Liga dos Campeões da África: Al-Ahly e Orlando Pirates na final!

  • por Rogério Bibiano
  • 7 Anos atrás

destaque

 

Tivemos, neste final de semana, os jogos de volta pelas semifinais da Liga dos Campeões da África 2013. Confira o que aconteceu nestes duelos:

19/10 – ESPÉRANCE S.T. 1 x 1 ORLANDO PIRATES

Em Radès (TUN), Espérance Sportive de Tunis e Orlando Pirates fizeram mais um jogo equilibrado, marcado por muita disciplina tática de ambas as equipes.

Atuando em casa e com o apoio da sua torcida, o Espérance dominou os primeiros minutos de jogo, colocando a equipe sul-africana para observar sua enorme posse de bola. Mas os tunisianos não levavam perigo ao gol do Orlando Pirates, muito bem postado defensivamente.

Aos 18 minutos, Tlou Segoela puxou contra-ataque para os sul-africanos e optou por tentar o passe para Lennox Bacela, ao invés de arrematar ao gol de Ben Chirifia, desperdiçando boa oportunidade de abrir o placar. A jogada serviu para apresentar a proposta de jogo dos “Bucaneiros”: força física e muita velocidade na transição defesa-ataque.

est_op

Ragued (4) tenta o desarme sobre Meniya (20). Orlando Pirates chega a decisão depois de 18 anos – foto: reprodução

Aos 29 minutos, Segoela novamente avançou pela direita e quase marcou ao centrar uma bola diretamente para o gol de Ben Cherifa, que mandou para escanteio. Dois minutos depois, Houcine Ragued acertou a trave do goleiro Senzo Meyiwa, que ainda fez uma intervenção milagrosa em chute à queima roupa de Harrison Afful, evitando que os donos da casa saíssem na frente na primeira etapa.

Aos 52 minutos, Segoela cobrou escanteio e Rooi Mahamutsa apareceu no primeiro pau para desviar de cabeça para o gol de Ben Cherifa, que nada pôde fazer, abrindo o placar para a equipe sul-africana e definitivamente eliminando a possibilidade de uma disputa da vaga nas penalidades.

Atrás do placar e sabendo que somente a vitória o classificaria, o Espérance S.T. não deu tempo para os “Bucaneiros” degustarem a vantagem, empatando o jogo com Iheb Msakni, após jogada na linha de fundo do argelino Youcef Belaili, aos 55 minutos, reestabelecendo a esperança para a equipe tunisiana.

A resposta dos sul-africanos veio logo aos 58 minutos, em cabeçada do zagueiro Jele, que acertou a trave, após excelente cruzamento de Segoela, melhor jogador em campo. Nervoso, o Espérance não conseguia chegar com eficiência ao gol dos “Bucaneiros”, errando muitos passes e favorecendo a proposta de jogo do Orlando Pirates, que segurou o empate e chega a sua segunda final de Liga dos Campeões, tentando igualar o feito de 1995, quando sagrou-se campeão.
[youtube id=”w2TvVv6Wp7U” width=”620″ height=”360″]
20/10 – AL-AHLY 1 (7) x (6) 1 COTON SPORT

No balneário de El Gouna (EGY), Al-Ahly e Coton Sport fizeram um jogo emocionante, em que o favoritismo e a força da camisa da equipe egípcia não foram suficientes para intimidar os camaroneses do Coton Sport, que por muito pouco não eliminou os atuais campeões da África. O jogo foi disputado com portões fechados, conforme determinação do governo do Egito.

Logo aos 3 minutos, boa troca de passes do ataque vermelho, que resultou no cruzamento preciso de Sayed Mowad para Abdalla El Said completar de cabeça para as redes de Feudjou. O início arrasador da equipe egípcia dava a impressão que o jogo seria fácil para os campeões continentais.

Melhor em campo, o Al-Ahly criou diversas oportunidades, na mesma medida que as perdeu. Do lado verde, o Coton Sport buscava uma única e certeira bola para tentarem o empate. Aos 65 minutos, Boukama-Kaya cruzou, a bola “passeou” pela área do Al-Ahly e encontrou o jovem Alexis Yougouda livre dentro da pequena área para empatar o jogo. Os camaroneses seguraram o resultado, levando a decisão para os pênaltis.

aa_cs

Manga Mbha (verde) domina a bola, observado por Aboutrika (vermelho). Al-Ahly busca o oitavo título da África – foto: reprodução

Nas penalidades, o ídolo Mohamed Aboutrika desperdiçou a primeira cobrança para o Al-Ahly. Do lado camaronês, o destaque Alexis Yougouda e Jacques Haman desperdiçaram as suas cobranças. Placar final nas penalidades: Al-Ahly 7×6. Os “Diabos Vermelhos Africanos” vão em busca do oitavo título continental.
[youtube id=”TtoV7CM116s” width=”620″ height=”360″]
O primeiro jogo das finais da Liga dos Campeões da África acontecerá no primeiro final de semana do mês de novembro, com mando pertencente ao Orlando Pirates, que ainda não definiu o local da partida. 

Os principais detalhes da Liga dos Campeões da África você acompanha aqui, no Doentes por Futebol.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.