Monaco x PSG – Vida ou morte para os monegascos

Foto: Reprodução - O duelo milionário do segundo turno acontecerá no Estádio Louis II

Foto: Reprodução – O duelo milionário do segundo turno acontecerá no Estádio Louis II

Não sou adepto do termo “decisão antecipada”, mas Monaco x Paris Saint-Germain, do próximo domingo, 9, é algo próximo disso. Cinco pontos atrás dos líderes de Paris, os monegascos não podem sonhar com outro resultado a não ser a vitória. Qualquer tropeço, ou pior, qualquer derrota pode ser prejudicial na luta pelo título francês, que não vem desde 2000.

Porém, o confronto milionário reunirá apenas uma das grandes estrelas dos dois times. Como é de conhecimento geral, Falcao García está lesionado e deverá perder o restante da temporada. Com isso, sobra apenas Zlatan Ibrahimović, que apesar de desfalcar o PSG no último treino da semana, deverá estar em campo no domingo.

Todavia, isto não nos impedirá de ver um bom espetáculo no Estádio Louis II, em Mônaco. O título do Campeonato Francês estará em jogo. O PSG poderá colocar uma mão na taça com um triunfo, enquanto o Monaco pode tocar fogo na briga pelo caneco se conseguir derrotar o Paris, o que representaria o primeiro revés parisiense no ano.

E aqui, no Doentes Por Futebol, você não perde nada. Confira a prévia do confronto nos parágrafos abaixo:

Monaco

Foto: AS Monaco - Os monegascos vem de empate frente o Lorient

Foto: AS Monaco – Os monegascos vem de empate frente o Lorient

Apesar de invicto no ano, o Monaco tem apenas duas vitórias nos últimos cinco jogos. Retrato da ausência de Falcao? Nem tanto. Sem o colombiano em campo, os monegascos ainda não perderam no Campeonato Francês (lembrando que ele já havia sofrido uma lesão em novembro de 2013 e ficou quase um mês fora). Foram seis jogos, cinco vitórias e um empate.

Além disso, a dupla de ataque responsável por substituir o colombiano vem dando conta do recado. Valère Germain e Emmanuel Rivière foram responsáveis por três dos sete gols do Monaco no ano de 2014. Porém, a tendência é que Germain perca a posição no decorrer da temporada para o búlgaro Dimitar Berbatov, contratado no último dia da janela de transferências de inverno. Isso pode acontecer já neste jogo frente o PSG, já que o recém-contratado estará disponível e poderá estrear na França.

Outro atleta que pode pintar no time titular é Ricardo Carvalho. Lesionado, o português esteve fora no empate por 2×2 contra o Lorient. O zagueiro já está recuperado e deve ir a campo.

Ainda falando em defensores, a grande esperança de gols do Monaco, por incrível que pareça, não tem sido ninguém que jogue no ataque, mas sim um lateral. Com quatro gols anotados nos últimos seis jogos, o lateral-esquerdo Layvin Kurzawa é o jogador de defesa que mais balançou as redes no Campeonato Francês e é peça de destaque do time de Ranieri nas últimas rodadas.

As boas atuações começam a fazer com que alguns jornalistas especulem uma convocação para a seleção francesa. Se levarmos em conta que Gaël Clichy, reserva de Patrice Evra na seleção, e Lucas Digne, concorrente direto em solo francês, não estão jogando com regularidade em seus clubes, a possibilidade de teste antes da Copa do Mundo é real.

Em contraste com a boa fase de Kurzawa, encontramos James Rodríguez e João Moutinho, ainda distantes do prometido quando contratados.

O colombiano tem atuado como único armador do time e encerrou 2013 voando, distribuindo inúmeras assistências. Mas, em 2014, não está conseguindo acionar os atacantes da forma considerada ideal. Além disso, no empate contra o Lorient, na última rodada, deixou o campo cedo, ainda aos 16 minutos da etapa final, quando o placar apontava 1×1.

Já Moutinho ainda não emplacou. Apesar de ser, segundo o Who Scored, o jogador com maior número de passes (1309) e o segundo melhor lançador do time (86/119), ele ainda causa decepção quanto à decisão dos jogos. Nesta temporada, o português fez um gol e deu quatro assistências. Neste mesmo estágio da temporada passada, ainda pelo Porto, Moutinho havia marcado um tento, mas contava com 10 assistências.

Formação

Técnico: Cláudio Ranieri

Técnico: Cláudio Ranieri

De olho

Foto: AS Monaco - O lateral Kurzawa vem se destacando no ataque nas últimas rodadas

Foto: AS Monaco – O lateral Kurzawa vem se destacando no ataque nas últimas rodadas

Com Falcao García lesionado e James Rodríguez e João Moutinho ainda buscando a melhor forma técnica, quem ganha destaque é o lateral-esquerdo Layvin Kurzawa, que já fez quatro gols nesta temporada.

Seguro na defesa e muito efetivo no ataque, Kurzawa deverá dar trabalho ao time do Paris Saint-Germain, começando pelo fato de Laurent Blanc ainda não ter o atacante ideal para a faixa de campo ocupada pelo atleta monegasco. Além disso, van der Wiel, lateral-direito titular do PSG, apesar da boa temporada, não é o suprassumo dos defensores marcadores, podendo ter trabalho com Kurzawa. Para fechar, o atleta monegasco aparece bem ainda no jogo aéreo, podendo ser outro empecilho aos parisienses.

Avaliação do técnico

Cláudio Ranieri: “Este é um grande jogo, uma ótima oportunidade para avaliar nosso nível. O resultado é quase secundário, o que realmente me interessa é ganhar experiência contra uma grande equipe. Lutaremos pela vitória, mas é importante dizer a verdade: o Paris é melhor. Nós estamos em fase de construção, o PSG já está pronto. Queremos ganhar, mas é importante ser realista. Precisamos ser inteligentes para incomodar. Eles podem ganhar de nós jogando 80%. Nós precisamos jogar 120%”.

Últimos cinco jogos

23ª rodada: Lorient 2×2
22ª rodada: 2×0 Olympique de Marseille
21ª rodada: Toulouse 0x2
20ª rodada: Montpellier 1×1
19ª rodada: 1×2 Valenciennes

Paris Saint-Germain

Foto: PSG.fr - O Paris pode colocar a mão na taça com uma vitória

Foto: PSG.fr – O Paris pode colocar a mão na taça com uma vitória

O Paris Saint-Germain já está há sete jogos invictos, mas vem de notória queda de rendimento. Apesar de uma goleada por 5×0 sobre o bom time do Nantes, o PSG, em 2014, tem encontrado maiores dificuldades, principalmente em jogos fora de casa. Contra o Ajaccio, na Ilha da Córsega, os parisienses triunfaram de virada com um gol já nos 15 minutos finais, e contra o Guingamp, na Bretanha, empate na bacia das almas.

Neste domingo, porém, a dificuldade tende a ser diferente. Tanto Ajaccio quanto Guingamp jogaram fechados e apostando nos contra-ataques, mas o Monaco tende a ir para frente e buscar o campo ofensivo, o que tornará a partida mais agradável de ser vista.

Para este jogo, o PSG terá o importante retorno de Marco Verratti, que não enfrentou o Bordeaux na última rodada por estar suspenso. O italiano faz excelente temporada e é uma das cabeças pensantes do meio-campo parisiense. O regresso dele deverá adiar a estreia como titular de Yohan Cabaye, que, apesar do valor investido, deverá ter trabalho para encontrar espaço no time titular.

Porém, o torcedor parisiense sofreu um susto na última sexta-feira. Com problema nas costas, Zlatan Ibrahimović esteve de fora do treinamento derradeiro visando o jogo. Laurent Blanc, no entanto, tranquilizou os fãs e disse que o sueco estará em campo no domingo.

Caso não jogasse, Ibrahimović seria uma ausência seriamente sentida. Artilheiro do campeonato com 18 gols e principal assistente com nove passes para gol, Zlatan já participou de seis gols (três gols e assistências cada) dos 10 que o PSG fez em 2014 no Campeonato Francês.

Em contrapartida, o uruguaio Edinson Cavani não vive um de seus melhores momentos. Apesar dos 13 tentos na competição, o atacante fez apenas um este ano e sofre séria queda de rendimento. Esse declínio faz a farra da imprensa europeia, que o coloca em centenas de clubes para a próxima janela de transferências.

A partida frente ao Monaco será a chance do uruguaio afastar a má fase e encerrar todos os boatos a seu respeito.

Formação

Técnico: Laurent Blanc

Técnico: Laurent Blanc

De olho

Foto: PSG.fr - Ibrahimovic participou de seis dos 10 gols do PSG em 2014

Foto: PSG.fr – Ibrahimovic participou de seis dos 10 gols do PSG em 2014

Todos os olhos do jogo estarão em cima de Zlatan Ibrahimović. Artilheiro máximo e principal assistente do Campeonato Francês, o sueco é, sem sombra de dúvidas, o grande jogador da temporada francesa.

Para este restante de temporada, Zlatan poderá quebrar recorde histórico. Caso marque mais oito gols, se tornará o maior artilheiro do clube em uma única temporada. O sueco já fez 30 tentos, sendo o segundo do ranking. O líder é o argentino Carlos Bianchi, com 37. Se porventura bater este número, também ultrapassará o hermano e Raí na lista de maiores artilheiros da história do clube. Ibrahimović já fez 66 gols em Paris, enquanto Bianchi e Raí têm 71 e 72, respectivamente.

Avaliação do técnico

Laurent Blanc: “É um grande jogo contra um adversário direto. O Monaco faz um bom campeonato e já levaram um ponto no Parque dos Príncipes (1×1 no primeiro turno). Vai ser um grande jogo e penso que ambas as equipes vão entrar para ganhar. Isso é bom para os amantes do bom futebol. Teremos grandes jogadores em campo. O Monaco é uma equipe ambiciosa e querem ganhar este jogo. Será uma partida interessante de se jogar e de se assistir”.

Últimos cinco jogos

23ª rodada: 2×0 Bordeaux
22ª rodada: Guingamp 1×1
21ª rodada: 5×0 Nantes
20ª rodada: Ajaccio 1×2
19ª rodada: 2×2 Lille

Ficha técnica

Estádio Louis II
09 de fevereiro de 2014, 18h (Horário de Brasília)
Arbitragem: Stéphane Lannoy (A), Frédéric Cano (1º A), Huseyin Ocak (2º A) e Saïd Enjimi (4º A)
Transmissão: ESPN Brasil e Sportv 2

Números

– Em Mônaco pelo Campeonato Francês: 38 jogos – 23 vitórias do Monaco (65 gols), 12 empates e 3 vitórias do PSG (26 gols);

– A última vitória do PSG em Mônaco foi em setembro de 2007, 2×1. Armand e Diané marcaram pro Paris, enquanto Ménez, hoje no PSG, fez o tento monegasco;

– A primeira vitória do PSG sobre o Monaco fora de casa no Campeonato Francês foi justamente em fevereiro: 1×0 no dia 1 de fevereiro de 1984, gol de Rocheteau;

– O último 0x0 entre os dois times em Mônaco foi em dezembro de 1981. Só houve dois empates sem gols com o Monaco como mandante na história do confronto;

– No geral, Monaco x PSG se enfrentaram 84 vezes – 42 vitórias do Monaco (113 gols), 23 empates e 19 vitórias do PSG (68 gols);

– A última vitória do PSG sobre o Monaco foi na decisão da Copa da França 2009/2010, 1×0, gol e Hoarau. Já foram três jogos desde então;

– No Campeonato Francês, o Monaco não perde para o PSG há seis anos e quatro meses (oito jogos);

Comentários

Uma mistura maluca de pessoa. Academico de jornalismo, catarinense de origens italianas e espanholas, mas apaixonado pela bola que rola na terra da Torre Eiffel e pela gorduchinha que pinta os gramados cheios de chucrute da Alemanha. Não escondo minha preferência por times que tem uniformes nas cores amarelas e pretas, mas sempre com análises bem embasadas... ou não. Mas acima de tudo, sou um Doente Por Futebol.