Vinte anos do primeiro gol de Del Piero pela Juventus

  • por Victor Gandra Quintas
  • 7 Anos atrás
Del Piero no início da carreira pela Juventus.

Del Piero no início da carreira pela Juventus.


No dia 19 de setembro, o primeiro gol de DelPie ro pela Juventus completou 20 anos. Em partida diante da Reggiana, o qual terminaria em 4×0, o jovem Delpi começou a escrever seu nome como o maior ídolo da Vecchia Signora. o Gol foi no minuto 81.

Em um time que contava com craques do nível de Roberto Baggio, Gianluca Vialli e Andreas Muller, o eterno #10 que usava a #16 não teve medo de assumir sua posição.

o jogador atuando em sua primeira partida com a Juventus.

O jogador atuando em sua primeira partida com a Juventus.

O GOL:

[youtube id=npc9aGCsx1I width=”620″ height=”360″]

Entrevista ao fim da partida, sobre o primeiro gol com a camisa da Juventus:

[youtube id=g7FdsX_iaPQ width=”620″ height=”360″]

ANTES DE TUDO

Mas antes de toda a sua trajetória em Turim, Alessandro Del Piero iniciara sua carreira no Pádova, onde atuou ao lado de Angelo Di Lívio, outro que também passaria pelo clube bianconero.

Os jovens Del Piero e Di Lívio no Padova.

Os jovens Del Piero e Di Lívio no Padova.

Anos depois, com a camisa do clube que o consagrou, teve inúmeras conquistas.

PRINCIPAIS TÍTULOS

Seu primeiro título Italiano:

Elenco da Vecchia Signora que conquistou a Serie A de 1994-95.

Elenco da Vecchia Signora que conquistou a Serie A de 1994-95 (Del Piero é o segundo sentado, da direita para a esquerda).

A Liga dos Campeões de 1995-96:

O craque ergue a taça da Liga dos Campeões de 1995-96.

O craque ergue a taça da Liga dos Campeões de 1995-96.

Supercopa da Europa:

A Supercopa da Europa de 1996.

A Supercopa da Europa de 1996.


Seria A 11-12, como capitão:

O então capitão Del Piero na conquista da Serie A 2011-12.

O então capitão Del Piero na conquista da Serie A 2011-12.

ALGUMAS MARCAS INDIVIDUAIS

Artilheiro da Liga dos Campeões de 997-98:

Modelo da camisa utilizada por Del PIero durante a temporada da artilharia da UCL.

Modelo da camisa utilizada por Del PIero durante a temporada da artilharia da UCL.


500 jogos, em partida contra o Bari em 2007:

Del Piero ao completar 500 jogos com a camisa da Juventus.

Del Piero ao completar 500 jogos com a camisa da Juventus.

Camisa festiva utilizada em jogo contra o Bari.

Camisa festiva utilizada em jogo contra o Bari.



Golden Foot 2007:

Prêmio aos grandes jogadores com mais de 29 anos.

Prêmio aos grandes jogadores com mais de 29 anos.


SELEÇÃO, EM 2006

Junto a Totti, ídolo da Roma:

Campeões Mundiais com a Itália em 2006.

Campeões Mundiais com a Itália em 2006.

E marcando o gol frente a Alemanha em 2006, na semifinal. O gol da classificação!

Del Piero marca o segundo gol contra a Alemanha, classificando a Azzurra para a final do mundial.

Del Piero marca o segundo gol contra a Alemanha, classificando a Azzurra para a final do mundial.

DEL PIERO E OUTROS CRAQUES

Como Roberto Baggio pela seleção:

Roberto Baggio e Alessandro Del Piero

Roberto Baggio e Alessandro Del Piero

Gianluca Vialli:

Abraçado com Gianluca Vialli.

Abraçado com Gianluca Vialli.

Zinedine Zidane:

Com o craque Francês Zidane, pela Juventus.

Com o craque Francês Zidane, pela Juventus.

Trezeguet e Nedved:

Junto de dois outros ícones da Vecchia Signora: Trezeguet e Nedved.

Junto de dois outros ícones da Vecchia Signora: Trezeguet e Nedved.

DESPEDIDA:

Enfim, sua despedida, diante do Napoli na final da Copa da Itália de 2012:

Del Piero se despede da torcida da Juventus.

Del Piero se despede da torcida da Juventus.

E uma última homenagem da tocida:

Del Piero, ídolo maior da Juventus!

Del Piero, ídolo maior da Juventus!

DECLARAÇÃO FINAL DE DEL PIERO SOBRE SUA DESPEDIDA DA JUVENTUS

“Acaba aqui. O meu contrato terminou hoje mesmo. Já se sabia, mas o fato de ser oficial tem um efeito especial em mim. Não é, de qualquer modo, um momento triste. Não mais. Porque quando olho para trás vejo que vivi o sonho mais belo que poderia ter sonhado. Todas as memórias, todas as alegrias, todas as vitórias ficarão para sempre comigo, como aquela despedida no último jogo em Turim. Ficará para sempre no meu coração, como uma fotografia viva. Inapagável.

Os torcedores várias vezes ficaram à minha espera, no final dos treinos, dos jogos, à chuva e ao frio. Fiéis. Hoje pago a minha dívida. Estou aqui eu, para vocês, para os saudar e vos agradecer por tudo. Para vos prestar a minha homenagem. E à camisa que tanto amo, e que sempre respeitei e enchi de suor dedicado. Os jogadores passam, a Juve continua, e agora começará uma nova aventura. Mas nunca vou deixar de torcer pelo clube. Serei para sempre vosso. Um de vós. Adeus rapazes, e obrigado por tudo!”

Comentários

Natural de Belo Horizonte. Torcedor do Cruzeiro e da Juventus. Um Doente por Futebol. Desde pequeno um apreciador do esporte mais popular do mundo, preferindo mais em acompanhar do que jogar (principalmente por não ter talento algum com a bola).