Inglaterra e Estados Unidos, os preferidos pela CBF

  • por Levy Guimarães
  • 7 Anos atrás

Nos últimos sete anos, desde o fim da Copa do Mundo de 2006, a Seleção Brasileira disputou um total de 60 amistosos, contra equipes de todos os portes. Dentre várias vitórias e alguns tropeços, um fato em especial chama atenção: de todos esses confrontos, apenas nove ocorreram no Brasil, o que representa 15% dos jogos.

Ao longo desse tempo, o Brasil disputou amistosos em 20 países diferentes. Os preferidos da CBF, como o torcedor deve notar, são Inglaterra e Estados Unidos, respectivamente com 12 e 10 partidas (sendo 11 em Londres e 6 no Emirates Stadium, palco que mais abrigou amistosos da seleção). Outros países, como Suécia, Suíça e Alemanha, além da região do Oriente Médio, também recebem jogos do Brasil com certa frequência.

Foto: reprodução - Brasileiros chegando ao Emirates Stadium antes do jogo Brasil 3x0 Argentina, em 2006

Foto: reprodução – Brasileiros chegando ao Emirates Stadium antes do jogo Brasil 3×0 Argentina, em 2006, uma imagem comum nos últimos anos

O cenário reflete a postura da CBF em relação à sede das partidas da seleção: recebe a seleção brasileira quem tiver dinheiro, quem pagar melhor – o que vinha provocando um gradual distanciamento do torcedor em relação ao escrete nacional. Justamente para tentar fazer essa reaproximação, visando a Copa das Confederações e a Copa de 2014, a entidade voltou a mandar jogos no nosso país. Não à toa, seis desses nove amistosos disputados no Brasil se deram no espaço de um ano pra cá. Já entre os três restantes, dois marcaram ocasiões especiais: a despedida de Ronaldo, em 2011, na vitória por 1×0 sobre a Romênia, no Pacaembu, e a reinauguração do Estádio Bezerrão, em Brasília, com a goleada por 6×2 sobre Portugal, em 2008.

Portanto, é raro ver amistosos “corriqueiros”, sem um motivo específico, serem realizados em território brasileiro – exceção feita, como já dito, aos últimos meses, por razões já citadas acima. Porém, de agosto de 2006 a setembro do ano passado, de 45 amistosos feitos pelo Brasil, 42 foram disputados em terras estrangeiras. O que reitera, mais uma vez, a preocupação de quem gere o nosso futebol de mandar a grande maioria dos jogos aonde se gera mais lucro.

Foto: reprodução - Estádio Bezerrão lotado para assistir a goleada sobre os portugueses, em 2008, um dos poucos amistosos que a seleção disputou em casa naquele período

Foto: reprodução – Estádio Bezerrão lotado para assistir a goleada sobre os portugueses, em 2008, um dos poucos amistosos que a seleção disputou em casa naquele período

Até a Copa do Mundo do ano que vem, é provável que tenhamos mais alguns jogos no Brasil, a fim de aumentar a empatia entre torcida e time para a competição que se aproxima. Mas e depois do mundial, a CBF continuará trazendo a equipe para perto do público ou os jogos da seleção no Brasil voltarão a se limitar aos de Eliminatórias da Copa? Pelo histórico da entidade, é mais plausível acreditar na segunda opção.

Abaixo, segue a relação de todos os países onde a seleção disputou amistosos nos últimos 7 anos:

Inglaterra – 12 amistosos
Estados Unidos – 10 amistosos
Brasil – 9
Suécia – 5
Suíça – 4
Catar e Alemanha – 3
França – 2
Bolívia, Polônia, Gabão, México, Costa Rica, Emirados Árabes, Tanzânia, Zimbábue, Omã, Estônia, Irlanda e Noruega – 1

Comentários

Estudante de Jornalismo e redator no Placar UOL Esporte, belo-horizontino, apaixonado por esportes e Doente por Futebol. Chega ao ponto de assistir a jogos dos campeonatos mais diversos e até de partidas bem antigas, de décadas atrás.