MP-SP instaura inquérito contra CBF e STJD

Héverton Portuguesa

Hoje, a Portuguesa obteve um importante reconhecimento na sua luta para permanecer na Série A do Brasileirão: o Ministério Público do Estado de São Paulo anunciou, através de seu procurador Roberto Senise Lisboa, que a entidade abrirá um inquérito para analisar a ação da CBF e do STJD no processo que culminou no rebaixamento do clube luso para a Segundona, e salvou o Fluminense da degola.

O procurador, que é da área do Direito do Consumidor, afirmou que o entendimento do MP-SP é de que nada, inclusive o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, está acima do Estatuto do Torcedor – instrumento que respalda as pretensões da Portuguesa.

Caso este entendimento prevaleça, não só o clube paulista será salvo: o Flamengo, que também está no centro da polêmica devido à escalação de André Santos, deve escapar do rebaixamento, o que resultaria numa indefinição ainda maior a respeito da próxima edição do Campeonato Brasileiro. É aguardar para ver.

Leia a íntegra da entrevista do procurador Roberto Senise Lisboa aqui

Comentários

Jornalista recifense, sócio-diretor do Doentes por Futebol, editor da Revista Febre. Curioso observador de tudo o que cerca o futebol brasileiro e internacional.