Que tipos de marcas patrocinam os clubes europeus?

  • por Levy Guimarães
  • 8 Anos atrás

Sempre que ligamos a TV para assistir a algum jogo europeu, nos deparamos com diversas marcas de empresas multinacionais estampadas nas camisas dos times. Muitas delas já são conhecidas do público brasileiro, como a Samsung (patrocinadora do Chelsea), HP (que estampa sua logo no uniforme do Tottenham), Pirelli (Inter), Jeep (Juventus) e a companhia aérea Emirates, que exibe a mensagem “Fly Emirates” nas camisas de Real Madrid, Milan, Arsenal, Hamburgo e PSG.

Porém, muitas dessas marcas atuam apenas na Europa e são desconhecidas aqui no Brasil. É o caso de outras duas companhias de aviação do Oriente Médio, a Etihad Airways e a Qatar Airways, patrocinadoras de Manchester City e Barcelona, respectivamente. Há outros anunciantes dos mais diversos tipos, como a Aon, uma importante consultoria e corretora de seguros que desde 2010 anuncia sua marca na camisa do Manchester United, e o Standard Chartered, patrocinador do Liverpool, banco multinacional inglês com atuação até mesmo no Brasil.

Foto: reprodução - Muitos torcedores do Liverpool ainda estranham a marca do Standard Chartered na camisa do time

Foto: reprodução – Muitos torcedores do Liverpool ainda estranham a marca do Standard Chartered na camisa do time

O Borussia Dortmund, por sua vez, exibe em seu uniforme a logo de uma das maiores empresas de indústria química do mundo, a Evonik, enquanto o Napoli, diferentemente dos outros clubes de expressão do continente, exibe duas marcas na camisa: a Lete, que fabrica água mineral, e a MSC, companhia marítima que atua com navios de turismo e de cargas. Já o Atlético de Madrid estabeleceu uma parceria com o Ministério do Turismo do Azerbaijão, expondo a marca “Azerbaijan – Land of Fire”.

Foto: reprodução - Camisa nº 3 do Napoli para a temporada. Clube optou por estampar duas marcas na camisa

Foto: reprodução – Camisa nº 3 do Napoli para a temporada. Clube optou por estampar duas marcas na camisa

Um caso bastante curioso é o da Roma, que resolveu remar contra toda a maré nesta temporada. O clube da capital simplesmente abriu mão não só de ter um patrocinador na camisa, como também do fornecedor de material esportivo. Os uniformes são fabricados pela própria Roma, com produção 100% italiana. Nas camisas, está estampada a mensagem “Roma Cares”, uma instituição de caridade do clube que atua em diversos projetos na Cidade Eterna. Entretanto, para a próxima temporada, já está acordado um contrato com a Nike.

Foto: reprodução - Sem patrocinador nem fornecedor de material, Roma segue uma linha totalmente diferente dos outros clubes

Foto: reprodução – Sem patrocinador nem fornecedor de material, Roma segue uma linha totalmente diferente dos outros clubes

Outro fato que chama atenção – mas não chega a surpreender- são os patrocinadores das equipes russas. Tanto CSKA como Spartak Moscou, Zenit e Anzhi são apoiados por empresas ligadas ao setor energético, abrangendo energia elétrica (Russian Grids, anunciante no CSKA), petróleo (Lukoil, no Spartak, e Standard Group, no Anzhi) e gás natural (Gazprom, no Zenit, patrocinadora também do Schalke 04). Isso ajuda a explicar o poder econômico dessas agremiações, em sua maioria sustentadas por magnatas locais que investem na matriz energética do país.

Confira em qual ramo atuam outras empresas que patrocinam clubes europeus:

Chang (Everton) – bebidas alcoólicas
JinKO Solar (Valencia) – painéis fotovoltaicos
Wiesenhof (Werder Bremen) – alimentos frigoríficos
FEDcom (Monaco) – companhia de crédito
Interspor (Olympique Marseille) – roupas e acessórios esportivos
Aegon (Ajax) – serviços financeiros
MEO (Benfica, Porto e Sporting) – TV por assinatura
Turk Telekom (Fenerbahce e Galatasaray) – companhia telefônica
Magners (Celtic) – bebidas alcoólicas
Novartis (Basel) – produtos farmacêuticos

Foto: reprodução - Em Portugal, os três gigantes são patrocinados por uma rede de TV  por assinatura a MEO

Foto: reprodução – Em Portugal, os três gigantes são patrocinados por uma rede de TV por assinatura, a MEO

Comentários

Estudante de Jornalismo e redator no Placar UOL Esporte, belo-horizontino, apaixonado por esportes e Doente por Futebol. Chega ao ponto de assistir a jogos dos campeonatos mais diversos e até de partidas bem antigas, de décadas atrás.