Um ano da Libertação

  • por Caio Araújo
  • 7 Anos atrás

O dia 4 de julho de 2012 é um dos mais importantes da história do Corinthians. Hoje, o clube comemora o primeiro aniversário do título invicto da Libertadores. Alvo de chacotas dos rivais por nunca ter ganho o título sul-americano, o corintiano teve a alma lavada após a impecável campanha que teve como capítulo final a vitória sobre o poderoso Boca Juniors, algoz de vários times brasileiros.

Foto: Lancenet - O Corinthians foi o único campeão invicto no atual formato da Libertadores

Foto: Lancenet – O Corinthians foi o único campeão invicto no atual formato da Libertadores

Em 14 jogos, o Timão conquistou oito vitórias e seis empates. A trajetória contou com tantos momentos épicos que o torcedor corintiano tem que pensar muito para responder qual o mais marcante: a defesa do Cássio no chute de Diego Souza; o gol do Paulinho no final do mesmo jogo, contra o Vasco; o gol do Romarinho na Bombonera ou os gols do Emerson no segundo jogo da final contra o Boca Juniors.

Uma coisa é certa: o 4 de julho será sempre comemorado como o dia da Libertação, o dia em que o corintiano se livrou de um “carma” que perdurava anos. Naquela época, nem o torcedor mais sonhador e otimista poderia imaginar que o fim de tudo isso pudesse ter um roteiro tão perfeito, com um título invicto e superando o bicho-papão do continente.

Comentários