Liga dos Campeões da Ásia: F.C. Seoul x Guangzhou Evergrande.

  • por Rogério Bibiano
  • 4 Anos atrás

AFC_CL_Seoul x Guangzhou_fan page

A Liga dos Campeões da Ásia 2013 chega a sua decisão. Neste sábado (26), a partir das 8h30 (horário de Brasília), F.C. Seoul (KOR) e Guangzhou Evergrande (CHN) fazem o primeiro jogo da grande finalíssima, no Seoul World Cup Stadium, em Seoul, capital sul-coreana.

Ao contrário das temporadas anteriores, quando a final era disputada em jogo único, definido por sorteio, este ano teremos um playoff final, em melhor de dois jogos. O gol qualificado é critério de desempate e, em caso de igualdade nos dois jogos, no segundo jogo decisivo haverá prorrogação. Em persistindo a igualdade na prorrogação, a disputa irá para os pênaltis.

O F.C. Seoul chega a sua primeira final, a quinta seguida de um clube sul-coreano. A equipe possui apenas uma derrota na competição (1×0 para o Vegalta Sendai, fora de casa). Primeiro colocado no grupo E, os sul-coreanos, nas fases eliminatórias, venceram todos os jogos em Seoul e empataram todos os jogos fora de casa, eliminando inclusive os sauditas do Al-Ahli, atuais vice-campeões continentais.

Provável formação do F.C. Seoul para o primeiro jogo decisivo - foto: reprodução

Provável formação do F.C. Seoul para o primeiro jogo decisivo – foto: reprodução

A equipe do treinador local, Choi Yong-Soo, costuma atuar em casa num clássico 4-4-2. Para o primeiro jogo da finalíssima, Choi Yong-Soo não poderá contar com o defensor Cha Du-Ri, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O experiente brasileiro Adilson (ex-Apucarana, Paraná Clube, Sevilla e Betis) deve ser o substituto.

Dejan Damjanovic é a principal arma do ataque do F.C. Seoul - foto: reprodução

Dejan Damjanovic é a principal arma do ataque do F.C. Seoul – foto: reprodução

A equipe costuma jogar com muita velocidade na transição defesa e ataque. O destaque na armação das ações ofensivas é o colombiano Mauricio Molina, de quem geralmente nascem as melhores jogadas. Decisivo e com muita presença de área, o montenegrino Dejan Damjanovic é o principal atacante.

O Guangzhou Evergrande chega a sua primeira decisão continental, igualando o feito de Liaoning (campeão asiático em 1990) e do Dalian Wanda (vice-campeão em 1998). A equipe tem o melhor ataque da competição e marcou nada mais, nada menos que 14 gols nos últimos 4 jogos. Assim como o F.C. Seoul, o Guangzhou Evergrande perdeu apenas um jogo (3×2 para o Urawa Red Diamonds, fora de casa). A equipe chinesa venceu todos os jogos na fase eliminatória.

Provável formação do Guangzhou Evergrande, para o primeiro jogo da decisão - foto: reprodução

Provável formação do Guangzhou Evergrande, para o primeiro jogo da decisão – foto: reprodução

O treinador Marcello Lippi, que já foi campeão europeu com a Juventus na temporada 1995/96 e campeão mundial em 2006 com a Itália, espera poder fazer história definitivamente na Ásia. Para isto, o treinador terá à disposição todo o seu elenco, incluindo o retorno do zagueiro Zhang Linpeng e do meio-campista Zhao Xuri, ambos recuperados de lesão.

Velocidade e precisão são as grandes armas dos chineses, que possuem um contra-ataque mortal. Além disso, o time contará com o oportunismo e precisão do artilheiro da Liga dos Campeões, o brasileiro Muriqui (13 gols). Também em grande fase, o brasileiro Elkeson é outra peça ofensiva importantíssima, assim como o grande mentor da equipe, o argentino Dario Conca, candidato a melhor jogador da temporada 2013 da Liga.

Cena comum nesta Liga dos Campeões. Muriqui comemorando mais um gol - foto: reprodução

Cena comum nesta Liga dos Campeões. Muriqui comemorando mais um gol – foto: reprodução

Marcelo Lippi costuma escalar a equipe fora de casa, num 4-5-1, aproveitando justamente o fator velocidade. Muriqui fica isolado no ataque, mas sempre contando com a aproximação de Conca e Elkeson. Entretanto, o contra-ataque só é possível graças à disciplina defensiva da equipe, que costuma marcar com muita força, para, na retomada da bola, ligar em velocidade o ataque.

O jogo terá arbitragem do uzbeque Ravshan Irmatov. A segunda partida está prevista para o dia 9 de novembro e você acompanha os principais detalhes da Liga dos Campeões da Ásia 2013, aqui, no Doentes por Futebol.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.