Cristiano Ronaldo chega a 414 gols na carreira e iguala Ronaldo fenômeno

  • por Gustavo Ribeiro
  • 5 Anos atrás
Foto: RealMadrid - Cristiano Ronaldo e Ronaldo

Foto: RealMadrid – Cristiano Ronaldo e Ronaldo

Nesta terça-feira, 18, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, o Real Madrid venceu o Schalke 04 por 3×1 e avançou para a próxima fase da competição. O destaque, mais uma vez, foi Cristiano Ronaldo, que anotou dois gols e chegou a 414 na carreira, igualando o brasileiro Ronaldo.

Além de ter igualando o número de gols da carreira do Fenômeno, Cristiano ainda alcançou Puskas nas lista de artilheiros da história do Real Madrid, com 242 gols. Ronaldo precisou de apenas 236 jogos para atingir a marca, enquanto Puskas precisou de 262. Com isso, CR7 já está entre os quatro maiores goleadores do clube, atrás apenas de Carlos Santillana (290), Di Stéfano (308) e Raúl González (323).

O começo da carreira de ambos foi diferente. Enquanto o brasileiro, desde seus primeiros anos como profissional, fazia zagueiros grandalhões parecerem crianças, o luso começou sem chamar tanta atenção no Sporting, de Portugal. Ronaldo começou a carreira no Cruzeiro marcando incríveis 20 gols na primeira temporada. Isso com apenas 17 anos. Pelo clube mineiro, no qual jogou por duas temporadas, foram incríveis 44 gols em 46 jogos, além de ter conquistado uma Copa do Brasil e um Campeonato Mineiro. Em seus primeiros sete anos como profissional, Ronaldo sempre marcou 20 ou mais gols em um ano: foram 20 em 1993, 41 em 1994, 41 em 1995, 22 em 1996, 59 em 1997, 30 em 1998, e 20 em 1999.

Cristiano Ronaldo fez o caminho inverso. Seu começo foi tímido no Sporting. Estreou pelo time profissional em 2001 e ficou só até 2002, tendo disputado 31 jogos e marcado apenas 5 gols, média de 0,16 por jogo. Cristiano só foi passar dos 20 tentos em um único ano já em 2006, quando balançou as redes 24 vezes, já em sua terceira temporada pelo Manchester United. Mesmo com grandes atuações e conquistando títulos, o atacante luso não conseguia chegar nem perto da média de gols do brasileiro. Para se ter uma ideia, Cristiano Ronaldo só foi passar dos 40 gols em um ano já em 2008, quando balançou as redes 48 vezes, conquistou a Liga dos Campeões e foi eleito o melhor do mundo pela Fifa.

Ronaldo Fenômeno sempre se deu melhor em campeonatos nacionais. Na Espanha, onde defendeu Real Madrid e Barcelona e conquistou dois Campeonatos Espanhóis, uma Copa do Rey e uma Supercopa da Espanha, marcou 130 gols em 181 jogos. Cristiano, que defende as cores do Real, disputou os mesmos campeonatos e marcou 194 gols em 189 jogos.

Ambos também disputaram o Superclássico espanhol, sendo que o brasileiro já esteve dos dois lados. Defendendo as cores do Real Madrid, Ronaldo enfrentou o Barcelona apenas seis vezes e marcou quatro gols.

Mas não podemos esquecer a passagem do brasileiro pelo futebol holandês e italiano. Na Holanda, defendeu o PSV em sua primeira temporada no futebol europeu. Chegou no clube em 1994 e ficou até 1996, marcou 54 gols em 57 jogos, média de 0,95 por jogo, e conquistou a Copa Holanda. Na Itália, começou a sofrer com lesões, o que o impediu de ter números melhores. Pela Internazionale, conquistou o prêmio de melhor jogador do Mundo em 1997 – que também levou em conta a primeira metade do ano quando defendia o Barcelona – e, no ano seguinte, levou o clube à conquista da Copa UEFA. No total, em cinco temporadas com a camisa nerazzurri, foram 99 jogos e 59 gols, média de 0,60 por jogo.

No Milan, já longe da forma física ideal, não conseguiu jogar o esperado. Chegou em 2006 para atuar na temporada 2006/2007 ao lado dos brasileiros Alexandre Pato e Kaká. Mas, no começo do ano de 2008, Ronaldo sofreu mais uma grave lesão no joelho e ficou o resto da temporada fora dos gramados. Ainda se recuperando da contusão, o contrato do atacante chegou ao fim e o Milan decidiu não renovar. Em duas temporadas pelo clube Rossonero, disputou apenas 20 jogos e marcou 9 gols, média de 0,45 por jogo.

Na Liga dos Campeões, maior competição de clubes da Europa, o brasileiro disputou 42 jogos e marcou 16 gols, sendo que 6 desses tentos anotados foram em 10 jogos de mata-mata. Estes números incluem um hat-trick contra o Manchester United, em 2003, pelas quartas de final, em pleno Old Trafford. Na ocasião, classificou o time para as semifinais.

Enquanto Ronaldo tem números nada assustadores na maior competição de clubes do velho continente, Cristiano Ronaldo, que já levantou a taça na época em que atuava pelo Manchester United, é o terceiro maior artilheiro da história do torneio, com 63 gols em 99 jogos, e está muito perto de ultrapassar o espanhol Raúl, que marcou 71 gols na maior competição de clubes da Europa. Na atual edição da Liga do Campeões, já são 13 tentos anotados em 7 jogos. O português está a apenas um gol da igualar o recorde de Messi como maior artilheiro em uma única edição.

Cristiano Ronaldo vem quebrando recordes atrás de recordes, mas existe uma marca do brasileiro que o português dificilmente baterá: a de gols na Copa do Mundo. Ronaldo disputou a Copa em quatro oportunidades e foi campeão em duas (1994 e 2002). O Fenômeno é o maior artilheiro da história da competição, com 15 gols em 19 jogos.

Em contrapartida, Cristiano já disputou a Copa do Mundo em duas oportunidades, e o máximo que conseguiu foi chegar em uma semifinal, em 2006. Os números são bem tímidos: 2 gols em 10 jogos. Quando esteve do lado de Catalunha, disputou quatro clássicos e marcou duas vezes em quatro jogos. Defendendo apenas o Real Madrid, Cristiano Ronaldo enfrentou o Barcelona em 20 jogos e marcou 12 gols.

Os 414 gols gols de Ronaldo em 615 jogos, média de 0,67 por jogo:

Cruzeiro: 44 gols em 46 jogos
PSV: 54 gols em 57 jogos
Barcelona: 47 gols em 49 jogos
Inter de Milão: 59 gols em 99 jogos
Real Madrid: 104 gols em 177 jogos
Milan: 9 gols em 20 jogos
Corinthians 39 gols em 69 jogos
Seleção Brasileira: 62 gols em 98 jogos

Os 414 gols de Cristiano Ronaldo em 669 jogos, média de 0,62 por jogo:

Sporting: 5 gols em 31 jogos
Manchester United: 118 gols em 292 jogos
Real Madrid: 242 gols em 236 jogos
Seleção de Portugal: 49 gols em 110 jogos

Comentários

Projeto de jornalista, mineiro, 20 anos. Viu que não tinha muito futuro dentro das quatro linhas e resolveu trabalhar dando seus pitacos acompanhando tudo relacionado ao futebol, principalmente quando a pelota rola nas canchas dos nossos vizinhos sul-americanos. Admirador do "Toco y me voy" argentino, também escreve no Sudaca FC e tem Riquelme e Alex como maiores ídolos.