Diego Renan – Início & Reinício

  • por Lulu
  • 7 Anos atrás

A bandeira no estádio é um estandarte,
A flâmula pendurada na parede do quarto,
O distintivo na camisa do uniforme,
Que coisa linda é uma partida de futebol!

Assim como tantos outros garotos espalhados pelo país, Diego Renan de Lima Ferreira (Surubim-PE) – conterrâneo do ilustre comunicador Chacrinha e do grande compositor Capiba –, cresceu vislumbrando a possibilidade de tornar seu grande sonho uma realidade, ou seja, se transformar num jogador de futebol profissional. Desde cedo, o pernambucano interiorano mostrou-se disciplinado e determinado, mesmo distante de centros maiores, como a capital Recife (âmbito de Sport, Náutico e Santa Cruz).

Por ironia do destino, foi descoberto em sua cidade natal por um olheiro que o levou para Minas Gerais, terra do grupo Skank – dono da famosa canção que relata a paixão pelo esporte bretão. Aos 14 anos, ingressou nas categorias de base do Cruzeiro e em março de 2008 estreou timidamente no profissional, numa partida contra o Ituitaba pelo Campeonato Mineiro.

Somente em 2009, sob comando de Adílson Batista, começou a se firmar, ganhando notoriedade com direito a golaço em cima do Santo André pelo Brasileirão e menção na imprensa esportiva, incluindo destaque na Rede Globo. Diego Renan teve seu auge em 2010, quando foi eleito o 3º melhor lateral esquerdo do Campeonato Brasileiro.

Grande momento pelo Cruzeiro.

R7 (foto) – Grande momento pelo Cruzeiro.

Os ares pareciam cada vez mais esperançosos. Postular a Seleção era inevitável. Entretanto, “bola na trave não altera o placar, bola na área sem ninguém pra cabecear”… Nos anos seguintes, o declínio técnico da equipe culminou também com sua queda de rendimento. As severas críticas vieram e, para abafar a pressão em cima do atleta, o clube de Belo Horizonte preferiu emprestá-lo ao Criciúma.

A sorte parecia ter o abandonado por ora. Em Santa Catarina, Diego Renan se lesionou e praticamente passou o ano de 2013 sem boa sequência de jogos, vendo a confiança diminuir consideravelmente.

Retornou à Toca da Raposa no final do ano passado e, rapidamente, foi novamente emprestado: desta vez ao Vasco da Gama, equipe tradicional do Rio de Janeiro que vai disputar a Série B nesta temporada.

Assim como o novo time que o acolheu, Diego Renan inicia 2014 buscando redenção e retomada da melhor fase. Desejos totalmente possíveis, já que o jogador ainda é novo (completará 24 anos no dia 26 de janeiro) e cheio de vigor.

Apresentação ao Vasco.

globo.com: Raphael Zarko (foto) – Apresentação ao Vasco.

Títulos:

Cruzeiro ///

– Campeonato Brasileiro Sub-20: 2007
– Campeonato Mineiro: 2008, 2009 e 2011

Criciúma ///

– Campeonato Catarinense: 2013

Comentários

Homem garoto de convicções grisalhas formado em Ciência da Menstruação, Agronomia Espacial, Lirismo Marginal e Terapia Libidinosa. Com repertório vocacional fincado em irreverência, improviso, cinismo lúdico e boleiragem plena.