Liga dos Campeões da África 2013: Al-Ahly, o patrão da África!

  • por Rogério Bibiano
  • 7 Anos atrás

AL-AHLY CAMPEAO CAF CL 2013

O domingo apresentou-nos o novo “velho” campeão da Liga dos Campeões da África: o Al-Ahly. A tradicionalíssima equipe do Cairo conquistou o seu oitavo título ao vencer os sul-africanos do Orlando Pirates por 2×0.

Equilíbrio é a marca das ações da primeira etapa. Apesar de estar jogando fora de casa, o Orlando Pirates tomou a iniciativa do jogo, praticamente ganhando a briga no meio-campo.

O Al-Ahly tinha em Walid Soliman e Mohamed Abou-Treika peças fundamentais e, cientes disto, os sul-africanos marcavam e anulavam os jogadores-chave da equipe egípcia.

Aos 25 minutos, Tlou Segolela fez ótimo passe para Daniel Klate infiltrando pela ponta direita de ataque, nas costas da defesa. Klate arrematou em cima de Sherif Ekrami, que saiu abafando a conclusão.

Estádio ... recebeu um excelente público para a decisão da Liga dos Campeões da África 2013 - foto: AFP

Arab Constructor Stadium recebeu um excelente público para a decisão da Liga dos Campeões da África 2013 – foto: AFP

Melhor no jogo, o Orlando Pirates foi trocando passes até a ponta direita e, da linha de fundo, Daniel Klate cruzou na cabeça de Segolela, que cabeceou para fora do gol de Ekrami, desperdiçando ótima oportunidade aos 35 minutos.

Assim, o primeiro tempo foi bastante disputado, com os sul-africanos melhores em campo, mas sem conseguirem marcar nas duas grandes oportunidades criadas.

No segundo tempo, logo aos 54 minutos, Abdala El Said arriscou de fora da área, a bola desviou na defesa “Bucaneira” e sobrou para o iluminado Mohamed Abou-Treika tocar para as redes de Meyiwa, que nada pode fazer. Foi o bastante para levar ao delírio o fanático torcedor dos “Diabos Vermelhos do Cairo”.

Mohamed Abou-Treika comemora o primeiro gol, que abriu caminho para o oitavo título continental do Al-Ahly - foto: AFP

Mohamed Abou-Treika comemora o primeiro gol, que abriu caminho para o oitavo título continental do Al-Ahly – foto: AFP

Aos 64 minutos, o Orlando Pirates trabalhou a bola com objetividade, até a mesma chegar aos pés do artilheiro Bacela, que acoçado pela zafa do Al-Ahly, arrematou sobre o gol de Ekramy, desperdiçando uma oportunidade de ouro de empatar o jogo.

O Orlando Pirates tentava o empate, mas esbarrava na sua ansiedade. O Al-Ahly, por sua vez, defendia-se bem e segurava a bola no campo ofensivo. A equipe egípcia na verdade criava boas chances, mas pecava no passe final e na tentativa frustrada de arremate de longa distância.

Aos 79 minutos, a bola foi trabalhada pelo ataque do Al-Ahly e Ahmed Fathy bateu cruzado. A bola atravessou a área encontrando o artilheiro Ahmed Abdul Zaher, que tocou para o gol de Meyiwa, levando os 60.000 torcedores a um estado de histeria coletiva.

O gol foi um golpe de muito efeito nos sul-africanos, que, sem forças, não conseguiram reagir, ante um Al-Ahly cada vez mais motivado em busca da sua oitava coroa da África. No final do jogo, o zagueiro Abdel Fadil matou contra-ataque do Orlando Pirates e foi expulso, mas o título já estava garantido.

Wael Gomaa ergue a taça de campeão Africano pela oitava vez na história, recorde absoluto - foto: AFP

Wael Gomaa ergue a taça de campeão Africano pela oitava vez na história, recorde absoluto – foto: AFP

O Al-Ahly, com este resultado, sagra-se campeão pela oitava vez da Liga dos Campeões da África. A equipe garante presença no Mundial Interclubes Fifa, em dezembro, e leva o prêmio de 1,5 milhões de dólares ofertado pela CAF ao campeão continental.

Ficha do Jogo

Al-Ahly 2 x 0 Orlando Pirates 

Gols: Mohamed Abou-Treika, aos 54 minutos e Ahmed Abd El-Zaher, aos 79 minutos.

Cartão Vermelho: Sherif Abdel Fadil

Al-Ahly: Ekramy, Abdel-Fadil, Gomaa, Nagieb, Moawad, Fathi, Ashour, Said, Soliman (Kenawi 73’), Abou-Treika (Meteb 90+2’), Abdel-Zaher (Rabiea 85’)

Orlando Pirates: Meyiwa, Matlaba, Lekgwathi, Gcaba, Mahamutsa, Manyisa, Masalesa (Ntshumayelo 90+4’), Klate (Makola 86’), Segolela (Mbesuma 76’), Myeni, Bacela.
[youtube id=”t-SxL6U7_Ps” width=”620″ height=”360″]
As emoções do Futebol Africano você confere aqui, no Doentes por Futebol, a casa da bola africana no Brasil.

Comentários

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.