A torcida do Rosário Central deu uma aula contra o futebol moderno

  • por Tiago Lima Domingos
  • 5 Anos atrás

Ao longo dos anos, a FIFA, acompanhada de outras entidades futebolísticas, tem dado aula de como estragar o esporte mais popular do mundo. Estádios frios, sem história, arenas padronizadas e a elitização do futebol como um todo são alguns dos exemplos da chatice que assola o futebol mundial. Com ingressos populares cada vez mais escassos, boa parte dos verdadeiros e tradicionais torcedores vêm perdendo o direito de frequentar o estádio. Como consequência, a torcida de futebol tem se assemelhado cada vez mais a uma grande torcida de vôlei (com o perdão dos adoradores do esporte).

Em São Paulo e muitos outros estados, por exemplo, bandeiras com mastro são vetadas nos estádios por razões de segurança, como se o problema fossem os mastros e não a impunidade dentro e fora dos estádios. Os ingressos caros, o excesso de regras (muitas delas sem fundamento) e a padronização vem permitindo que almofadinhas engravatados tomem conta de um esporte que costumava pertencer ao povo.

maraca

Foto: Reprodução – Protesto bem humorado contra a elitização do Maracanã.

Entretanto, em alguns lugares, a tal modernidade exagerada ainda não chegou. Na Argentina (um dos poucos países que ainda resistem ao futebol moderno), a torcida do Rosário Central deu um show à parte ontem, pela 13ª rodada do Clausura. É impossível a um Doente por Futebol assistir ao vídeo abaixo e não sentir vontade de estar ali, pulsando junto à massa, durante os 90 minutos de bola rolando.

Central-Belgrano-TorneoFinal14018

Foto: Reprodução Rosariocentral.com – A festa dos torcedores do Rosario nessa sexta-feira.

Obrigado, torcida do Rosario Central! E obrigado a todas as outras torcidas ao redor do planeta que resistem a tudo o que é desnecessário na tal modernização. O futebol é nosso. Lutemos por ele.

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.