Para isto, a equipe precisará superar o retrospecto contra seus adversários nesta fase, levando em consideração que na primeira fase não conseguiu bons resultados. O pivô Kelson é o destaque, com 11 gols.

12º – CASCAVEL/MUFFATÃO/SOL ORIENTE/MION (23 pontos, 6v-5e-7d)

Assim como em 2011, quando fez campanha irretocável em seu ginásio (da Neva), Cascavel, nesta temporada, fez ótima campanha como mandante (só 2 derrotas, para Joinville e Jaraguá). No entanto, o time paranaense precisará melhorar o retrospecto fora de casa. Com um conjunto há algumas temporadas atuando junto, sob as ordens de Nei Victor, os destaques da equipe na primeira fase foram o pivô Frede e o ala Rafinha, ambos com 9 gols.

Liga_2013_fase2_Cascavel

Com Adeirton (55) e o artilheiro da equipe na Liga, Rafinha (11), Cascavel espera consolidar sua força em casa para avançar às quartas-de-final – foto: cliqueesporte.blog

16º – FLORIANÓPOLIS FUTSAL (18 pontos, 4v-6e-8d)

Último classificado, o Floripa Futsal, como é conhecido, terminou, ao lado de Carlos Barbosa, com a pior defesa da primeira fase da Liga com 55 gols sofridos. A tradicional equipe catarinense espera surpreeder novamente, assim como em temporadas passadas. Os destaques na primeira fase foram o ala Márcio e o pivô Bipe, ambos com 8 gols marcados.

GRUPO B

2º – CORINTHIANS (41 pontos, 12v-5e-1d)

Após liderar a primeira fase da Liga durante boa parte, a equipe do Parque São Jorge perdeu a invencibilidade e a liderança para a Krona Futsal. O alvi-negro amargou uma série de empates e assim não conseguiu encostar nos catarinenses. Em tese, é o grupo mais complicado da segunda fase. Com um elenco muito forte, o artilheiro da equipe na Liga Futsal é o pivô Simi, com 9 gols.

() SPO

Com a segunda melhor campanha na primeira fase e um dos elencos mais fortes da Liga 2013, Timão é um dos favoritos – foto: agencia corinthians

7º – ASSOCIAÇÃO CARLOS BARBOSA FUTSAL (27 pontos, 8v-3e-7d)

Com uma campanha inconstante na primeira fase que causou a saída de Paulinho Sananduva do comando da equipe substituído por Paulo Mussalem, o time laranja, já no final da primeira fase, deu mostras de evolução. Chegou à final do Mundial de Futsal (derrota por 5×1 para o Dínamo Moscou) mostrando a força da sua camisa. O jovem ala Kevin e o experiente fixo Rodrigo Hardy, com 7 gols, foram os artilheiros da equipe na primeira fase.

Liga_2013_fase2_ACBF

Após uma primeira fase oscilante, ACBF do agora capitão Daniel, espera fazer valer a força da camisa mais tradicional do futsal brasileiro – foto: reprodução

11º – ATLÂNTICO APTI URI ERECHIM (24 pontos, 6v-6e-6d)

Ao contrário de anos anteriores, a tradicional equipe gaúcha fez uma campanha oscilante que deixa seus torcedores preocupados. É a atual campeã da Taça Brasil de Futsal e espera justamente fazer valer a força da sua torcida para reverter a situação. O experiente pivô Keké e o selecionável ala Zico, com 10 gols, são os artilheiros da equipe.

15º – OPPNUS MARINGÁ (19 pontos, 5v-4e-9d)

Assim como a maioria dos clubes paranaenses na Liga Futsal 2013, a equipe do norte do estado também teve uma campanha oscilante, conquistando a classificação muito em função das vitórias em casa. Na segunda fase, os maringaenses são os azarões do grupo. Com 7 gols, o ala Bruno é o artilheiro na Liga.

GRUPO C

3º – A.D. JARAGUÁ/CSM/PRÉ-FABRICAR/FME (35 pontos, 10v-5e-3d)

Tradicionalíssimo clube da Liga, a equipe catarinense não conta mais com o investimento da Malwee, entretanto, demonstra nesta temporada que tem condições de ir mais longe e que a sua camisa ainda é forte. O destaque da equipe e também um dos candidatos a revelação da Liga é o ala Dian, com 11 gols.

Liga_2013_fase2_Jaragua

Jovem promessa, o paranaense Dian é um dos grandes destaques à serviço dos catarinense da tradicional equipe de Jaraguá do Sul – foto: reprodução

6º – ASSOEVA/UNISC/ALM/VENAX (28 pontos, 7v-7e-4d)

Assim como em 2012, a equipe de Venâncio Aires (RS) novamente faz uma campanha consistente na primeira fase. Considerada favorita ao lado da A.D. Jaraguá (SC), a boa equipe treinada pelo experiente Morruga espera superar a campanha de 2012 e avançar às quartas de final. Com 11 gols, o pivô Genaro vem sendo um dos principais destaques.

10º – CONCÓRDIA/UMBRO/PASSARELA (26 pontos, 6v-8e-4d)

No ano passado, os catarinenses foram eliminados na primeira fase amargando a lanterna da competição. Este ano, a equipe conseguiu classificar-se sem maiores problemas, no entanto, é um dos times que mais empatou na Liga 2013 e sabe que nesta fase precisa melhorar este retrospecto. Com um elenco homogêneo, o artilheiro é o ala Dé, com 8 gols.

14º – SÃO JOSÉ/VALE SUL SHOPPING (20 pontos, 4v-8e-6d)

Com uma campanha que pode ser considerada abaixo do esperado, a tradicional equipe do interior paulista segue apostando na experiência para mais uma vez despontar entre os 8 melhores clubes do Brasil. Com 9 gols marcados, o experiente Chico Paulista é o artilheiro e um dos destaques.

Liga_2013_fase2_Sao Jose2

São José busca valer-se da experiência do seu grupo, para figurar mais uma vez entre os oito melhores clubes do Brasil – foto: reprodução

GRUPO D

4º – A.D.C. INTELLI/ORLÂNDIA (33 pontos, 10v-3e-5d)

Atual campeã da Liga Futsal, os paulistas enfrentam uma temporada instável, com grandes e convincentes atuações contrastando com jogos ruins e burocráticos. Com um dos elencos mais fortes do Brasil, o time do professor Cidão não poderá contar com o ala Falcão nos primeiros jogos, lesionado. O artilheiro da Intelli na Liga 2013 é o ala Caio, com 10 gols.

Liga Futsal_2013_2__Intelli

Lutando contra lesões, a Intelli/Orlândia, com um elenco recheado de estrelas, busca o bicampeonato da Liga Futsal – foto: reprodução

5º – OI/OPPNUS/PENALTY UMUARAMA (29 pontos, 9v-2e-7d)

Após frustrante campanha em 2012, quando sequer classificou-se à segunda fase, este ano a equipe do noroeste paranaense faz campanha surpreendente. A dúvida está se eles conseguirão manter o ritmo nesta fase. O ala Silva, com 10 gols, é um dos destaques, que conta com um elenco que une jovens com experientes valores.

9º – COPAGRIL/SEMPRE VIDA (27 pontos, 7v-6e-5d)

Vice-campeão da Liga Futsal 2010, a equipe de Marechal Cândido Rondon (PR), dirigida por Marquinhos Xavier, sofreu uma grande reformulação no elenco, perdendo valores importantes. Apesar da colocação, a Copagril fez, mesmo quando derrotada, jogos equilibrados e segue sendo uma equipe com muita força quando atua em casa. Murilo, com 12 gols, é o artilheiro (e da Liga), mas não atuará mais nesta temporada, tendo se transferido para o futsal russo. Com isso, o artilheiro é o ala Caio Cesar, com 8 gols.

13º – POKER/AGRÁRIA/DALBA/GUARAPUAVA (23 pontos, 6v-5e-7d)

Estreante na Liga, a equipe de Guarapuava (PR) sofreu com o calendário e as inúmeras lesões no elenco. Para a segunda fase, é uma incógnita após não conseguir, de modo surpreendente, a classificação no campeonato estadual. Contando com o apoio da sua fanática torcida, pode surpreender. O destaque da campanha é o pivô Waltinho, com 11 gols, na briga pela artilharia da competição.

Liga_2013_fase2_Guarapuava

Estreante na Liga Futsal, Guarapuava, do ala Neto, espera seguir surpreendendo e avançar às quartas-de-final – foto: reprodução

A segunda fase da Liga Futsal, as equipes, os personagens do espetáculo, você acompanha aqui, no Doentes por Futebol, que também é Doentes por Futsal. Acompanhe também o Papo de Futsal, um programa de entrevistas com os grandes nomes da Liga Futsal 2013. No Doentes por Futebol o futsal também é democraticamente valorizado.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.