Calendário das Copas – 16 de junho

O Brasil estreia na Copa de 54 goleando o México (Reprodução)

O Brasil estreia na Copa de 54 goleando o México (Reprodução)

Nesse dia tivemos 25 jogos em 10 Copas do Mundo. Destaque para a derrota brasileira nas semifinais de 1938 e para a abertura do mundial de 1954.

1938: Pelas semifinais, o Brasil é derrotado pela Itália por 2×1, e perde a chance de ir à final.  A Seleção jogou com: Walter; Domingos da Guia e Machado; Zezé Procópio, Martim Silveira e Afonsinho; Lopes, Luizinho, Perácio, Romeu e Patesko.Romeu fez o gol brasileiro, que jogou sem o lesionado Leônidas. No outro jogo, a Hungria goleou a Suécia e se credenciou para enfrentar a Itália na decisão.

[youtube id=”Y4Xzenp6utM” width=”620″ height=”360″]

1954: Na rodada de abertura da Copa da Suiça, a Seleção Brasileira goleia o México por 5×0, gols de Pinga (2), Didi, Julinho e Baltazar. O Brasil formou com: Castilho; Djalma Santos e Nilton Santos; Pinheiro, Brandãozinho e Bauer; Julinho, Didi, Baltazar, Pinga e Rodrigues. Iugoslávia, Áustria e Uruguai também vencem.

1962: Pela disputa do terceiro lugar, o anfitrião Chile derrota a Iugoslávia e alcança seu melhor resultado em Copas.

1982: Pela fase inicial, duas zebras: a anfitriã Espanha só empata com Honduras (1×1) e a Argélia vence a Alemanha Ocidental (2×1). No outro jogo do dia, a Inglaterra bate a França.

1986: Pelas oitavas de final, o Brasil goleia a Polônia por 4×0, gols de Sócrates, Josimar, Edinho e Careca. A equipe foi escalada com: Carlos; Josimar, Júlio César, Edinho e Branco; Elzo, Alemão, Sócrates (depois Zico) e Júnior; Careca e Muller (depois Silas). No outro jogo do dia, os argentinos vencem os uruguaios.

[youtube id=”ScjxMh-p1Iw” width=”620″ height=”360″]

1990: Na fase de grupos, o Brasil derrota a Costa Rica por 1×0, gol de Muller. A Seleção jogou com: Taffarel; Ricardo Gomes, Mozer e Mauro Galvão; Jorginho, Dunga, Alemão, Valdo (depois Silas) e Branco; Muller e Careca (depois Bebeto). Pela mesma chave, a Escócia derrota a Suécia. Ainda houve no dia o empate sem gols entre ingleses e holandeses.

1998: Fase inicial, segunda rodada: O Brasil derrota o Marrocos por 3×0, gols de Ronaldo, Rivaldo e Bebeto, e se classifica por antecipação. A Seleção formou com: Taffarel, Cafu, Aldair, Júnior Baiano e Roberto Carlos; César Sampaio (depois Doriva), Dunga, Leonardo (depois Denílson) e Rivaldo; Bebeto (depois Edmundo) e Ronaldo. Pelo mesmo grupo, há empate entre noruegues e escoceses.

[youtube id=”G0QyKdjJiZA” width=”620″ height=”360″]

2002: Pelas oitavas de final, O Senegal avança vencendo a Suécia na prorrogação. No outro jogo, a Espanha passa pela Irlanda nos penaltis, após empate nos 120 minutos de jogo.

2006: Pela fase de grupos, a Argentina goleia a Sérvia e Montenegro, e a Holanda derrota a Costa do Marfim. Mexicanos e angolanos empatam sem gols.

2010: Uruguaios, suiços e chilenos derrotam, respectivamente, sul-africanos, espanhóis e hondurenhos, pela fase inicial.

Curiosidades da data:

– Suécia 4×0 Finlândia, em 1938, foi o jogo que abriu as Eliminatórias.

– Escócia (1954), Honduras (1982) e Argélia (1982) estrearam em Copas.

– Na semifinal de 1938, Leônidas da Silva, principal jogador do Brasil, não entrou em campo.  Segundo o treinador brasileiro Ademar Pimenta, ele estaria sem condições de jogo devido a uma contusão, enquanto a mídia da época afirmou que o técnico teria poupado a estrela brasileira (versão que se difundiu durante décadas) . Nunca se soube o verdadeiro motivo da ausência do “Diamante negro” na partida.

– A fase de grupos da Copa de 1954, apesar de contar com quatro times em cada chave, só previa a disputa de dois jogos por cada equipe.

– Iugoslávia x França, em 1954, foi o primeiro jogo televisionado em Copas. Foi a quinta vitória iugoslava pelo placar mínimo naquela campanha (incluindo as Eliminatórias).

– A derrota para a Argélia (1982) foi a primeira da seleção alemã para um não-europeu em Copas.

– Na sua segunda partida na Copa de 1986 pela seleção Brasileira, o lateral direito Josimar repetiu o feito do jogo anterior e marca novo golaço contra a Polônia.

– Ainda em 1986, argentinos e uruguaios se enfrentaram em Mundiais pela primeira vez desde a final de 1930, vencida pelos uruguaios. Foi a revanche argentina.

– A autoria do gol brasileiro contra a Costa Rica em 1990 mudou de nome três vezes. O árbitro apontou na súmula gol contra de Montero. A delegação brasileira protestou após a partida, e a FIFA assinalou o tento como sendo de Muller, pra logo depois voltar atrás e “devolvê-lo” ao zagueiro costa-riquenho. Posteriormente, e em definitivo, a entidade declarou o gol como sendo mesmo do atacante brasileiro.

RESULTADOS DO DIA:

Copa 38 (semifinal):

-Itália 2×1 brasil
-Hungria 5×1 Suécia

Copa 54 (abertura):
-Brasil 5×0 México
-Iugoslávia 1×0 França
-Áustria 1×0 Escócia
-Uruguai 2×0 Tchecoslováquia

Copa 62 (disputa de terceiro lugar):
-Chile 1×0 Iugoslávia

Copa 82 (primeira fase):
-Inglaterra 3×1 França
-Espanha 1×1 Honduras
-Argélia 2×1 Alemanha Ocidental

Copa 86 (oitavas de final):
-Brasil 4×0 Polônia
-Argentina 1×0 Uruguai

Copa 90 (primeira fase):
-Brasil 1×0 Costa Rica
-Escócia 2×1 Suécia
-Holanda 0x0 Inglaterra

Copa 98 (primeira fase):
-Brasil 3×0 Marrocos
-Noruega 1×1 Escócia

Copa 2002 (oitavas de final):
-Senegal 2×1 Suécia (prorrogação – 1×1 no tempo normal)
-Espanha 1×1 Irlanda (3×2 nos penaltis)

Copa 2006 (primeira fase):
-Argentina 6×0 Sérvia e Montenegro
-Holanda 2×1 Costa do Marfim
-México 0x0 Angola

Copa 2010 (primeira fase):
-Uruguai 3×0 África do Sul
-Suiça 1×0 Espanha
-Chile 1×0 Honduras

Comentários

Sergio Rocha é torcedor do Madureira e sempre teve o sonho de escrever sobre esportes em geral, embora tenha optado pela carreira de engenheiro civil. No "currículo", cadernos recheados de resultados esportivos e agendas da década de 90, quando antes da internet acessava rádios de diversos locais do país buscando os resultados esportivos do Acre à Costa Rica. Além de fanático por futebol, é fanático por praticamente todos os esportes, e no tempo livre que sobra sempre busca os últimos resultados esportivos do PGA Tour ou dos futures da ATP. Além disso, coleciona quadrinhos da Disney e é louco por astronomia.