Eliaquim Mangala, o futuro da zaga francesa

  • por Levy Guimarães
  • 6 Anos atrás

OLHO NELE MANGALA

Se existe um setor com o qual a Seleção Francesa não precisa se preocupar nos próximos anos é a defesa. Além do já bem conhecido Raphael Varane, que aos 21 anos já mostra qualidade pelo Real Madrid, um outro zagueiro de estilo bem diferente se destaca em Portugal e atrai olhares de milionários clubes ingleses.

Eliaquim Mangala, de 23 anos, é o nome da fera. Mudando-se para a Bélgica aos cinco anos de idade, começou a carreira no Standard Liège, aos 17, na temporada 2008/2009. Naquele mesmo ano, a jovem promessa foi titular em 11 partidas no último título belga conquistado pelo clube. Nas duas temporadas seguintes, já como titular absoluto, continuou a evoluir e se tornou um dos pilares de seu time, principalmente na conquista da Copa da Bélgica em 2010/2011. Mas a liga belga já estava ficando pequena demais para ele.

Foto: Reprodução - Mangala ainda em início de carreira, no Standard Liège

Foto: Reprodução – Mangala ainda em início de carreira, no Standard Liège

Foi aí que surgiu a proposta de um dos clubes que melhor sabem localizar e lapidar jovens talentos no futebol mundial, o Porto, que vinha de uma temporada perfeita após conquistar Campeonato e Copa nacionais e a Liga Europa. Era a oportunidade perfeita para o francês dar o seu primeiro grande passo na carreira.

A primeira temporada foi de adaptação ao país e à nova equipe. Reserva na maior parte dos jogos, Mangala era escalado ora na zaga, ora na lateral, mas correspondia quando era chamado. Já em 2012/2013, veio a temporada de afirmação e de um bruto crescimento por parte do jogador: ganhou vaga no onze inicial de forma indiscutível e foi considerado o melhor zagueiro do Campeonato Português naquele ano, que marcou o tricampeonato portista. Atualmente, apesar do desempenho decepcionante do Porto, que não conquistou nenhum título, pode-se dizer que ele foi um dos poucos destaques da equipe, garantindo ao lado do volante Fernando alguma coesão ao desorganizado sistema defensiva do Porto em 2013/2014.

Velocidade e vigor físico

Mangala se destaca principalmente por seu porte físico. Com 1,88m, é especialista no jogo aéreo, garantindo não só a segurança necessária para a defesa nesse tipo de jogada, como também alguns gols de cabeça durante a temporada – até hoje, foram 17 gols marcados na carreira, a grande maioria em bolas aéreas. Além disso, o francês não tem medo de ser duro com o adversário, aproveitando-se de sua força física nas disputas de bola. Ganhar no corpo a corpo dele é tarefa dificílima para qualquer atacante.

Sua constante evolução tem sido premiada, desde o início da carreira, também na seleção de seu país. Apesar de ter recebido convites para defender a Bélgica enquanto jogava no Standard, Mangala optou por defender a Seleção Francesa e o tempo vem mostrando que ele fez a escolha certa. De 2009 a 2012, era presença constante na equipe nacional sub-21, chegando a jogar ao lado de Varane e Sakho, até que, no ano passado, vieram as primeiras convocações para a seleção principal. A partir dali, ele não largou mais o osso, aparecendo sempre nas convocações de Didier Deschamps e garantindo vaga, enfim, no elenco que disputará a Copa no Brasil.

FOTO: Getty Images - Mangala em ação com a camisa dos Bleus em uma das suas grandes virtudes, o jogo aéreo

Foto: Getty Images – Mangala em ação com a camisa dos Bleus em uma das suas grandes virtudes, o jogo aéreo

Mangala na Premier League?

O futuro do jogador é incerto já para a próxima temporada. Apesar da multa rescisória de 50 milhões de euros – e o Porto já deu sinais de que não vai liberá-lo por um valor menor – alguns clubes demonstraram forte interesse em adquirir seu passe, com destaque para Chelsea e Manchester City. Os milionários de Manchester, aliás, até fizeram oferta de 40 milhões pelo zagueiro, mas o Porto recusou. Mesmo assim, Mangala já deu declarações sinalizando que tem vontade de alçar voos maiores após a Copa do Mundo, e até revelou suas preferências: seu maior sonho é defender o PSG, seu time do coração. Mas como o clube francês acaba de desembolsar uma fortuna por David Luiz, é provável que ele rume para a Inglaterra. E entre Chelsea e City, ele já afirmou a um programa de TV na França: prefere o Chelsea.

Se Mangala realmente vai para o time de Mourinho, são cenas dos próximos capítulos. Mas pode ter certeza que, se você ainda não o conhece, vai ouvir bastante esse nome pelos grandes palcos europeus.

Comentários

Estudante de Jornalismo e redator no Placar UOL Esporte, belo-horizontino, apaixonado por esportes e Doente por Futebol. Chega ao ponto de assistir a jogos dos campeonatos mais diversos e até de partidas bem antigas, de décadas atrás.