Crise no Íbis: sequência invicta deixa torcida preocupada

1208867_568284479883893_1519948756_n

Nas últimas semanas, o ambiente tem sido pesado pelas bandas do Estádio Ademir Cunha, popularmente conhecido como Cunhão. São as consequências das atuações recentes de um time que não tem, de todo, correspondido às expectativas de sua exigente torcida – que já fala até mesmo em protesto para sacudir o clube e recoloca-lo nos trilhos.

Este é o cenário que tomou conta do Íbis Sport Club na última quinzena. Tudo porque o time já está há três rodadas na disputa da Série A2 do Pernambucano, e ainda não foi derrotado. Pior: num amistoso de másters, realizado no último final de semana, venceu – com show do craque Mauro Shampoo – o Itapissuma pelo placar de 2×0, consolidando a péssima fase da equipe.

A série de quatro jogos invicto mexe com os brios da torcida do Pássaro Preto, que não aceita, em hipótese alguma, perder o título conquistado e mantido ao longo dos últimos 30 anos: o de Pior Time do Mundo. Assim falou Nilsinho Filho, torcedor e mascote do glorioso Íbis, exprimindo toda a sua insatisfação com o momento: “a nossa torcida não vai ficar calada diante disso. Temos muitos rivais de peso na briga pra manter nosso título; Náutico e São Paulo estão se esforçando muito e já estão nos nossos calcanhares. Alguma providência tem que ser tomada”, declarou. Não só ele, como boa parte dos fãs do glorioso clube já vem mostrando sua insatisfação nas redes sociais:

992728_580549378669748_1480507798_n

1082404_580549402003079_1625995148_n

1174502_580549545336398_1847219348_n

1208905_580549515336401_2036264614_n

1241504_580549492003070_1268973987_n

O Doentes por Futebol continuará atento à situação, e acompanhará as eventuais manifestações da torcida do Pássaro Preto.

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.