Steve Nash, um doente por futebol

  • por Claudemir Padilha Jr
  • 8 Anos atrás

Nesta última terça-feira, o consagrado armador de basquete Steve Nash realizou seu sonho e treinou junto com os jogadores da Inter de Milão. O time italiano está em New Jersey em pré-temporada para participar de um torneio amistoso (que contará também com Milan, Chelsea, Everton, Juventus, Valencia, Real Madrid e Los Angeles Galaxy) e o canadense fã de futebol aproveitou a oportunidade.

Foto: Site Oficial da Inter de Milão – Steve Nash treinando com os jogadores da Inter

Foto: Site Oficial da Inter de Milão – Steve Nash treinando com os jogadores da Inter

“Treinar com a Inter foi um sonho realizado. Eu me senti como uma criança numa manhã de Natal”, relatou Steve Nash. “Cambiasso me dizendo aonde ir, Cristian Chivu gritando instruções, jogar com Millito, foi incrível. Eu olhava para esses caras e pensava ‘isso está mesmo acontecendo?’. Eles levando a sério, passando pra mim e me orientando, não ficaram tipo ‘vamos tirar esse crianção do campo’, então para mim foi perfeito”.

Nash não foi o único que saiu realizado do treinamento. Esteban Cambiasso, fã de basquete, aprovou a experiência: “Foi um verdadeiro prazer conhecer alguém como Steve, não apenas um ótimo representante do basquete, mas de todos os esportes em geral. Treinar com ele foi um momento especial”.

O armador aproveitou que o assunto era futebol para palpitar sobre o destino de Gareth Bale, estrela do Tottenham, time que Steve Nash é torcedor declarado: “Eu preferiria que ele permanecesse. É muito dinheiro, mas pra mim você não consegue substituir um jogador como ele. Acho que é possível reforçar o time sem perdê-lo, vai ser mais dificíl obter sucesso sem ele”.

Steve Nash e sua ligação com o futebol:

O futebol sempre esteve presente na vida de Nash, desde bebê: sua primeira palavra foi “gol”. Seu pai, John Nash, foi jogador profissional na África do Sul. A paixão pelo esporte corria nas veias, tanto é que seu irmão mais novo seguiu carreira profissional no futebol, chegando a atuar na seleção canadense, e sua irmã foi capitã por três anos do time de futebol da University of Victoria Vikes.

No ensino médio, Steve Nash foi eleito o jogador de futebol mais valioso (MVP) de British Columbia, província canadense.

O fato de seu pai ser londrino e torcedor do Spurs influenciou Steve a seguir o mesmo caminho. Sua paixão pelo clube é tanta que já houve conversas entre ele e Daniel Levy, presidente do clube, sobre a possibilidade dele se tornar dono minoritário dos Spurs.

“Eu gostaria de ser um dos donos. É algo que eu poderia fazer quando eu sair dos holofotes”, disse Nash sobre essa possibilidade.

Foto: Twitter Oficial do Tottenham – Homenagem feita pelo clube londrino parabenizando Steve pela 10.000ª assistência da carreira

Foto: Twitter Oficial do Tottenham – Homenagem feita pelo clube londrino à Steve pela 10.000ª assistência da carreira

Se isso um dia se concretizar, Nash saberá onde está pisando, não será a primeira vez que ele se envolve com formalmente com futebol. O astro é um dos donos do Vancouver Whitecaps FC, time canadense que joga a MLS e que teve por muitos anos em seu elenco o seu irmão mais novo, Martin Nash, que hoje faz parte da comissão técnica do clube.

Além disso, o armador é um dos donos e investidores da liga de futebol feminino norte-americana, projeto que começou em 2008 e que atualmente conta com participação de oito clubes.

Em 2007, o brasileiro Leandrinho, companheiro de Steve Nash no Phoenix Suns na época, foi visitar o memorial do Corinthians e revelou que conseguiu converter o canadense em corintiano, o que rendeu uma camisa do clube de presente para o armador.

“O Nash já é corintiano. Ele assiste alguns jogos comigo, ele gosta de futebol e vai ficar feliz com a camisa”, afirmou Leandrinho.

Dois anos mais tarde, os dois amigos foram visitar o Maracanã, na reestreia do Imperador Adriano com a camisa do Flamengo, e a festa feita pela torcida o impressionou.

“Essa é a segunda vez que venho ao Brasil, mas a primeira no Maracanã. Essa torcida é fantástica, maravilhosa. Já assisti a jogos de Copa do Mundo, Eurocopa, mas nunca vi nada desse tipo”, disse Nash.

Confira as habilidades futebolísticas do armador

[youtube id=”PwbCLqB8_5o” width=”620″ height=”360″]

[youtube id=”UZTKeKFba8o” width=”620″ height=”360″]

[youtube id=”F2yh9_iIOsM” width=”620″ height=”360″]

Comentários

Do interior de SP e com 21 anos nas costas, é apaixonado por futebol desde os 8.