Era Abramovich: As 5 Melhores Contratações

  • por Gregor Vasconcelos
  • 8 Anos atrás

2 – Petr Cech

Cech 

Vindo do Rennes em 2004, conquistar a titularidade diante de Carlo Cudicini não foi das tarefas mais difíceis para Petr Cech, principalmente depois do italiano sofrer uma lesão na pré-temporada. Logo na primeira temporada, fez parte da melhor defesa da história da Premier League: o Chelsea sofreu 15 gols em 38 jogos, feito difícil de ser igualado por qualquer equipe de primeiro escalão no mundo. Em jogo contra o Blackburn, fora de casa, defendeu pênalti batido por Savage, garantindo importantíssima vitória ao blues. Em Outubro de 2006, em jogo contra o Reading, veio o maior revés de sua carreira. Após dividida com Stephen Hunt, Cech sofreu uma pancada na cabeça que causou um afundamento parcial de seu crânio. Os médicos estimaram um ano de recuperação para o goleiro, mas muitos descrentes decretaram que ali se encerraria sua carreira profissional. A melhora de Cech, no entanto, foi meteórica: em 6 meses já estava de volta aos gramados, dessa vez usando seu famoso capacete de rugby que o protege de novas lesões. Apesar da seriedade do acidente, o talento de Petr não se perdeu. Continuou sendo um dos principais goleiros do mundo e, na final da Champions League de 2012, protagonizou a defesa de dois pênaltis. Atualmente, já escreveu seu nome na história da equipe londrina e do futebol inglês. Com boa idade para um goleiro (31 anos), Cech ainda pode liderar o Chelsea em muitas conquistas.

Comentários

Torcedor fanatico do Arsenal e do Flamengo, Gregor é fã de longa data da Premier League, acompanhando a liga avidamente há 10 temporadas. Formado em linguística inglesa pela universidade King's College em Londres, agora faz mestrado em linguistica e literatura na universidade de Zurich. Colunista da extinta revista "Doentes por Futebol", hoje é o editor de futebol inglês no site.

Páginas: 1 2 3 4 5 6