Halilović, o novo grande talento croata

OLHO NELE

Por O Futebólogo

Dono de um impressionante trabalho de base, o Dinamo Zagreb – que “criou” grandes jogadores como Robert Prosinecki, Zvonimir Boban, Milan Badelj, Niko Kranjcar, Luka Modric e, mais recentemente, Mateo Kovacic – apresentou na última temporada sua mais nova joia: Alen Halilović.

O novo prodígio croata começou a carreira cercado de expectativa. Poucos jogadores têm em seu currículo uma estreia como profissional com apenas 16 anos – menos, ainda, contra um grande rival. Se tomarmos por base que a rivalidade em questão é uma das mais intensas do planeta, esse feito torna-se ainda maior. Sim, o baixinho Alen Halilović (1,70m) estreou aos 16 anos contra o Hajduk Split, tornando-se o jogador mais jovem a envergar o manto zagrebino.

Esse único e inicial feito, por si só, bastaria para chamar a atenção do público mundial. Mas o que de fato tem atraído o interesse de grandes clubes como Barcelona, Benfica, Arsenal, Tottenham, Manchester City, Bayern de Munique e Borussia Dortmund é sua impressionante qualidade técnica.

[youtube id=”8OnEV_P8DgU” width=”620″ height=”360″]

Ao mesmo tempo em que a crítica aponta o atleta como alguém com características semelhantes às do principal astro croata – Luka Modric – podendo atuar como meia-central, construindo o jogo, Halilović fica também à vontade para jogar pelo flanco direito, como um autêntico winger.

Canhotinho, tem apresentado extrema perícia no toque de bola, no drible e nas finalizações. Os rumores apontam que o Barcelona estaria perto de fazer uma proposta obscena ao Dinamo Zagreb para contar com o futebol do jovem. Os €15 milhões inicialmente oferecidos (como informou publicamente o presidente do Dinamo, Zdravko Mamic) foram prontamente rejeitados pelo clube croata – que enxerga, no jovem, potencial para muito mais.

Figurinha carimbada nas seleções de base de seu país, já conseguiu oportunidades na seleção principal – pela qual já desfilou seu talento em três ocasiões, tendo estreado na vitória croata num amistoso contra Liechtenstein.

O craque poderá ser visto, quem sabe, na Copa do Mundo (embora seja cedo). Ou posteriormente nos campeonatos inglês ou espanhol, destinos declaradamente preferidos pelo jogador.

A tradição formadora do Dinamo parece criar uma cultura de fazer negócios no clube. Em sua última negociação (a venda do talento Mateo Kovacic à Inter de Milão) a receita foi de cerca de €11 milhões – e, indubitavelmente, o clube espera receber (muito) mais por seu novo diamante.

Dentre as últimas revelações do maior campeão do futebol croata não se registram muitas decepções – e, ao que tudo indica, Alen Halilović é um talento nato que tem tudo para realizar uma trajetória de muito sucesso no destino que escolher (sim, ao que tudo indica ele poderá fazer a escolha que melhor lhe convier).

Doentes, fiquem, assim como nós, de olho! Quando menos esperarmos Halilović estará num grande centro do futebol mundial, nos cegando com o brilho de seu futebol.

Confira um vídeo com lances do talentoso garoto croata:

[youtube id=”KDzm1T2rTiY” width=”620″ height=”360″]

Comentários

Advogado graduado pela PUC Minas, mestrando em Ciências da Comunicação (Universidade do Minho) e Jornalismo Esportivo (MARCA), 26 anos. Amante do futebol inglês, mas que aprecia o esférico rolado qualquer terra. Tem no atacante Marques e no argentino Pablo Aimar referências; e não põe em dúvida quem foi o melhor jogador que viu jogar: o lúdico Ronaldinho Gaúcho, na temporada 2004/05. Também n'O Futebólogo e na Revista Relvado.