Seleção da Bundesliga 2013/2014

  • por Raniery Medeiros
  • 6 Anos atrás

CAPA MELHORES BUNDESLIGA 13-14

Encerrada a temporada da Bundesliga 2013/2014, na qual o Bayern foi campeão com extrema facilidade, resolvemos montar a seleção do campeonato. Para que tivéssemos um amplo debate, contamos com a participação e colaboração de alguns especialistas no assunto. Boa leitura.

.

Goleiro: Manuel Neuer (Bayern de Munique)

MELHOR GOLEIRO


Mesmo com a imensa facilidade que o time teve para ser bicampeão, Manuel Neuer manteve-se firme e seguro lá atrás. Não foi o goleiro com o maior número de defesas, mas compensou com o ótimo aproveitamento nos vários momentos em que os bávaros tomaram sufoco. Mesmo tendo sido pouco exigido em relação aos demais concorrentes, sua qualidade o fez chegar aos 80,22% e o elegeu como o melhor goleiro da temporada. A batalha não foi fácil, já que Stegen, Leno, Zieler e Färhmann estiveram em ótima forma. 

.

Lateral-Direito: Zdeněk Pospěch (Mainz 05)

MELHOR LATERAL DIREITO

A disputa entre Pospěch e Uchida só foi decidida no último voto. Ao analisarmos os números e o desempenho em campo, o lateral do Mainz 05 levou a melhor. Apareceu com bastante frequência no ataque, criando várias oportunidades de gol e dando muitas assistências. Não é nada fácil manter a regularidade em 34 partidas, ainda mais atuando em um clube que não figura entre os grandes concorrentes. Com oito assistências e 71 chances criadas, o Tcheco foi o nosso escolhido. No fim, a vaga para a Liga Europa foi o grande presente para as boas atuações do atleta.

.

Zagueiro: Mats Hummels (Borussia Dortmund)

MELHOR LATERAL ZAGUEIRO

Mats Hummels foi eleito o melhor zagueiro pela sua segurança e, principalmente, pelos ótimos números no quesito desarme. Sua liderança foi de fundamental importância para um time que conviveu com várias lesões durante a temporada. Enfrentou a dificuldade de jogar sem Subotic, seu parceiro de zaga. Mas o ótimo defensor deu conta do recado e levou o BVB ao vice-campeonato, com a 2ª melhor defesa da competição.

.

Zagueiro: Naldo (Wolfsburg)

MELHOR ZAGUEIRO

Não possui status de grande jogador, raramente é citado nos programas esportivos, mas sempre atuou de maneira regular. Dono de um potente chute, Naldo fez uma ótima temporada pelos Lobos. Apesar dos vários gols sofridos pelo Wolfsburg (50), o brasileiro foi muito bem no aspecto individual, onde levou vantagem na bola aérea e, lá na frente, foi bastante eficaz no momento de causar perigo aos adversários.

.

Lateral-Esquerdo: Ricardo Rodríguez (Wolfsburg)

MELHOR LATERAL ESQUERDO

Mesmo com David Alaba jogando em alto nível, foi Rodríguez quem sempre esteve à frente no aspecto ofensivo. Especialista em bola parada, o suíço apoiou com muita qualidade, fez seus gols, frequentemente apareceu para dar opção aos companheiros e distribuiu nove assistências. Razoável na defesa, mas extremamente voraz no ataque.

.

Volante: Philipp Lahm (Bayern de Munique)

MELHOR VOLANTE

No esquema de Pep Guardiola, Lahm tornou-se volante. Essa mudança ocorreu em função da sua versatilidade e do excepcional índice de aproveitamento nos passes (91,1%). Foi peça-chave para a saída de bola da equipe e, ao contrário do que muitos pensavam, atuou de maneira impecável na retomada da bola por parte dos bávaros. Não é exagero dizer que o Bayern funcionou taticamente em função da inteligência tática de Philipp Lahm, o capitão dos Bávaros e da Seleção Alemã.

.

Volante: Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique)

MELHOR VOLANTE2

Chamá-lo de volante é apenas força de expressão, pela função que ocupa dentro de campo. Schweinsteiger é o jogador que todo time gostaria de ter, pois atua em todas as faixas do meio de campo. Se o Bayern foi forte do início ao fim, Bastian foi fantástico na maioria dos 23 jogos que disputou. Visão de jogo privilegiada, passes precisos e ótima chegada em gol são credenciais de Bastian para estar na seleção da temporada. Assim como Lahm, destacou-se pelo ótimo aproveitamento nos passes (88,5%). É figurinha garantida para a Copa do Mundo, caso a antiga lesão não o afete.

.

Meia-atacante: Roberto Firmino (Hoffenheim)

MELHOR MEIA-ATACANTE
Grata surpresa do campeonato, o brasileiro foi, ao lado de Kevin Volland, o grande protagonista do Hoffenheim. Rápido, incisivo, raçudo, habilidoso, driblador e visão de jogo privilegiada, Roberto Firmino foi um “monstro de jogador” no campeonato. Além de anotar 16 gols, distribuiu 12 assistências. Sua capacidade de criação é espantosa. É um atleta que está sempre esperando uma oportunidade para chutar em gol. Quase que unanimidade na votação, Firmino já está na mira de grandes clubes europeus. Sem dúvidas, o melhor meio-campista da temporada.

Leia mais: Roberto Firmino e sua grande temporada

.

Ponta-direita: Arjen Robben (Bayern de Munique)

MELHOR PONTA-DIREITA

Dizem que ele só tem uma jogada, que é quando ele sai cortando da ponta para o meio. No entanto, poucos conseguem pará-lo. Robben manteve-se sempre em bom nível e, com a irregularidade de Franck Ribéry, foi o principal jogador de frente do Bayern de Munique durante a temporada. Arisco, driblador e temperamental, o holandês foi quem ditou o ritmo no momento de acelerar o jogo. Seu grande jogo no campeonato foi no 5×1 sobre o Schalke 04, quando fez três gols.

[youtube id=”LDCT9Z7XfkA” width=”620″ height=”360″]

.

Atacante: Robert Lewandowski (Borussia Dortmund)

MELHOR ATACANTE

A temporada do polonês não foi nada fácil. Já vendido ao Bayern de Munique, precisou provar que não estava tirando o pé na hora das divididas – e, sob constante observação, demonstrou que o faro de gol esteve em dia. Robert teve grandes concorrentes pela artilharia, como: Adrián Ramos, Josip Drmić e Mario Mandžukić. No entanto, seus gols apareceram na reta final, quando o Borussia alcançou a até então ameaçada vaga à Champions League. Acabou o torneio com 20 gols e chegará com o moral elevado ao novo clube.

Leia mais: Josip Drmić, o “exército de um homem só”

.

Ponta-esquerda e melhor jogador: Marco Reus (Borussia Dortmund)

MELHOR JOGADOR


Mesmo tendo atuado mais pelo meio, no fim da temporada, Marco Reus elevou seu futebol jogando pelo lado esquerdo. Várias são as características desse exuberante jogador: inteligente, habilidoso, goleador, bom assistente, ótima qualidade no passe, visão de jogo apurada, driblador, imprevisível. Sem dúvidas, o melhor jogador da temporada 2013/2014 da Bundesliga.
Seus números: 30 jogos; 16 gols e 14 assistências. Sua incessante procura pelo drible é sublime, fazendo com que os amantes do futebol, independentemente do clube de coração, curtam cada lance do atleta.

.

Técnico: Thomas Tuchel (Mainz 05)

MELHOR TREINADOR

Após fazer um excelente trabalho à frente do Mainz 05, classificando o time para disputar a Liga Europa, Thomas Tuchel foi eleito o melhor treinador pelos nossos votantes. Sem grandes recursos para montar um time competitivo, fez do Mainz 05 um time sólido e compacto. Méritos para o jovem treinador de apenas 40 anos.

.

Revelação da Bundesliga 2013/2014: Leon Goretzka (Schalke 04)

JOGADOR REVELAÇÃO

Votação acirrada, sendo difícil superar Max Meyer, seu companheiro de clube, mas Leon Goretzka ficou com o título simbólico de jovem revelação da temporada. Mesmo não tendo começado o ano como titular, o jogador de apenas 19 anos se impôs desde o momento em que assumiu a titularidade. Podendo atuar em diferentes posições na linha de ataque, Goretzka é mais uma das várias revelações promissoras desta geração alemã. Velocidade e ousadia para driblar dão o tom do seu futebol.

.

Menções honrosas

Marc-André Ter Stegen (Borussia Mönchengladbach), Uchida (Schalke 04), Ginter (Freiburg), Dante (Bayern de Munique), Alaba (Bayern de Munique), Daniel Baier (Aurgsburg), Toni Kroos (Bayern de Munique), Goretzka (Schalke 04), Max Meyer (Schalke 04), Kevin Volland (Hoffenheim) e Adrián Ramos (Hertha Berlim). Markus Weinzierl (Treinador do Augsburg).

Bem, essa foi a nossa seleção. Gostou dela? Sinta-se livre para questionar, debater ou dar mais sugestões. Tentamos ao máximo deixar a votação livre e aberta para que várias opiniões fossem avaliadas.

OBS: Algumas das estatísticas relatadas no texto foram retiradas do site oficial da Bundesliga. http://www.bundesliga.de/de/


Votantes da seleção dos melhores da Bundesliga 2013/2014:

Gerd Wenzel (Espn
Rodrigo Bueno (Fox Sports 
Gustavo Hofman (Espn
Bruno Secco (Doentes por Futebol/VAVEL Brasil)
Victor Quintas (Doentes por Futebol)
Raniery Medeiros (Doentes por Futebol)
Igor Freire (https://www.facebook.com/igor.freire.188?fref=ts
Wladimir Castro (Doentes por Futebol)
Jessé Alves (Grupo Bundesliga Brasil
Willian Wallace (Grupo Bundesliga Brasil)
Matheus Soares (Grupo Bundesliga Brasil)
Walter Peneque (Grupo Bundesliga Brasil)
Jeferson Neu (Grupo Bundesliga Brasil)
Tiago Silva (Grupo Bundesliga Brasil)
Bruno Bezerra (Grupo Bundesliga Brasil)

Comentários