Além do Fluminense, outros grandes também foram rebaixados após título nacional

O Fluminense se tornou o primeiro campeão brasileiro rebaixado na temporada posterior. Na história dos campeonatos nacionais, porém, tal fato já ocorreu outras 59 vezes.

Jogadores choram o rebaixamento. (Foto: Marcelo Carnaval/ O Globo)

Jogadores choram o rebaixamento.
(Foto: Marcelo Carnaval/ O Globo)

25% dos casos, 15, foram em cinco das seis federações nórdicas reconhecidas pela UEFA: Suécia (4x), Finlândia(3), Dinamarca (3), Noruega (4) e Ilhas Faroe (1). Apenas no campeonato islandês tal feito não aconteceu.

O último campeão sul-americano a ser rebaixado no campeonato seguinte tinha sido o Jorge Wilsterman. No Apertura boliviano de 2010, a equipe se sagrou campeã, um ponto a frente do Oriente Petrolero. Meses depois, na disputa do Clausura, os Aviadores ficaram em penúltimo lugar e tiveram que disputar a Nacional B na temporada seguinte.

Em 2013, o Fluminense fez companhia ao Atlético Bissorã, que foi rebaixado no campeonato de Guiné Bissau desse ano sendo o atual campeão. Porém, o título da equipe de Bissorã veio em 2011, já que no ano passado a competição não ocorreu devido a problemas financeiros.

Nos principais campeonatos do planeta, a situação também não é inédita. Na Inglaterra, o Manchester City, campeão da temporada 1936/37, ficou em penúltimo lugar na temporada seguinte e foi rebaixado junto ao West Bromwich. Curiosamente, seu arquirrival, o United, subiu para ocupar seu lugar, junto ao Aston Villa.

Na França e na Itália, o rebaixamento de campeões também já aconteceu, mas como punição. O Olympique de Marseille conquistou o título da temporada 1991/92, mas teve o título da temporada seguinte cassado (o campeonato ficou sem vencedor) devido à um escândalo de arranjo de resultados. Na temporada 1993/94, a equipe teve que disputar a segunda divisão devido a irregularidades em suas finanças, mesmo sendo o atual campeão.

Da mesma forma, o Milan, campeão italiano na temporada 1978/79, foi apenas terceiro colocado na temporada seguinte. Porém, foi rebaixado devido a um escândalo de corrupção, o Totonero.

Fechando as principais ligas, o Nürnberg, campeão da Bundesliga em 1967/68, foi o penúltimo em 1968/69, em uma temporada bastante equilibrada.

Em outras ligas importantes, destacam-se os seguintes rebaixamentos em campo de campeões da temporada anterior:

[colored_box color=”eg. blue, green, grey, red, yellow”]
País                       Equipe                     Título               Rebaixamento             Posição
Chile              Universidad Católica          1954                         1955                       14/14
Equador               LDU Quito                   1999                          2000                        9/10
México          Club Deportivo Marte       1953/54                    1954/55                     12/12
Holanda                  RCH                       1952/53                    1953/54                     13/14

[/colored_box]

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.