Após expulsão, Edgar Davids (finalmente) encerra carreira

Foto: Reprodução - Davids estava no Barnet, da 5ª divisão inglesa

Foto: Reprodução – Davids estava no Barnet, da 5ª divisão inglesa

O meio-campista Edgar Davids, de 40 anos e que defendeu a seleção holandesa na Copa do Mundo de 1998 e em três Eurocopas, pôs um fim na sua carreira de jogador no último sábado, 28, vestindo a camisa do Barnet, clube da 5ª divisão inglesa. O que o motivou a tomar tal decisão foi a expulsão na derrota por 2×1 diante do Salisbury City. Foi a terceira em oito jogos na temporada.

Davids, que também era treinador do Barnet, se disse perseguido e ainda declarou que a arbitragem vem tirando o prazer de jogar futebol. “Sou um alvo, mas tudo bem, acho que não vou continuar jogando porque estão tirando o prazer do jogo. Quero que a equipe tenha bons resultados”, declarou.

O jogador-técnico ainda concluiu dizendo que “o prazer que sentia em jogar na quinta divisão foi perdido”.

Além do jogo contra o Salisbury City, Davids foi expulso contra o Wrexham, em outubro, e contra o Dartford, já em dezembro. O holandês também recebeu cartões amarelos nas partidas diante do Macclesfield Town, Salisbury City (em setembro), Welling United e Preston North End.

Foto: The Sun - O holandês também exercia a função de técnico no Barnet

Foto: The Sun – O holandês também exercia a função de técnico no Barnet

O holandês, que sofre de um glaucoma na vista e por isso jogava com óculos especial, chegou ao Barnet em outubro de 2012 e já ocupava o posto de técnico-jogador desde então. No começo, dividia a função de técnico com Mark Robson, mas seu companheiro deixou o cargo em dezembro do mesmo ano e Davids tem comandado o Barnet sozinho há um ano.

Em pouco tempo no clube, o meio-campista acumulou algumas histórias curiosas. A primeira delas foi quando salvou cerca de 40 torcedores do clube que esperavam o ônibus no frio, dando carona a eles no transporte do time. Outra atitude de Davids foi vestir a camisa número 1 nesta temporada, numeração tradicional dos goleiros. A ideia do holandês era iniciar “uma nova tendência”.

Ainda nesta temporada, surgiu a notícia de que Davids não disputaria partidas longe de casa e que exigiriam pernoite do elenco. Nesses jogos, os auxiliares Ulrich Landvreugd e Dick Schreuder comandariam a equipe.

Esta é a terceira vez que Edgar Davids anuncia sua aposentadoria. A primeira foi em 2008, no Ajax. Dois anos depois, ele voltou aos gramados para vestir a camisa do Crystal Palace, clube que defendeu por menos de quatro meses. Retornou ao futebol justamente para vestir a camisa do Barnet, onde anunciou sua “mais recente” aposentadoria. Será que agora vai?

Ficha técnica:

Nome: Edgar Steven Davids
Nascimento: 13 de março de 1973, em Paramaribo (Suriname)
Posição: Volante
Clubes: Ajax (1991-1996 e 2007-2008); Milan (1996-1997); Juventus (1997-2004); Barcelona (2004); Internazionale (2004-2005); Tottenham (2005-2007); Crystal Palace (2010); e Barnet (2012-2013)
Seleção Holandesa: 74 jogos de 1994 a 2005. Disputou as Eurocopas de 1996, 2000 e 2004 e a Copa do Mundo de 1998
Títulos: Campeonato Holandês (1993/1994, 1994/1995, 1995/1996); Copa da Holanda (1992/1993 e 2006/2007), Supercopa da Holanda (1993, 1994, 1995, 2007), Liga dos Campeões (1994/1995), Copa da Uefa (1991/1992), Supercopa da Uefa (1995) e Mundial de Clubes (1995) – Ajax; Campeonato Italiano (1997/1998, 2001/2002 e 2002/2003) e Supercopa da Itália (2002 e 2003) – Juventus; Copa da Itália (2004/2005);
Prêmios individuais: FIFA 100 (lista dos melhores jogadores vivos); Presente no Time Ideal da Copa do Mundo de 1998 e Eurocopa de 2000

Comentários

Uma mistura maluca de pessoa. Academico de jornalismo, catarinense de origens italianas e espanholas, mas apaixonado pela bola que rola na terra da Torre Eiffel e pela gorduchinha que pinta os gramados cheios de chucrute da Alemanha. Não escondo minha preferência por times que tem uniformes nas cores amarelas e pretas, mas sempre com análises bem embasadas... ou não. Mas acima de tudo, sou um Doente Por Futebol.