Primeiro patrocínio de camisa no Brasil

O uso de patrocínios nos uniformes dos clubes brasileiros é visto hoje com naturalidade. Porém, houve um tempo em que isso era proibido por lei. Como já mostramos, o Eintracht Braunschweig foi o primeiro clube a ter um patrocínio em sua camisa. No Brasil, até 1982, isso não era permitido. Naquele ano, o Conselho Nacional dos Desportos (CND) aprovou o uso em partidas amistosas internacionais. Com isso, o Internacional pôde exibir a marca da Pepsi acima do número dos jogadores.

A partida em questão foi válida pelo Torneio Quadrangular de Verão, no dia 16/02/82. O Inter perdeu a partida nos pênaltis, após empate em 1×1 no tempo regulamentar. A novidade foi publicada nas páginas da Placar, como atesta a foto abaixo. Apesar da baixa qualidade, é possível ler que o clube gaúcho recebeu 2 milhões de cruzeiros. Caso houvesse disputado a final do torneio, teria recebido mais Cr$ 1 milhão.

Matéria na Placar, sobre a camisa do Inter (Imagem: Reprodução)

Matéria na Placar, sobre a camisa do Inter (Imagem: Reprodução)



Em julho do mesmo ano, o CND permitiu as propagandas em território nacional, dando início a um mercado que continua em crescimento, 30 anos depois. Entre 1982 e 1984, a grande maioria dos times adotou a novidade.

Comentários

Gaúcho, colorado e estudante de Engenharia de Computação. Doente por futebol desde que se entende por gente. Joga futsal nas horas vagas. A cada dois jogos, uma lesão.