Não aposenta não, Di Natale!

  • por Tiago Lima Domingos
  • 6 Anos atrás

No início do ano, Di Natale deu declarações apontando que ao fim da temporada pararia de jogar. Meses depois não confirmou a aposentadoria. Disse que ao fim da temporada todos saberiam qual seria o futuro, se pararia ou não. Aos 36 anos, a declaração veio num momento em que a Udinese vinha numa péssima fase, talvez por isso tenha dito tais palavras.

Artilheiro do Calcio duas vezes seguidas, superando nomes como Ibrahimovic e Cavani, o italiano parece como vinho: se tornou melhor depois da casa dos 30. Foram quatro temporadas seguidas beirando os 30 gols na temporada. Números fantástico para um jogador que passou metade da carreira na Udinese, porque quis, diga-se, o que faz dele um mito em Udine.

Leia mais: O fenômeno Di Natale, o homem que recusou jogar na Juventus por amor a Udinese

Nesse sábado, Di Natale anotou (mais um) golaço na carreira e dá provas dentro de campo que aguente pelo menos mais uma temporada em bom nível na Série A. Se depender de mim, e dos fãs espalhados pelo mundo, Di Natale não aposentava nunca.

O golaço:

 

Comentários

Carioca e rubro-negro. Do Rio de Janeiro a Milão. Doente por futebol, é claro. E apaixonado pelo Calcio.