Quatro grandes fracassos que mantiveram o Schalke na fila

Foto: Reprodução - O Schalke já acumula 55 anos sem títulos do Campeonato Alemão

Foto: Reprodução – O Schalke já acumula 55 anos sem títulos do Campeonato Alemão

Dono de uma das torcidas mais fanáticas da Alemanha e clube de imensa história construída nos anos 30, o Schalke 04, de Gelsenkirchen, enfrenta uma das maiores secas do futebol europeu quando o assunto é campeonato nacional. O último título alemão dos Azuis Reais foi em 1958, totalizando 55 anos sem nenhum caneco erguido. Pior ainda: a Bundesliga foi instituída em 1963, logo, nunca levantaram a tradicional Salva de Prata.

Neste meio tempo, o Schalke até se assanhou em algumas edições da Copa da Alemanha, inclusive em torneios Uefa, como em 1997, quando ganhou a antiga Copa da Uefa (hoje Liga Europa), e em 2011, quando foi semifinalista da Liga dos Campeões, parando diante do vice-campeão Manchester United.

Mas esses assanhamentos azuis foram exceções em uma larga lista de decepções. Entre campanhas medianas e até mesmo rebaixamentos, o clube de Gelsenkirchen acumula no currículo tropeços homéricos. Não fossem eles, poderia ter evitado a seca de campeonatos nacionais que vemos hoje.

O Doentes Por Futebol selecionou quatro vexames da história do Schalke que poderiam ter mudado o atual cenário de representatividade do clube azul real. Confira as histórias nos links abaixo:

1972 – A campanha (quase) perfeita

2001 – Campeão por quatro minutos

2005 – Cavalo Paraguaio

2007 – Clássico vale mais que título

Comentários

Uma mistura maluca de pessoa. Academico de jornalismo, catarinense de origens italianas e espanholas, mas apaixonado pela bola que rola na terra da Torre Eiffel e pela gorduchinha que pinta os gramados cheios de chucrute da Alemanha. Não escondo minha preferência por times que tem uniformes nas cores amarelas e pretas, mas sempre com análises bem embasadas... ou não. Mas acima de tudo, sou um Doente Por Futebol.