Talento à vista – Guardiola abre espaço para jovens

  • por Doentes por Futebol
  • 8 Anos atrás

Captura de tela 2013-05-22 às 14.11.24

 

Por  do parceiro Bundesliga Brasil.

Pep Guardiola deixou claro em sua primeira conferência de imprensa: irá promover jovens talentos no Bayern, algo já esperado visto seu trabalho no Barcelona. Sem perder tempo, Pep já começa a dar indícios dos seus primeiros escolhidos nessas semanas iniciais de trabalho. Cedo ainda para afirmar se serão titulares, o certo é que esses jogadores devem estar preparados, pois terão oportunidades mais sólidas na equipe principal. O Bundesliga Brasil traz até você, os quatro talentos mais promissores da Baviera que vêm chamando a atenção do novo treinador e ganhando espaço nesse começo de temporada.

guardiola_bayern_880695484_501403741

EMRE CAN – 19 anos – O mais preparado de todos

O futuro de Emre Can parece ficar mais claro com a chegada de Guardiola. O contrato do jovem volante alemão vai até 2014 e nas últimas semanas algumas especulações deram conta de que ele poderia sair. Frankfurt, Augsburg e outros dois clubes da Bundesliga seguem como interessados, mas a chegada de Guardiola ao Bayern pode apressar uma renovação com talentoso jogador. Antes do treinador, Can era visto como uma promessa que talvez precisasse ser melhor desenvolvido em outro lugar, em empréstimo, como foi feito com David Alaba. As coisas parecem ter mudado e Can tem sido bastante exigido por Guardiola nessas primeiras semanas. Fisicamente o jogador deu um salto gigante na última temporada. Apresentando ganho muscular, Can vai sendo lapidado para inicialmente atuar como um primeiro volante, mas tem qualidade para jogar mais adiantado também. Típico jogador que agrada aos olhos de Guardiola.

IERRE-EMILIE HØJBJERG: 17 anos – Pouca idade e muito talento

Quando se é um jovem jogador, vitalidade e disposição não são problemas. Duas semanas foi o período de férias de Pierre Höjbjerg, que esteve envolvido com a seleção da Dinamarca até 9 Junho. Meia ofensivo, Höjbjerg (pronuncia-se “Heuber”) é considerado tecnicamente um prodígio armador, com boa visão de jogo e chegada ao ataque. Presença e destaque constante em todas as seleções de base da Dinamarca, agora tem a missão de convencer Pep Guardiola de suas qualidades. Em abril, Jupp Heynckes fez do dinamarquês o jogador mais jovem a entrar em campo pelo Bayern na história da Bundesliga ao jogar contra o Nuremberg, além de lançá-lo em outras duas oportunidades. Vem treinando bem na posição de meia central, agradando ao novo treinador que já o olha com carinho e vai lhe dando maiores oportunidades.

PATRICK WEIHRAUCH: 19 anos – Se a primeira impressão é a que fica…

Com o contrato de profissional oficializado desde o ano passado, Weihrauch tem bons predicados: velocidade, ambidestria e capacidade de drible. Apontado como um jogador de futuro brilhante, o jovem atacante alemão deu seu cartão de visitas à Guardiola logo no primeiro compromisso em campo; quatro gols marcados diante do combinado do Wildenau Fã Clube. Se a partida valia pouco em termos competitivos, para Weihrauch ela valeu a chance de se provar. Apenas treinando entre os profissionais, o jogador teve sua primeira chance na equipe de cima e foi bastante elogiado pelo treinador. Pela equipe de base, atuou 34 vezes e marcou oito gols na temporada passada. Contudo, falta ao atacante desenvolver alguns pontos do seu jogo como a consistência em campo, já que por vezes lhe parece faltar a chamada “pegada” nas partidas, o que lhe rende comparações de comportamento com Mario Gomez. Na seleção de base ele não atua como atacante central, mas sim pelos lados em um sistema 4-2-3-1. Guardiola parece estar lapidando o garoto para atuar mais à frente uma vez que instinto de gol ele já vem demonstrando ter.

MITCHELL WEISER: 19 Anos – O winger de ânimo renovado

Filho do ex-defensor Patrick Weiser, Mitchell Weiser começa a ganhar espaço na equipe de cima do Bayern de Munique. Após ser contratado em junho de 2012 vindo do Colônia e seis meses depois reemprestado à equipe do Kaiserslautern, o jogador está de volta em Munique outra vez, agora mais maduro. Pela equipe da Renânia disputou a 2.Bundesliga, atuando em 15 jogos, anotando dois gols e três assistências. O bom desempenho lhe rendeu, ao menos a princípio, um retorno ao time principal do Bayern e a chance de treinar na pré-temporada. No compromisso diante do Wildenau Fã Clube, o winger teve atuação destacada ao marcar dois gols e impressionar pela movimentação na ponta direita. Questionado se teria espaço nesse novo Bayern e se consideraria um novo empréstimo, o jogador demonstrou personalidade: “Eu gostaria de amadurecer como jogador e estou convencido de que as possibilidades na Baviera são as ideais”

Até aqui, Guardiola vem contando com Weiser em seu elenco e o jogador vem respondendo positivamente.

Comentários