Luke Shaw: O futuro da lateral

  • por Gregor Vasconcelos
  • 5 Anos atrás

Lesões atrapalhando o desenvolvimento de Shaw:

https://www.youtube.com/watch?v=YtaIOHshHIE

O lateral inglês não tem tido muita sorte desde quando foi contratado junto ao Manchester United, na temporada 2014 / 2015.

https://www.youtube.com/watch?v=TXcDeqsucrM

“Eu cheguei a fazer 4, 5 sessões de treinamento físico por dia, para voltar totalmente em forma na atual temporada (2015 / 2016)”.

E parecia estar dando certo. Shaw demonstrava com suas fortes arrancadas ao ataque, que poderia ser tão decisivo quanto em seu melhor momento com a camisa do Southampton.

https://www.youtube.com/watch?v=HNnfFNFJOM0

Porém, mais uma vez o inglês terá uma interrupção em sua participação no time titular dos Red Devils. Com sua fratura na tíbia confirmada, no jogo de estreia da fase de Grupos da Champions League 15/16 contra o PSV, Shaw acumula mais uma lesão em seu histórico no clube:

Capture

Fonte de dados: transfermarkt.com

Agora, só resta ao jogador seguir treinando duro, como ele mesmo disse que havia feito na pré-temporada deste ano, e confiar que é possível retornar ainda mais forte do que agora:


 

 

OLHO NELE SHAW

O Southampton é há algum tempo o time que mais revela talentos na Inglaterra. Tradicional e conhecida por descobrir jogadores como Alan Shearer, no final dos anos 80, a base do clube teve uma ressurgência nos anos 2000, quando trouxe à tona alguns dos principais talentos do futebol britânico atual, entre eles Theo Walcott, Gareth Bale e Alex Oxlade-Chamberlain

Devido a apuros financeiros, suas promessas sempre foram tomadas de maneira precipitada – Walcott saiu com 16 anos, Bale e Chamberlain, com 18 – e o clube nunca conseguiu engrenar. Com seus problemas deixados para trás, o Southampton finalmente voltou a ser um time competitivo, que mescla talentos de fora com novas e excelentes revelações, entre elas o lateral-esquerdo Luke Shaw.


Com apenas 18 anos, Shaw já é visto por muitos na Inglaterra como o substituto natural de Ashley Cole como titular da seleção inglesa. Desde sua estreia em janeiro de 2012 pela FA Cup, quando o Southampton ainda disputava o Championship(2ª divisão inglesa), Shaw vem progredindo a passos largos para se tornar um dos melhores jogadores de defesa do futebol inglês. 

Foto: oldtraffordbr.com - United, Liverpool e Chelsea demonstraram interesse no lateral do Southampton.

Foto: oldtraffordbr.com – United, Liverpool e Chelsea demonstraram interesse no lateral do Southampton.

Apesar de não ter atuado mais nenhuma vez no restante da temporada, Shaw foi recompensado com um contrato profissional quando sua equipe subiu para a Premier League. Com a chegada do técnico Mauricio Pochettino em janeiro da temporada seguinte, Shaw virou titular absoluto da equipe, tendo iniciado entre os 11 em 22 jogos entre 2012 e 2013.


Apesar do interesse de Arsenal e do Chelsea, Shaw resolveu ficar no Southampton e foi recompensado. Titular em 34 dos 37 jogos de sua equipe na temporada, o jogador impressionou a todos por se mostrar um lateral completo. Na primeira parte da temporada, foi o principal destaque da defesa dos Saints, a melhor do campeonato até o inicio de novembro. 

Shaw ainda tem problemas quando confrontado com pontas rápidos, mas seu bom posicionamento e excelente desarme ainda fazem dele um defensor muito acima da média. Também vale notar que Shaw recebeu apenas três cartões amarelos na temporada. Apesar de sua solidez defensiva, o que realmente destaca Shaw é sua força no apoio. Shaw é um lateral tecnicamente diferenciado, principalmente em sua condução de bola e passe, o unico aspecto de seu jogo ofensivo no qual ele deixa a desejar são os cruzamentos. Apesar disso e de ter registrado apenas uma assistência na temporada, o jogador é essencial na construção de jogadas ofensivas da equipe do Southampton.

A temporada rendeu ao jogador uma indicação ao prêmio de melhor jogador jovem, o qual perdeu para o belga Eden Hazard, e foi escolhido pelos seus colegas de trabalho como o melhor lateral-esquerdo para o time de Premier League na temporada
A fase pelo Southampton foi recompensada com a convocação para a seleção principal da Inglaterra no amistoso contra a Dinamarca, pouco mais de um ano após sua estreia pela equipe sub-21. Com isso, Shaw passa a correr por fora na lista de convocados por Roy Hodgson para a Copa do Mundo, e pode até ser levado no lugar de Ashley Cole, que passou grande parte da temporada no banco de reservas do Chelsea.

Atualização (11/05/2014): Ashley Cole anunciou sua aposentadoria da seleção inglesa, via twitter, após ter sido comunicado pelo técnico Roy Hodgson que não iria ser convocado para a Copa do Mundo do Brasil. Isso só reforça as chances de Shaw disputar sua primeira Copa aos 18 anos de idade.

 

Foto: Getty Images - Mesmo com o sonho da Copa um pouco distante, Shaw deve ser um dos jogadores mais disputados da janela de verão.

Foto: Getty Images – Shaw deve ser um dos jogadores mais disputados da janela de verão.

 

Leia mais sobre o futuro da lateral inglesa e as opções para a aposentadoria de Ashley Cole.

Comentários

Torcedor fanatico do Arsenal e do Flamengo, Gregor é fã de longa data da Premier League, acompanhando a liga avidamente há 10 temporadas. Formado em linguística inglesa pela universidade King's College em Londres, agora faz mestrado em linguistica e literatura na universidade de Zurich. Colunista da extinta revista "Doentes por Futebol", hoje é o editor de futebol inglês no site.