Ainda Assim, Messi Beaucoup

  • por Lulu
  • 5 Anos atrás
Ao fundo, Messi cabisbaixo e apático | Fonte: Getty Images

Ao fundo, Messi cabisbaixo e apático | Fonte: Getty Images

1 ano de trabalho jogado fora em 7 dias, mais precisamente em 3 jogos cruciais da temporada. Problemas internos, treinador incapacitado, estilo de jogo telegrafado e plantel enfraquecido à parte, a apatia do maior jogador da história do Barcelona foi notória contra o Atlético, o modesto Granada e o Real Madrid. E em tempos imediatistas, cada mergulho é um flash para oportunistas e avaliadores presunçosos. Mas, sim, Messi foi mal! Ora omisso, ora indolente, ora incompetente. Hora nenhuma eficiente.

Só que ele não merece crucificação e julgamentos levianos. Lionel deve levar no máximo um puxão de orelha, sermão, ou talvez deitar no divã para confessar anseios, dilemas. Mesmo que tenha perdido parte do individualismo e da vontade de massagear o protagonismo incessante, não o vejo não cobiçando o lugar de Cristiano Ronaldo pra retomar a dinastia e, muito menos, aparentando declínio técnico antes de completar somente 27 anos. Sobre o argentino, levo comigo o “imagine na Copa”, no sentido inverso.

Estamos numa era de cobranças excessivas, propagação aguda de notícias. Acho que isso desgasta muito os jogadores midiáticos. Ainda mais o argentino que é referência também em caráter, pois habituou-se a cortejar o futebol, o gol, os torcedores (até dos adversários) e o cavalheirismo boleiro. Ok, isso não o blinda, as críticas pertinentes são justas. Porém, nunca ousarei subestimar a força de um dos Cavaleiros de Ouro. Ele saiu de deslumbrante para oscilante, mas é por longa data vislumbrante. E deve dar o troco, pagar a descrença com pompa e excelência. Já vi esse filme… O final é feliz. Portanto, independente dos deméritos recentes do camisa 10 do Barcelona, ainda assim, Messi Beaucoup.

Comentários

Homem garoto de convicções grisalhas formado em Ciência da Menstruação, Agronomia Espacial, Lirismo Marginal e Terapia Libidinosa. Com repertório vocacional fincado em irreverência, improviso, cinismo lúdico e boleiragem plena.