Liga dos Campeões da Ásia 2013: vai começar as quartas-de-final!

  • por Rogério Bibiano
  • 6 Anos atrás

AFC_Champions_1_fan page

Nesta quarta-feira (21) teremos o início das quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia 2013, cujo campeão garante vaga para o Mundial Interclubes Fifa, que será disputado em dezembro no Marrocos.

A edição 2013 é a 32ª da história da competição, somando o antigo formato. Já no formato atual de organização, é a décma primeira edição consecutiva de um torneio que é dominado pelos sul-coreanos, que possuem dez títulos e cinco vice-campeonatos.

A Liga dos Campeões da Ásia, torneio organizado pela Confederação Asiática de Futebol – AFC – tem um sistema de disputa que divide as vagas para os países com melhor pontuação no ranking da confederação. Esse número de vagas é determinado para os países do oeste e do leste da Ásia. Conforme o ranking, na zona oeste, Arábia Saudita, Qatar, Irã, Emirados Arábes e Uzbequistão possuem as melhores avaliações. Na zona leste, Japão, Coréia do Sul e China estão à frente neste ranking. Há outros complexos critérios que definem as vagas entre Austrália e Tailândia.

Há duas mudanças significativas em relação à edição passada. A primeira é que as oitavas de final foram disputadas em jogos de ida e volta (ano passado era em jogo único, com os primeiros colocados da fase de grupos jogando em casa). A segunda alteração é com relação às finais do torneio, que, neste ano, serão em dois jogos e não em jogo único como era até 2012.

COMO FOI A FASE PRELIMINAR

A fase preliminar da Liga dos Campeões da Ásia 2013 foi dividida em Zona Oeste, contando com 4 equipes, divididas em 2 jogos e a Zona Leste, com 2 equipes em um confronto. Todos os jogos foram determinados por sorteio e em confronto único para definir quem avançava à fase de grupos da competição.

Na Zona Oeste, Saba Qom, do Irã e Al-Shabab Al-Arabi, do Emirados Arábes Unidos empataram em 1×1 com vitória nos pênaltis da equipe do Emirados por 5×3. No outro jogo o Al-Nasr, do Emirados Arábes, venceu em Dubai o Lokomotiv Tashkent, do Uzbequistão por 3×2. Na Zona Leste, o Buriram United, da Tailândia, recebeu os australianos do Brisbane Roar, vencendo nos pênaltis por 3×0, conquistando classificação à fase de grupos.

A FASE DE GRUPOS

Contando com 32 equipes, divididas em 8 grupos (do A ao H) e jogando em turno e returno, dentro dos seus respectivos grupos, que classificaram 2 clubes para as oitavas-de-final do torneio.

No grupo A, classificaram-se Al-Shabab (SAU), em primeiro lugar, com 13 pontos e El Jaish (QAT), com 11 pontos. Ficaram pelo caminho, Al-Jazira (UAE) e Tractor Sazi (IRN).

Brasileiro Fernando Mennegazzo (8) é um dos líderes do Al-Shabab - foto: reprodução

Brasileiro Fernando Mennegazzo (8) é um dos líderes do Al-Shabab – foto: reprodução

No grupo B, Lekhwiya (QAT), com 11 pontos, classificou-se na primeira posição, seguido por Al-Shabab Al-Arabi (UAE), com 9 pontos ganhos. Al-Ettifaq (SAU) e Pakhtakor (UZB) foram eliminados.

No grupo C, classificaram-se em primeiro lugar, Al-Ahli (SAU), com 14 pontos e Al-Gharafa (QAT), em segundo, com 10 pontos. Sepahan (IRN) e A-Nasr (UAE) foram eliminados.

Pelo grupo D, tivemos Esteghlal (IRN), com 13 pontos em primeiro lugar, seguido por Al-Hilal (SAU), com 12 pontos. Al-Ain (UAE) e Al-Rayyan (QAT) foram os eliminados da fase.

Uma das equipes mais populares do Irã, o Esteghlal, espera chegar às semifinais - foto: reprodução

Uma das equipes mais populares do Irã, o Esteghlal, espera chegar às semifinais – foto: reprodução

Na outra metade, no grupo E, o F.C. Seoul (KOR), com 11 pontos e Buriram United (THA), com 7 pontos, passaram para as oitavas. Jiangsu Sainty (CHN) e Vegalta Sendai (JPN) ficaram na fase de grupos.

No grupo F, o Guangzhou Evergrande (CHN) com 11 pontos, avançou na liderança da chave, seguido pelo Jeonbuk Hyundai Motor (KOR), com 10. Urawa Red Diamonds (JPN) e Muangthong United (THA) foram eliminados.

Pelo grupo G, o Bunyodkor (UZB) classificou-se em primeiro lugar, com 10 pontos. Em segundo, o Beijing Guoan (CHN), com 9. Pohang Steelers (KOR) e Sanfrecce Hiroshima (JPN) foram eliminados.

Enfim, no grupo H, tivemos o Kashiwa Reysol (JPN) em primeiro lugar, com 14 pontos e o Central Coast Mariners (AUS), em segundo, com 7. Guizhou Renhe (CHN) e Suwon Samsung Blewings (KOR), com 4 pontos foram os eliminados.

Destaque no futebol croata e com ótima passagem pela China, o paranaense Cléo é a esperança de gols do Kashiwa Reysol nesta temporada - foto: reprodução

Destaque no futebol croata e com ótima passagem pela China, o paranaense Cléo é a esperança de gols do Kashiwa Reysol nesta temporada – foto: reprodução

AS OITAVAS-DE-FINAL

Com muitas surpresas, especialmente no lado leste (do grupo E ao H), da Liga dos Campeões, tivemos as oitavas-de-final disputadas nos dias 14-15/05 e 21-22/05. Com os duelos regionalizados entre o lado oeste e o lado leste.

No confronto entre Al-Gharafa (QAT) contra o Al-Shabab (SAU), melhor para os sauditas, que venceram no jogo de ida por 2×1 e confirmaram a classificação em casa, com vitória tranquila por 3×0 (veja o vídeo abaixo).

[youtube id=”KMQ6x8dnrmc” width=”620″ height=”360″]

No segundo duelo, Qatar x Arábia Saudita, o El Jaish (QAT) empatou em casa, no jogo de ida (1×1) contra o Al-Ahli (SAU). Na volta, em Riad (SAU), vitória do Al-Ahli por 2×0 (veja os gols abaixo), confirmando classificação às quartas de final.

[youtube id=”xXjgv3kbyLg” width=”620″ height=”360″]

No terceiro duelo entre qataris e sauditas, o Al-Hilal (SAU) perdeu em casa (1×0) – veja o vídeo abaixo –  para o Lekhwiya (QAT). Na volta, empate em 2×2, que classificou o clube do Qatar para a próxima fase.

[youtube id=”TbZkHCDspuU” width=”620″ height=”360″]

O Al-Shabab Al-Arabi (UAE) recebeu no primeiro jogo do mata-mata, o Esteghlal (IRN), que venceu por 4×2. No segundo jogo da série, um empate sem gols classificou os iranianos.

O Beijing Guoan (CHN) apenas empatou no jogo de ida, em casa, contra o F.C. Seoul (KOR). No jogo de volta, na capital sul-coreana, o F.C. Seoul se impôs, vencendo por 3×1 (veja o vídeo abaixo) e conquistando a classificação.

[youtube id=”jBGyFbyh9EA” width=”620″ height=”360″]

Maior surpresa da Liga, o Buriram United (THA) recebeu e venceu (2×1) o tradicional Bunyodkor (UZB) – veja os gols abaixo. No jogo de volta, os tailandeses seguraram a equipe uzbeque e, num empate sem gols, conseguiram o que parecia impossível: a classificação.

[youtube id=”FEN84Tf8nSk” width=”620″ height=”360″]

Outra surpresa entre os classificados, o Central Coast Mariners (AUS), recebeu o Guangzhou Evergrande (CHN). Na ida, 2×1 para os chineses, que confirmaram classificação de modo tranquilo com a vitória por 3×0 no jogo de volta (veja o vídeo abaixo).

[youtube id=”lo5msWub0LE” width=”620″ height=”360″]

No confronto derradeiro das oitavas, o Jeonbuk Hyundai Motors (KOR), em casa, foi derrotado (2×0) pelo Kashiwa Reysol (JPN). No segundo jogo, nova vitória dos japoneses, desta vez por 3×2 e a confirmação da classificação.

E CHEGAMOS ÀS QUARTAS-DE-FINAL!

Nesta quarta-feira (21) começam as quarta -de final da Liga dos Campeões da Ásia 2013. Confira os detalhes de cada duelo:

KASHIWA REYSOL (JPN) x AL-SHABAB (SAU) – Hitachi Kashiwa Soccer Stadium – Kashiwa – 07h00 (horário Brasília)

Um dos duelos que promete bastante equilíbrio, ao menos pelo retrospecto das equipes na competição. O Kashiwa Reysol,é o único representantne japonês que restou e conta com os brasileiros Leandro Domingues, Cléo e Jorge Wagner, dirigidos pelo também brasileiro Nelsinho Baptista. Já o Al-Shabab é comandado pelo lendário ex-goleiro belga, Michel Preud’homme, que dirige os brasileiros Rafinha (ex-Coritiba) e Fernando Menegazzo (ex-Grêmio e Bordeaux), juntamente com o também conhecido colombiano Macnelly Torres.

GUANGZHOU EVERGRANDE (CHN) x LEKHWIYA (QAT) – Tianhe Stadium – Guangzhou – 09h00

Favorito no confronto e em busca do inédito título continental, o Guangzhou Evergrande, treinado pelo italiano Marcelo Lippi, conta com o ídolo e artilheiro da Liga dos Campeões, com 8 gols, o brasileiro Muriqui. Ele tem a ajuda de outro brasileiro, o atacante Elkeson (ex-Botafogo) e do argentino Darío Conca, um dos melhores jogadores da competição. Correndo por fora, o Lehwiya, é treinado pelo ex-zagueiro belga Eric Gerets. A equipe qatari conta em seu plantel com nada mais, nada menos, que 11 estrangeiros, dentre os quais, o desconhecido brasileiro Luiz Junior (ex-Uniclinic).

O Guangzhou Evergrande aposta na força do conjunto, que tem Dario Conca comandando o time e Muriqui o principal artilheiro da Liga - foto: reprodução

O Guangzhou Evergrande aposta na força do conjunto, que tem Dario Conca comandando o time e Muriqui o principal artilheiro da Liga – foto: reprodução

ESTEGHLAL (IRN) x BURIRAM UNITED (THA) – Azadi Stadium – Teerã – 12h30

Favorita absoluta, a equipe iraniana é uma das mais populares do país e costuma contar com poucos estrangeiros ao longo da sua história. No atual elenco, são apenas dois: o meia sérvio Goran Lovre e o defensor trinidino Jlloyd Samuel. A campanha atual do Buriram United já está marcada na história do futebol tailandês, mas a equipe espera surpreendeer novamente e, para isso, conta com uma legião de 8 estrangeiros, dos quais, 5 espanhóis, com destaque para o zagueiro Osmar Barba.

Maior surpresa da Liga dos Campeões da Ásia 2013, o Buriram United já alcançou um feito que nenhuma equipe tailandesa conseguiu - foto: reprodução

Maior surpresa da Liga dos Campeões da Ásia 2013, o Buriram United já alcançou um feito que nenhuma equipe tailandesa conseguiu – foto: reprodução

AL-AHLI (SAU) x F.C. SEOUL (KOR) – King Abdullad Sport City Stadium – Buraidah – 15h30

Em outro duelo que, em tese, promete muito equilíbrio, o tradicional Al-Ahli, treinado pelo português Vitor Pereira e que conta com os brasileiros Victor Simões, ídolo da equipe, Bruno César (ex-Corinthians e Benfica) e Márcio Mossoró (ex-Paulista e Braga) tem um leve favoritismo no duelo. Único representante sul-coreano na Liga, o F.C. Seoul tem como destaques o brasileiro Adi (ex-Paraná Clube, Betis e Sevilla), que está desde 2006 na equipe; o espanhol naturalizado japonês, Sergio Escudero (ex-Velez Sarsfield), o montenegrino Dejan Damjanovic e o colombiano Mauricio Molina (ex-Santos).

O espanhol naturalizado japonês, Sergio Escudero é um dos destaques do F.C. Seoul - foto: reprodução

O espanhol naturalizado japonês, Sergio Escudero é um dos destaques do F.C. Seoul – foto: reprodução

Os principais detalhes e a cobertura mais democrática da Liga dos Campeões da Ásia 2013, você acompanha aqui, no Doentes por Futebol.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.