Danubio campeão do Apertura 2013

  • por Gustavo Ribeiro
  • 7 Anos atrás
Foto: Ovación - jogadores erguendo a taça

Foto: Ovación – jogadores erguendo a taça

 Neste domingo, 15, o Defensor Sporting venceu o Sud América por 1×0 e conquistou o Apertura 2013. O gol do título foi do lateral Pablo Lima, aos 40 minutos do segundo tempo. Com os resultados de seus concorrentes diretos ajudando, La Franja finalmente pôde soltar o grito de “é campeão”, preso desde 2007.

Antes de começar a 15ª rodada rodada do campeonato uruguaio, o Danubio estava com 29 pontos, um a menos que o líder River Plate e o vice Nacional. O Danubio precisava vencer fora de casa seu jogo contra o Sud América e torcer para Nacional, que jogava em casa contra o Fénix, e River Plate, que jogava em território inimigo contra o Defensor Sporting, não vencerem seu jogos. E tudo isso aconteceu. O River apenas empatou em 1×1 contra o Defensor Sporting, enquanto o Nacional perdeu de virada, 2×1. 

Com esses resultados, o Danubio chegou a 32 pontos contra 31 do vice-líder River Plate e 30 do Nacional. A campanha sólida do time campeão foi composta por 10 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, 24 gols marcados e 13 sofridos. Com a conquista do Apertura, o time já está classificado para a Libertadores de 2015.

Mas vale lembrar que, ao contrário de outros países, o Uruguai não considera seus turnos (Apertura e Clausura) como campeonatos independentes. O vencedor pode até dar a volta olímpica, mas não e considerado campeão uruguaio. Para definir o título, os campeões do Apertura e do Clausura duelam em uma espécie de semifinal em jogo único. O vencedor do confronto, então, enfrenta o time com maior soma de pontos nos dois torneios, em jogos de ida e volta que definem o campeão da temporada.

O time base usado na conquista do Apertura foi: Salvador Ichazo; Formiliano, Jadson Viera, Velázquez, Pablo Lima; Camilo Mayada, Pablo Miguez, Gonzalo Porras; Jonathan Alvez, Líber Quiñones

Na equipe, podemos destacar os atacantes Líber Quiñonez e o brasileiro Jonathan Alvez, ambos artilheiros do time no campeonato com 8 e 6 gols, respectivamente. Jonathan Alvez é brasileiro, tem 25 anos e está no clube por empréstimo até julho do ano que vem, quando voltará para o Torque, da Segunda Divisão. Outro brasileiro no elenco é o experiente zagueiro Jadson Viera, de 32 anos. 

A conquista do Apertura também marca a carreira do técnico Leonardo Ramos, que conseguiu sua primeira taça como treinador. Ramos assumiu o time no começo do ano e fez uma boa campanha, terminando na quinta posição com 26 pontos, seis a menos que o líder Defensor Sporting. Antes, seu trabalho de maior destaque foi no Progresso durante a temporada 2010/2012, quando ajudou o clube a ascender da segunda para a primeira divisão.

Comentários

Projeto de jornalista, mineiro, 20 anos. Viu que não tinha muito futuro dentro das quatro linhas e resolveu trabalhar dando seus pitacos acompanhando tudo relacionado ao futebol, principalmente quando a pelota rola nas canchas dos nossos vizinhos sul-americanos. Admirador do "Toco y me voy" argentino, também escreve no Sudaca FC e tem Riquelme e Alex como maiores ídolos.