Liga dos Campeões da Ásia: tudo igual no primeiro jogo da final

  • por Rogério Bibiano
  • 4 Anos atrás

AFC_Champions_final1_destaque

Tudo igual no primeiro jogo da finalíssima da Liga dos Campeões da Ásia 2013, competição que dará ao vencedor um lugar no Mundial Interclubes Fifa, em dezembro, no Marrocos.

Na manhã deste sábado (26), No Seoul World Cup Stadium, na capital da Coréia do Sul, o F.C. Seoul recebeu os chineses do Guangzhou Evergrande. Os sul-coreanos estavam com 100% de aproveitamento em casa; os chineses, com a melhor campanha entre as equipes visitantes.

Guangzhou Evergrande alinha para a famosa foto. Chineses são os favoritos à conquista da AFC Champions League 2013 - foto: reprodução

Guangzhou Evergrande alinha para a “famosa” foto antes do jogo. Chineses são os favoritos à conquista da AFC Champions League 2013 – foto: reprodução – osposts.cn

Empurrado pela imensa maioria dos 55.501 torcedores presentes, os donos da casa começaram pressionando, mas a equipe chinesa teve duas ótimas oportunidades, com Dario Conca e Huang Bowen, ambas desperdiçadas. Aos 12 minutos de jogo, o argentino naturalizado japonês, Sergio Escudero, recebeu bola esticada, ganhou na velocidade da zaga e tocou no canto de Zeng Cheng, inaugurando o placar para a equipe da casa.

Sergio Escudero comemora o primeiro gol na decisão. Argentino foi peça fundamental no empate. - foto: reprodução

Sergio Escudero (9) comemora o primeiro gol na decisão. Argentino foi peça fundamental no empate. – foto: reprodução

O gol, porém, não intimidou a equipe chinesa, que colocou a bola no chão e, com mais volume de jogo, buscava o empate. Aos 30 minutos, escanteio cobrado para a área do F.C. Seoul e Elkeson subiu livre para cabecear, empatando o jogo. Com o empate, o Guangzhou, que já tinha mais posse de bola, seguiu tocando bem e chegando com mais perigo, tendo 53% contra 47% de posse de bola do F.C. Seoul, Dessa forma, a primeira etapa seguiu empatada.

Brasileiro Elkeson, de braços abertos para a torcida chinesa, comemora o gol de empate - foto: reprodução

Brasileiro Elkeson, de braços abertos para a torcida chinesa, comemora o gol de empate – foto: reprodução – cfp.cn

No segundo tempo, a equipe sul-coreana voltou buscando acionar mais o sistema ofensivo, mas encontrava grande dificuldade graças ao bom posicionamento dos chineses, que não abdicavam de atacar quando tinham a posse de bola. Aos 59 minutos, contra-ataque do Guanghzou e a bola atravessou a área duas vezes. Na segunda, Gao Lin livre escorou para o gol, virando o jogo.

Em desvantagem no marcador, o F.C. Seoul avançou ainda mais as suas linhas, mas expondo-se ao veloz contra-ataque do time chinês, que teve a chance de marcar o terceiro gol, liquidando definitivamente o jogo. No entanto, a equipe amarela pecava no passe final. Na pressão, aos 83 minutos, Dejan Damjanovic recebeu ótimo passe de Sergio Escudero e, dentro da área, bateu rasteiro sem chances para Zeng Cheng, empatando o jogo.

O montenegrino Dejan Hamdanovic saí para o abraço, após empatar o jogo no final da partida. Foi o sexto gol dele na competição - foto: reprodução

O montenegrino Dejan Damjanovic (10), saí para o abraço, após empatar o jogo no final da partida. Foi o sexto gol dele na competição – foto: reprodução

O jogo decisivo da Liga dos Campeões da Ásia 2013 será no dia 9 de novembro, no Tianhe Stadium, em Guangzhou. A equipe chinesa pode empatar em até 1×1 que será campeã. Para os sul-coreanos, além da vitória, só o empate acima de 3 gols interessa para ficar com o título. Se houver a repetição do resultado, a decisão vai para a prorrogação e, em persistindo a igualdade, teremos pênaltis.

Num dos estádios mais modernos do Mundo, tivemos uma grande festa no primeiro jogo da finalíssima da AFC Champions League - foto: reprodução

Num dos estádios mais modernos do Mundo, o Seoul World Cup Stadium,  tivemos uma grande festa, com casa cheia, no primeiro jogo da finalíssima da AFC Champions League – foto: reprodução

A cobertura da Liga dos Campeões da Ásia 2013 (veja abaixo, os gols) você também encontra no Doentes por Futebol.

[youtube id=”Bs9pEBCYnM8″ width=”620″ height=”360″]

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.