Boschilia, a nova joia tricolor

  • por Bráulio Silva
  • 6 Anos atrás

OLHO NELE BOSCHILIA

Nascido em 1996, Gabriel Boschilia, foi um dos principais jogadores que disputaram o campeonato Mundial sub-17 no ano passado. Artilheiro do Brasil na competição com seis gols, o atleta fez muita falta na partida diante do México, quando os brasileiros foram eliminados. Boschilia não atuou por estar suspenso com dois cartões amarelos.



Neto do famoso árbitro Dulcídio Wanderley Boschilia, o jovem passou parte da infância em Santa Barbara do Oeste. De lá, foi para o Guarani onde foi escolhido como uma das maiores revelações do clube campineiro. Jogou em Campinas de 2009 até 2012, quando foi negociado com o São Paulo.

Canhoto e com rara habilidade, caiu nas graças da torcida ao ser o principal jogador do time no campeonato Brasileiro Sub-17 de 2013. O São Paulo foi campeão do Sub-17 com autoridade, vencendo o Flamengo na final.

Na Copa São Paulo de Juniores de 2014, Boschilia foi mais uma vez destaque do Tricolor, que caiu nas quartas de final da competição. Após a eliminação, o jovem foi promovido ao elenco principal pelo treinador Muricy Ramalho.

A titularidade nas duas primeiras rodadas do Brasileirão surpreendeu a muitos, principalmente por Muricy não ser adepto de utilizar jovens em seus times. A boa atuação diante do Botafogo foi o prenúncio do que está por vir. Canhoto, incisivo e bom de bola, Boschilia é uma joia a ser observada bem de perto.

Jogador de confiança do técnico Gallo, Boschilia vai ganhar experiência nos jogos da seleção sub-20, na qual será nome frequente nas listas do treinador.

Comentários

Paulistano, casado e com 33 anos. Apaixonado por futebol e pelo São Paulo FC. De memória privilegiada, adora relatar e debater fatos futebolísticos de outrora. Ex-estudante de jornalismo, hoje gerencia uma drogaria no município de Barueri, além de escrever para a Doentes por Futebol.